Home Mais Esportes Shaquille O'Neal do handebol? Pivô de 130kg viraliza e ganha menção da...

Shaquille O’Neal do handebol? Pivô de 130kg viraliza e ganha menção da lenda do basquete

O Mundial de handebol começou em alta voltagem em Cairo, no Egito, com partidas equilibradas e resultados surpreendentes. Mas nada – ou melhor, ninguém – atraiu tanta atenção quanto Gauthier Mvumbi, pivô da República Democrática do Congo. Com 130kg e uma combinação impressionante de habilidade e potência, ele foi o destaque absoluto das primeiras rodadas da competição, marcando quatro gols na derrota de seu time para a Argentina na estreia e repetindo a dose contra a campeã olímpica Dinamarca. A repercussão foi tamanha que o jogador viralizou e foi notado até por seu ídolo, Shaquille O’Neal.

A lenda do basquete gravou um story falando sobre Mvumbi, que é filho de congoleses mas nasceu em Chartres, na França, e joga pelo Dreux, da quarta divisão do handebol francês.

– Estão dizendo que você é o Shaquille O’Neal do handebol. Que história é essa? – brincou Shaq na rede social.

Mvumbi, conhecido como “El gigante”, respondeu ao ídolo agradecendo pelo apoio, e confessou ainda estar surpreso com a repercussão:

“Um sonho que se torna realidade e que não acredito nele … meu ídolo, minha estrela, eu te agradeço por sua mensagem e seu apoio. Eu não entendo muito bem o que está acontecendo, mas o que eu tenho a dizer para você: viva seu sonho e lute pelo que você é”

Depois da apertada derrota para a Argentina por 28 a 22 e de outro resultado negativo contra a Dinamarca por 39 a 19, o Congo ainda tem chances de avançar no Mundial. A equipe fecha sua participação na primeira fase nesta terça-feira contra o Barein.

Organização dos Jogos de Tóquio confirma redução do número de atletas nas cerimônias

Os organizadores dos Jogos de Tóquio revelaram que as cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas sofrerão uma redução considerável do número de atletas participantes. Segundo o jornal “Yomiuri Shimbun”, o total cairia quase pela metade.

A organização afirma que não confirmou ainda oficialmente este número pois ainda precisa acertar os detalhes junto ao Comitê Olímpico Internacional (COI). Dos cerca de 11 mil competidores, o “Yomiuri Shimbun” afirma que devem participar apenas 6 mil.

– Para garantir a proteção e a segurança dos atletas e simplificar as operações durante os Jogos de Tóquio, achamos necessário reconsiderar o número de participantes nas cerimônias de abertura e de encerramento – disse a organização, em um comunicado enviado à agência de notícias AFP.

Uma redução já era esperada após o anúncio da limitação do tempo de permanência dos atletas na Vila Olímpica. Eles só poderão se hospedar no local no máximo cinco dias antes do início de suas provas, sendo obrigados a sair em até dois dias após a conclusão das mesmas.

Ainda não há informações específicas sobre as cerimônias das Paralimpíadas, mas elas devem seguir o mesmo padrão de redução das cerimônias das Olimpíadas.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Fred sonha com vaga direta do Fluminense na Libertadores

Camisa 9 lembra desconfiança sobre elenco no início da temporada: "Serviu para nos fortalecer" Oito anos depois, o Fluminense está de volta à Libertadores. E mais uma...

Joia do Bayern, Musiala decide defender seleção da Alemanha

Com dupla nacionalidade, meia-atacante de quase 18 anos se tornou o inglês mais jovem a marcar na Liga dos Campeões na vitória bávara sobre...

Veja a lista dos concorrentes na 22ª edição do Prêmio Laureus

Lista não tem brasileiros. Astros e estrelas como LeBron, Hamilton, Nadal e Naomi Osaka concorrem. Bayern de Munique e Liverpool disputam melhor equipe do...

Veja os recordes que Djokovic bateu e quais marcas ainda podem ser batidas

Sérvio já está entre os maiores da história do tênis Campeão do Australian Open pela nona vez, Novak Djokovic já atingiu alguns recordes históricos no...