Pular para o conteúdo

Troféu Brasil de natação inicia com baixas de gigantes Pinheiros e Sesi

    Foto: Claudio Cruz / Lima 2019

    Competição no Rio de Janeiro ocorre de quarta a sábado na piscina do Vasco e é a única de caráter nacional em 2020

    O Troféu Brasil, único campeonato nacional de relevo de natação nacional em 2020, inicia nesta quarta-feira (9) com desfalques importantes em sua escalação. Times importantes da modalidade no país, como Pinheiros e o Sesi, não mandaram delegações para o Rio de Janeiro – a competição vai até sábado (12) na piscina do Vasco da Gama e é seletiva para o Sul-Americano de Buenos Aires, no primeiro semestre do ano que vem.

    Principal equipe e base da seleção brasileira, o Primeiros optou por não mandar nadadores por uma decisão de sua direção. Já o Sesi, cujo principal nome é Etiene Medeiros, multicampeã mundial e finalista Olímpica, preferiu não mandar representantes por precaução diante do aumento de casos e óbitos provocados pela pandemia da Covid-19 no país e vai enviar seus nadadores a um torneio alternativo. O foco do clube está na seletiva olímpica que acontecerá entre 19 e 24 de abril, no Rio de Janeiro.

    “Pessoal perguntou se eu iria para o Troféu Brasil. Eu já não iria. Eu e o (treinador Fernando) Vanzella conversamos e a gente decidiu não ir por conta do protocolo de segurança. E é isso. Queria desejar boa sorte para todo mundo, usem máscara, usem álcool em gel porque a pandemia ainda está aí”, declarou Etiene em postagem em sua conta no Instagram.

    Procurado pela reportagem, a equipe do Sesi declarou em nota que o clube preferiu disputar o Campeonato Nacional de Integração, em Santos, evento reconhecido pela CBDA. “Com um deslocamento menor, sem necessidade de viagem aérea, os atletas terão uma disputa rápida, de dois dias, com um número menor de competidores e seguindo os protocolos de saúde da Federação Aquática Paulista”, relatou o Sesi.

    Veja também: Justiça russa condena ex-motorista de jogador Fernando a tempo mínimo de prisão

    O Globo Esporte foi atrás do Pinheiros, que não se posicionou aos questionamentos antes da publicação da reportagem no site. Diversos nadadores da equipe fizeram postagens nas redes sociais agradecendo ao clube pela decisão de não enviar delegação ao evento.

    Para fazer o evento no Rio, a CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) determinou protocolos rígidos para os participantes: somente nadadores que concorrerem as finais poderão comparecer à piscina à tarde (não será autorizado que “nadadores torcedores” assistam as provas, o que é comum); serão banidos os bancos de controle, tradicionais salas nas quais os atletas ficavam em conjunto antes das provas; exigência de apresentação de teste negativo de RT-PCR (colhido nas mucosas do nariz e da garganta) três dias antes do começo da competição; uso obrigatório de máscara entre todos, inclusive os atletas (que só terão permissão para tirá-la na hora da prova), e distribuição de álcool em gel; observância de práticas de isolamento e manutenção da rotina entre hotel e complexo aquático do Vasco, entre outros.

    Devido a pandemia, a confederação irá autorizar que nadadores que não se sintam seguros para viajar possam realizar tomadas de tempos locais, sob análise das respectivas federações estaduais. Estes tempos serão considerados para efeitos de ranking e composição da seleção brasileira.

    Embora Pinheiros e Sesi tenham sofrido com baixas, o campeonato terá atrativos: Bruno Fratus, principal nadador brasileiro na atualidade. O velocista tem treinado no Rio de Janeiro nas últimas semanas em preparação para a competição.

    Outro destaque do evento é a participação da argentina Delfina Pignatiello, de 20 anos, medalhista nos 400m e 800m nos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, em 2018 e campeã dos 400m, 800m e 1.500m nos Jogos Pan-americanos de Lima, em 2019.

    Confira a programação de provas do Troféu Brasil

    Quarta-feira – 9/12

    800m livre

    100m borboleta

    100m peito

    400 medley

    4x100m livre

    Quinta-feira – 10/12

    200m livre

    200m costas

    50m livre

    4x200m livre

    Sexta-feira – 11/12

    400m livre

    200m peito

    100m livre

    200m medley

    4x100m medley

    Sábado – 12/12

    1.500m livre

    100m costas

    200m borboleta

    4x50m medley