Home Mais Esportes WTA se une à ATP nome será o mesmo dos torneios masculinos...

WTA se une à ATP nome será o mesmo dos torneios masculinos em 2021

A WTA, entidade que rege o tênis feminino, anunciou nesta quarta-feira que seus torneios terão as mesmas nomenclaturas que as competições organizadas pela ATP (órgão que comanda a categoria masculina), tendo como objetivo unir forças e modernizar o principal circuito de tênis feminino, que inclui também um novo logotipo.

Parceria e uniformidade são duas palavras que ficarão de aprendizado para as entidades que regem o tênis feminino e masculino após uma temporada atípica por conta da pandemia do coronavírus e, consequentemente, número menor de torneios e investimento na modalidade. É justamente por isso que a WTA, em português Associação de Tênis das Mulheres, e a ATP, Associação dos Tenistas Profissionais (entidade que rege o masculino), decidiram unir forças e promover algumas mudanças já para 2021. A partir do ano que vem, a WTA padronizará o nome das categorias de seus torneios, alinhando-se assim à ATP.

– 2020 abriu uma oportunidade única para uma maior sinergia entre todos os órgãos dirigentes do tênis – vibrou a presidenta da WTA, Micky Lawle.

Isso na prática quer dizer que a partir de 2021, os torneios não serão mais chamados de “Premier Mandatory” e “Premier 5” da WTA, mas categorizados como WTA 1000, enquanto os eventos “Premier” serão WTA 500. Os outros dois níveis serão WTA 250 e WTA 125, seguindo, assim, o padrão de nomenclatura utilizado no masculino, que tem torneios de nível Masters 1000, ATP 500 e ATP 250.

– Um sistema numérico permite a compreensão imediata do nível do torneio, oferecendo aos fãs uma maneira simples de entender e se envolver com o torneio. Além de fornecer simplicidade e compreensão imediata, isso fornece alinhamento com a nomenclatura de torneios da ATP para que o tênis profissional seja consistente e reflita o mesmo sistema de nomenclatura de torneios – disse Micky Lawle.

Vale lembrar ainda que os torneios masculinos e femininos têm um sistema de classificação separado, enquanto algumas regras, incluindo treinamento em quadra, também são diferentes. No entanto, uma fusão poderia simplificar os contratos de televisão e acordos de patrocínio, já que os telespectadores atualmente precisam de diferentes plataformas de TV paga para assistir aos jogos.

O que se sabe neste momento é que os prêmios em dinheiro e os pontos de classificação das categorias WTA renomeadas não serão alterados para espelhar seus equivalentes ATP. Aliás, unir os tours profissionais não é uma tarefa fácil, já que até sete associações administram diferentes torneios ao redor do mundo. Além da ATP e da WTA, a modalidade também é controlado pela Federação Internacional de Tênis e pelas diretorias dos quatro torneios Grand Slam.

“A WTA trabalhou com a ATP para estabelecer continuidade e alinhamento no tênis profissional”, explicou Micky Lawle, presidente da entidade que comanda o tênis profissional feminino.

O objetivo é “ajudar os fãs da WTA, patrocinadores comerciais e a mídia a acompanhar seguir nosso esporte”, destacou a dirigente.

Fonte: GE 

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Inter amarga vice sem vencer o Corinthians

Colorado vê Flamengo tropeçar e mesmo assim não consegue marcar uma vez diante do Timão Cinquenta e quatro minutos do segundo tempo no Beira-Rio, o...

Flamengo é bicampeão do Campeonato Brasileiro

Elenco Rubro-Negro se consagra como um dos melhores da história Um título conquistado apesar de uma derrota, em um jogo em que o time jogou...

Alex Cowboy promete nocaute no UFC de sábado

Seu adversário foi substituído por Ramazan Kuramagomedov Alex Cowboy levou um susto na última segunda-feira (22), quando deixou a cidade de Três Rios (RJ) rumo...

Rodrigo Caio reencontra São Paulo no Morumbi pela primeira vez desde saída

Absoluto no Flamengo, zagueiro fará seu primeiro jogo contra o time que o revelou no estádio Não é só Rogério Ceni que terá um reencontro...