Home Mais Esportes Deshaun Watson é acusado de assédio sexual por mais 11 mulheres

Deshaun Watson é acusado de assédio sexual por mais 11 mulheres

O caso das massagistas vítimas de abuso do quarterback Deshaun Watson não para de crescer nos Estados Unidos. Após uma massagista acusar o jogador de “tocá-la com as genitais” durante uma massagem, outras 11 mulheres já entraram com processo contra o jogador por assédio sexual.

Tony Buzbee, advogado que representa as 12 mulheres na ação, afirma que o caso não para por aí: pelo menos outras 10 já teriam feito contato com ele para fazer parte do processo contra o QB dos Texans.

De acordo com o advogado, que deu uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira, ainda não há denúncia na polícia contra o jogador da NFL, apenas uma ação civil sendo movida em conjunto pelas 12 mulheres e o próximo passo é ir até a polícia, que já entrou em contato em busca de informações.

Buzbee se colocou a disposição para ajudar a NFL com a investigação. A liga contratou um escritório particular para apurar a situação e pode suspender o jogador indefinidamente caso entenda que ele rompeu regras de conduta.

Após a primeira acusação, o quarterback foi às redes sociais e disse ser inocente. Segundo ele, Tony Buzbee está criando uma situação para tentar conseguir dinheiro.

– Como resultado de um post na rede social, feito pelo advogado de uma reclamante em busca de publicidade, recentemente tomei conhecimento de um processo que aparentemente foi movido contra mim. Ainda não vi a queixa, mas sei de uma coisa: nunca tratei mulher alguma com outra coisa senão o maior respeito. O advogado afirma que não se trata de dinheiro, mas antes de entrar com o processo ele fez um pedido infundado de acordo de seis dígitos, que eu rapidamente rejeitei. Ao contrário dele, não se trata de dinheiro para mim, trata-se de limpar meu nome, e estou ansioso para fazer isso.

Há quatro anos na NFL, Deshaun Watson vive um rompimento com o Houston Texans. Ao fim da última temporada, o jogador se desentendeu com a diretoria da franquia e pediu para ser trocado para outro time e segue irredutível quanto a isso.

Advogado promete entregar provas contra Deshaun Watson

O caso de abuso envolvendo o nome de Deshaun Watson deve ter novos capítulos na próxima semana. O advogado das vítimas, que alegam que o quarterback do Texas agiu de forma inadequada e abusou sexualmente delas, planeja entregar provas e depoimentos à polícia e ao promotor público em Houston nesta segunda-feira.

Na última sexta-feira, Buzbee havia entrado com processos civis em Harris County, Texas, contra Watson em nome de sete mulheres. Ele disse em entrevista coletiva naquele dia que está se preparando para abrir mais cinco processos e que seu escritório está em contato com outras 10 mulheres que fizeram alegações semelhantes.

Em um comunicado divulgado na mídia social na terça-feira à noite, depois que o primeiro processo foi aberto, Watson negou as acusações.

Todas as ações judiciais estão relacionadas a sessões de massagem no ano passado. As mulheres alegam que Watson cometeu atos que incluíam forçar sexo oral, tentar beijar ou tocar seus órgãos genitais.

A NFL disse na quinta-feira que casos de supostas irregularidades cometidas por Watson estão sob investigação.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

No Fluminense, Martinelli vai para 1ª Libertadores com Europa de olho

Titular absoluto com apenas 19 anos, volante recebe sondagens de clubes da Inglaterra antes do torneio de maior vitrine Em cinco meses, tudo pode mudar....

Anderson Silva reconhece favoritismo de Julio Cesar Chávez Jr. em confronto do dia 19 de junho

Spider exalta oponente, mas vê chance de conseguir nocaute Depois de deixar o Ultimate, Anderson Silva assinou contrato para enfrentar Julio Cesar Chávez Jr. em...

Miami bate Lakers e vence a quinta em seis jogos

Time da Califórnia não é páreo para Butler e Oladipo, que deixa a quadra com lesão no joelho Jogando em casa, o Miami Heat completou...

F1 2021: salário de Hamilton encolhe R$ 57 mi, mas ainda é o maior

Receita do atual campeão cai de R$ 225 milhões, em 2020, para R$ 168 milhões no novo contrato; Vettel também tem redução drástica com...