Home Mais Esportes Veja os maiores salários dos lutadores de MMA

Veja os maiores salários dos lutadores de MMA

Lutares do UFC recebem bolsas inferiores comparados aos astros do Boxe

Os lutadores de Boxe possuem bolsas superiores aos lutadores de MMA. Apesar de caracterizar uma marca global, os salários por luta do UFC não estão mais contendo os principais nomes da companhia. Confira quem são os dez lutadores que mais receberam dinheiro pelo Ultimate e a comparação com o Boxe.

Grandes nomes do UFC como Jon Jones, Conor McGregor, Paige VanZant, Henry Cejudo e Jorge Masvidal, entre outros lutadores, decidiram se posicionar sobre os salários recebidos da principal organização de MMA do mundo para entrar em ação. Os atletas solicitaram maior “valorização financeira” e criaram um “problema” a ser solucionado pelo presidente da companhia, Dana White, que desde então vem tratando o caso.

Se pararmos para analisar com os atletas do Boxe, os principais nomes da nobre arte recebem bolsas muito maiores. Um exemplo é o valor da bolsa do boxista Mike Tyson, em 1997, na luta contra Evander Holyfield, foi de US$ 30 milhões. No futebol, os craques Lionel Messi (US$ 127 milhões) e Cristiano Ronaldo (US$ 109 milhões) comandam a lista de salários por ano, com o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, na terceira posição do ranking somando ao todo US$ 103 milhões.

Todos são líderes de live streaming em futebol. Neste tempo, por exemplo, nenhum atleta de MMA chegou próximo de igualar tantas marcas. Em 2016, Conor McGregor, principal astro do UFC, gerou US$ 3,5 milhões de bolsa para enfrentar Eddie Alvarez. A imprensa nos EUA acredita que com os acréscimos do pay-per-view, este valor pode ter chego a quase US$ 15 milhões.

Veja também: Jogos de precisão: Campeonato Brasileiro de Tiro com Arco deu início na última quarta-feira

Os números de bolsa demonstra a diferença entre o Boxe e o MMA. Vale dizer que a modalidade do Boxe é mais antiga. Em duelo histórico na nobre arte em 2016, Floyd Mayweather embolsou US$ 180 milhões contra Manny Pacquiao que, em contrapartida gerou US$ 96 milhões. Mayweather, inclusive, “colaborou” a turbinar o lado financeiro de Conor McGregor.

Em 2015, os dois lutares se enfrentaram no May-Mac, em um duelo de Boxe. “Notorious”, apenas de bolsa, arrecadou US$ 30 milhões, os valores finais não foram divulgados. O irlandês recebeu ainda pagamento oriundo de patrocínios, venda de pay-per-view e produtos licenciados.

Na lista divulgada pela revista Forbes de atletas mais bem pagos do mundo neste ano, McGregor é o único atleta do MMA entre os 100 primeiros colocados. O lutador está na 16º posição com o valor arrecadado de US$ 48 milhões (aproximadamente 265 milhões de reais). Do outro lado, são quatro lutadores de Boxe presentes na lista: Tyson Fury (11º, US$ 57 milhões), Anthony Joshua, (19º, US$ 47 milhões), Deontay Wilder (20º, US$ 46 milhões) e Canelo Alvarez (30°, US$ 37 milhões).

Para efeito de comparação com os esportes individuais, Roger Federer, foi o líder da lista da Forbes ao gerar US$ 106,3 milhões neste ano. O editor da revista, por sua vez, acredita que a pandemia da Covid-19 tenha influenciado o primeiro lugar do tenista, mas não retira a competência dele.

Confira o ranking dos maiores salários do MMA

  • Conor McGregor – US$ 15,08 milhões
  • Alistair Overeem – US$ 9,57 milhões
  • Khabib Nurmagomedov – US$ 8,68 milhões
  • Anderson Silva – 8,11 milhões
  • Michael Bisping – 7,14 milhões
  • Geoges St-Pierre – 7,04 milhões
  • Jon Jones – 7,03 milhões
  • Mark Hunt – 6,3 milhões
  • Donald Cerrone – 6,16 milhões
  • Junior dos Santos – 5,97 milhões

Fonte: Tatame, a revista do lutador

- Advertisment -

Popular

No Fluminense, Martinelli vai para 1ª Libertadores com Europa de olho

Titular absoluto com apenas 19 anos, volante recebe sondagens de clubes da Inglaterra antes do torneio de maior vitrine Em cinco meses, tudo pode mudar....

Anderson Silva reconhece favoritismo de Julio Cesar Chávez Jr. em confronto do dia 19 de junho

Spider exalta oponente, mas vê chance de conseguir nocaute Depois de deixar o Ultimate, Anderson Silva assinou contrato para enfrentar Julio Cesar Chávez Jr. em...

Miami bate Lakers e vence a quinta em seis jogos

Time da Califórnia não é páreo para Butler e Oladipo, que deixa a quadra com lesão no joelho Jogando em casa, o Miami Heat completou...

F1 2021: salário de Hamilton encolhe R$ 57 mi, mas ainda é o maior

Receita do atual campeão cai de R$ 225 milhões, em 2020, para R$ 168 milhões no novo contrato; Vettel também tem redução drástica com...