Home Basquete NBA Suns vencem Lakers e assumem a vice-liderança do Oeste

Suns vencem Lakers e assumem a vice-liderança do Oeste

Time do Arizona vence por 114 a 104

O Phoenix Suns mais uma vez deu provas de que pensa alto na temporada. Mesmo jogando no Staples Center, a franquia do Arizona se impôs e venceu o Los Angeles Lakers por 114 a 104, no duelo que finalizou a rodada desta terça-feira (2) na NBA. Com o grande resultado obtido fora de casa, desbancou o adversário da vice-liderança da Conferência Oeste.

Ainda sem Anthony Davis ao lado, LeBron fez de tudo, mas não teve como impedir a queda dos locais. James fez 38 pontos (registrando ainda 6 assistências, 5 rebotes, 2 roubos de bola e 1 toco) e fechou como o cestinha da noite, pouco para segurar o insinuante e eficaz oponente. Dennis Schroder (17 pontos) e Talen Horton-Tucker (16) mostraram serviço pelos Lakers.

O conjunto prevaleceu, porém, quatro nomes merecem citações especiais na equipe do Arizona: Dario Saric saiu do banco para fechar como o principal marcador do time com 21 pontos, seguido por Mikal Bridges (19), Deandre Ayton (17), Devin Booker (17) e Jae Crowder (15), este que falhou apenas um arremesso do perímetro em 5 tentados.

O jogo

O começo foi lá e cá, mas a partir da metade do primeiro quarto os Suns abriram 11 pontos (26 a 15) e deram mostras de sua força. Bridges e Cameron Johnson iniciaram forte pelos visitantes, enquanto Schroder e Tucker ajudavam LeBron na linha de frente dos Lakers, que foram para o segundo período com a derrota parcial de 29 a 21.

O time californiano precisou de menos de 4 minutos para virar o placar (35 a 34) e dar o recado ao adversário. Sem se intimidar, o Phoenix seguiu firme e voltou a tomar a dianteira, levando para o descanso a vantagem de 7 pontos (60 a 53). Pegando embalo, Booker já somava 15 pontos e era um dos cestinhas da partida, com a mesma pontuação de LeBron James.

Com ótimo aproveitamento nas bolas de 3, Crowder aparecia como outra importante arma nos Suns, que se mantiveram à frente até o fim do quarto: 86 a 83. O jogo, no entanto, estava aberto e com final absolutamente imprevisível. Recarregando as baterias, os times prepararam suas artilharias para os 12 minutos finais.

Fazendo rapidamente 10 a 2, o time do Arizona se distanciou novamente e jogou pressão para os locais. Chamando a responsabilidade, LeBron empurrava os Lakers na tentativa de virar o placar, porém a tarefa não era fácil. Consciente e muito aplicado, o Phoenix seguiu mantendo o rival à distância e deixando claro a força de seu grupo, derrubou o atual campeão em pleno Staples Center.

Campanhas:
Suns: 23v e 11d (2º Oeste)
Lakers:  24v e 12d (3º Oeste)

Jokic comanda o atropelo dos Nuggets sobre os Bucks em Milwaukee

Com mais uma atuação de almanaque de Nikola Jokic, o Denver Nuggets não tomou conhecimento do bom Milwaukee Bucks e mesmo na casa do adversário, venceu por 128 a 97. The Joker foi o dono da noite, colocando na conta 37 pontos, 11 assistências, 10 rebotes e mais um triplo-duplo. Jamal Murray, com 24 pontos, foi um coadjuvante para lá de eficiente. Registrando 27 pontos e 8 rebotes, Giannis Antetokounmpo tentou conduzir os locais, porém foi pouco para conter o brilho do inspirado astro sérvio.

Campanhas:
Nuggets: 20v e 15d (7º Oeste)
Bucks: 21v e 14d (3º Leste)

Spurs batem Knicks e se reabilitam

Mostrando que a derrota para o Brooklyn Nets faz parte do passado, o San Antonio Spurs recebeu o New York Knicks e fez o serviço com sobras: 119 a 93. A equipe do Texas teve em Trey Lyles (18 pontos e sua melhor marca na temporada) e DeJounte Murray (17) os seus melhores nomes, cabendo ao ótimo calouro Immanuel Quickley (26 pontos, sendo 6 bolas de 3 em 13 tentadas) ser o destaque dos visitantes que apesar do revés, seguem cumprindo boa temporada.

Campanhas:
Knicks: 18v e 18d (5º Leste)
Spurs: 18v e 13d (5º Oeste)

LEIA MAIS

Com passeio no 1° quarto, Lakers massacra o Warriors

- Advertisment -

Popular

No Fluminense, Martinelli vai para 1ª Libertadores com Europa de olho

Titular absoluto com apenas 19 anos, volante recebe sondagens de clubes da Inglaterra antes do torneio de maior vitrine Em cinco meses, tudo pode mudar....

Anderson Silva reconhece favoritismo de Julio Cesar Chávez Jr. em confronto do dia 19 de junho

Spider exalta oponente, mas vê chance de conseguir nocaute Depois de deixar o Ultimate, Anderson Silva assinou contrato para enfrentar Julio Cesar Chávez Jr. em...

Miami bate Lakers e vence a quinta em seis jogos

Time da Califórnia não é páreo para Butler e Oladipo, que deixa a quadra com lesão no joelho Jogando em casa, o Miami Heat completou...

F1 2021: salário de Hamilton encolhe R$ 57 mi, mas ainda é o maior

Receita do atual campeão cai de R$ 225 milhões, em 2020, para R$ 168 milhões no novo contrato; Vettel também tem redução drástica com...