Home Basquete Suns batem líder Jazz na prorrogação e se agarram ainda mais no...

Suns batem líder Jazz na prorrogação e se agarram ainda mais no topo do Oeste

Phoenix leva a melhor no confronto entre os ponteiros da Conferência e emplaca sétima vitória seguida

Deu Phoenix Suns no encontro entre os melhores do Oeste. Em um jogo emocionante e marcado pelo equilíbrio entre as forças, a equipe do Arizona superou na prorrogação o líder Utah Jazz por 117 a 113 (102 a 102 no tempo normal), fechando em grande estilo a rodada desta quarta-feira (7) na NBA. Com o dramático resultado, os Suns carimbam a sétima vitória seguida e se aproximam ainda mais do topo da Conferência.

Três nomes foram cruciais para o grande triunfo do Phoenix. Apesar de zerado nas bolas do perímetro (errou os seis arremessos), Devin Booker foi mortal nos tiros de meia distância e fechou com 35 pontos. Chris Paul conduziu o time, registrando 29 pontos e 9 assistências. Já Deandre Ayton mostrou sua força e levou para casa mais um duplo-duplo, com 18 pontos e 12 rebotes.

No time de Utah, Donovan Mitchell jogou muito e sublinhou sua ótima atuação saindo como o cestinha da noite com 41 pontos (e ainda 8 rebotes). Bojan Bogdanovic ajudou com 20 pontos, e Rudy Gobert foi um monstro nos rebotes apanhando 18 e ainda anotando 16 pontos para a franquia de Salt Lake City.

O jogo

Depois de um quarto inicial de muito equilíbrio, os Suns levaram vantagem na fase seguinte e chegaram à vantagem parcial de 51 a 40, já com 16 pontos marcados por Booker e outros 13 por Paul. O Utah, que tem na força ofensiva uma de suas armas, aparecia abaixo do normal, e tinha Mitchell (13 pontos) e Bogdanovic (10) à frente.

Mais agressivo, o Jazz voltou do intervalo disposto a tomar a ponta e reagiu feroz, diminuindo a diferença para apenas 1 ponto a 2 minutos do término do terceiro quarto (72 a 71). Decidido, o líder do Oeste foi para cima e no estouro do cronômetro e enfim virou a partida após uma bem-sucedida infiltração de Mike Conley (78 a 77).

Com o confronto completamente imprevisível, os 12 minutos finais prometiam emoção ao extremo e confirmou as expectativas. O Phoenix retomou a dianteira logo no primeiro ataque, mas os visitantes deram o troco em seguida. O embate seguiu lá e cá, com Gobert e Ayton travando um duelo espetacular nos garrafões. Mostrando frieza e eficácia, os Suns ficaram muito perto da vitória após Chris Paul colocar 3 pontos de vantagem faltando 1m34. Depois de tentativas frustradas de lado a lado, Donovan Mitchell disparou do perímetro e deixou tudo igual em 102 a 102. Ainda havia tempo para mais um ataque do Phoenix, mas o tiro de Devin Booker bateu no bico, levando a partida para a prorrogação.

Os locais largaram na frente com Booker e depois aumentou para 5 com Cameron Johnson acertando de 3. Pressionado, o Jazz foi para cima, conduzido por Mitchell, mas a equipe do Arizona, desta vez, não desperdiçou a chance e com drama até o último suspiro, enfim nocauteou o líder, liquidando a fatura em Phoenix.

Campanhas
Jazz: 38v e 13d (1º do Oeste)
Suns: 36v e 14d (2º do Oeste)

Nuggets batem Spurs e engatam a sétima

Depois de deixar os Lakers para trás, o Denver Nuggets segue firme à caça dos Clippers pelo 3º lugar do Oeste. Na base da qualidade e também do esforço, a equipe do Colorado derrotou em casa o San Antonio Spurs por 106 a 96 e cravou o sétimo triunfo seguido. Mais uma vez, Nikola Jokic deu aula, marcando 25 pontos, produzindo 10 assistências e ficando a apenas um rebote de mais um triplo-duplo na temporada. Outra peça fundamental para os locais foi Michael Porter Jr, também com um duplo-duplo (18 pontos e 10 rebotes). Pelos Spurs, cada vez mais distantes do G-8, destaque para Derrick White e Dejounte Murray, ambos com 18 pontos.

Campanhas
Spurs: 24v e 25d (9º do Oeste)
Nuggets: 33v e 18d (4º do Oeste)

LEIA MAIS

Curry comanda, e Warriors batem Bucks em duelo decidido nos instantes finais

- Advertisment -

Popular

No Fluminense, Martinelli vai para 1ª Libertadores com Europa de olho

Titular absoluto com apenas 19 anos, volante recebe sondagens de clubes da Inglaterra antes do torneio de maior vitrine Em cinco meses, tudo pode mudar....

Anderson Silva reconhece favoritismo de Julio Cesar Chávez Jr. em confronto do dia 19 de junho

Spider exalta oponente, mas vê chance de conseguir nocaute Depois de deixar o Ultimate, Anderson Silva assinou contrato para enfrentar Julio Cesar Chávez Jr. em...

Miami bate Lakers e vence a quinta em seis jogos

Time da Califórnia não é páreo para Butler e Oladipo, que deixa a quadra com lesão no joelho Jogando em casa, o Miami Heat completou...

F1 2021: salário de Hamilton encolhe R$ 57 mi, mas ainda é o maior

Receita do atual campeão cai de R$ 225 milhões, em 2020, para R$ 168 milhões no novo contrato; Vettel também tem redução drástica com...