Pular para o conteúdo

Com multidão fora do José Alvalade, Sporting é campeão português depois de 19 anos

Pedro Nunes/Reuters

Rúben Amorim, de 36 anos, agora vai tentar levar o Sporting ao inédito título invicto na história do clube. Os Leões alcançaram os 82 pontos e têm 25 vitórias e sete empates em 32 rodadas. Faltam mais duas para o fim do campeonato. Apenas três vezes houve um campeão invicto em Portugal: o Porto, em 2010/11 e 2012/13, e o Benfica, em 1972/73.

O Sporting conquista o seu 19º título, o 23º, se contadas as edições da era amadora. O time é o terceiro com mais taças na história. No ranking geral, ainda está atrás do rival Benfica, que tem 37 títulos, e do Porto, que tem 29, todos da era profissional. Apenas Belenenses, em 1945/46, e Boavista, em 2000/01, se infiltraram no trio e também foram campeões portugueses.

Também nesta terça, o Benfica, de Jorge Jesus, venceu o Tondela por 3 a 1 e garantiu vaga na fase prévia da próxima Liga dos Campeões. Os Encarnados estão em terceiro, com 70 pontos. O Porto é o segundo colocado, com 74, e precisa de mais dois pontos para confirmar a classificação na fase de grupos da próxima Champions.

A festa da torcida do Sporting foi bonita, mas aglomerações ainda não são recomendadas em tempos de pandemia. A polícia local agiu para tentar dispersar a multidão e, no intervalo da partida, houve registro de confrontos.

Uma jornalista da “TVI” foi atingida com balas de borracha atiradas pelos policiais, segundo a imprensa portuguesa. Os veículos falam em vários feridos, mas nenhum em estado grave. Muitas ambulâncias foram acionadas. O comissário Artur Serafim, da Polícia de Segurança Pública, afirmou que muitos se feriram atingidos por objetos atirados pelos próprios torcedores do Sporting. Não há informações sobre detidos.

– Há vários feridos. Eram cidadãos em festa e que foram atingidos por garrafas e pedras por quem estava no parque superior. Não temos informação de feridos graves. Vamos analisar o plano que temos estudado para o acompanhamento do caminhão (com os campeões do Sporting) e ver se o plano vai ser executado. Está em estudo a hipótese, vamos analisar o procedimento – disse Artur Serafim, da PSP, em declarações reproduzidas pelo jornal “Record”.

LEIA MAIS