Home Basquete Warriors quer 50% do público e clube apresenta plano para testar os...

Warriors quer 50% do público e clube apresenta plano para testar os fãs

O Golden State Warriors quer sua torcida na volta da NBA e de Stephen Curry. De acordo com a ESPN americana, a franquia apresentou um ambicioso plano para reabrir o Chase Center: testar todos os torcedores, funcionários e jogadores. Com capacidade para 18.064 pessoas, a arena receberia pouco menos de dez mil fãs.

Segundo o proprietário da franquia, Joe Lacob, os Warriors pretendem investir mais de 30 milhões de dólares (aproximadamente 165 milhões) para testar jogadores, funcionários e torcedores na reabertura. Lacob tem diploma de mestrado em saúde pública.

— É impossível sustentar a liga sem fãs. É possível por um ano, mas imagine se essa situação durar até ano que vem. Estaríamos falando de um sério prejuízo financeiro para muitas pessoas — avaliou o empresário, que completou:

– Não quero apenas fazer isso e mostrar ao mundo como podemos fazer isso agora, estou disposto a gastar o dinheiro para fazer isso.

Seriam utilizados os caros testes rápidos de PCR (reação em cadeia da polimerase) ou tecnologias de amplificação equivalentes que podem detectar vestígios do material genético do vírus em cotonetes nasais ou da garganta em 15 minutos. Eles são mais precisos do que os testes rápidos de antígeno, que procuram uma proteína que está presente na superfície do vírus que é eliminado.

Além dos testes, o plano exige o uso de máscara, distanciamento social e um sistema de filtragem de ar de última geração que tem a capacidade de usar 100% do ar externo ou purgar o suprimento de ar do prédio e substituir quatro vezes em uma hora, caso necessário.

Se a franquia jogar esta temporada sem público, segundo estimações de Joe Lacob, poderia perder US $ 400 milhões (2,2 bilhões) em receita e US $ 200 milhões (1,1 bilhão) no resultado final. O gasto de US $ 30 milhões (aproximadamente 165 milhões) em protocolos sanitários para contar com metade da capacidade da arena é um bom negócio. Mas ele insiste não ser essa a grande motivação.

– Quero que as pessoas entendam que não são os Warriors apenas tentando ganhar mais dinheiro. Sim, estamos tentando conseguir fãs e receita, mas estou tentando estabelecer um padrão. Estou tentando mostrar ao mundo como isso pode ser feito com segurança. Alguém precisa dar um passo à frente e mostrar não só ao mundo dos esportes, mas realmente mostrar ao mundo como ainda podemos retomar algumas partes da vida normal enquanto lutamos – explica o proprietário.

Lacob mantem contato próximo com Adam Silver, comissário da NBA, e Dave Weiss, o vice-presidente sênior de assuntos dos jogadores da liga que lidera os esforços de saúde e segurança.

– Joe Lacob e os Warriors trabalharam muito e pensaram em desenvolver uma abordagem inovadora de testes que pudesse ajudar os fãs a assistir aos jogos dos Warriors nesta temporada. A segurança dos jogadores da NBA , a equipe e os fãs são fundamentais, e continuamos a trabalhar com os Warriors e outras equipes em planos de testes, junto com protocolos que incluem medidas adicionais de saúde pública importantes – afirmou Dave Weiss.

No entanto, apenas algumas áreas do país estão permitindo que os fãs participem de eventos esportivos neste momento. O estado da Califórnia, por exemplo, não aprovou fãs em qualquer capacidade desde o início da pandemia.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Mayra Sheetara reclama da decisão do árbitro apesar de admitir erro

Mineira aponta que punição não foi dada na mesma situação do que em outras lutas do evento A busca de Mayra "Sheetara" Bueno por sua...

Mogi Futsal anuncia que não terá time adulto neste ano

O time disputará torneios no sub-20 devido a redução do orçamento da equipe para 2021 A diretoria do Mogi Futsal definiu nesta segunda-feira (1), que...

Renato critica VAR após derrota para o Palmeiras e diz que sua equipe “deu mole”

Treinador reclamou de toque de mão antes do gol do Palmeiras e do pênalti não marcado em Pepê no jogo de ida da final...

Arthur Cabral passa Neymar e é brasileiro com mais gols na temporada

Atacante do Basel marca em derrota para o St. Gallen e chega aos 14 gols. Ele supera o atacante do PSG, Rodrigo Pinho, do...