Home Basquete Em jogo disputadíssimo, São Paulo vence o Paulistano pelo NBB

Em jogo disputadíssimo, São Paulo vence o Paulistano pelo NBB

Pela 14ª rodada do NBB, o São Paulo recebeu o Paulistano para um jogo disputadíssimo no Ginásio do Morumbi. As equipes começaram escondendo o jogo e cometendo muitos erros. No último quarto, a liderança foi disputada ponto a ponto. Empatados, os times decidiram a última partida de 2020 na prorrogação. O São Paulo ditou o ritmo no tempo extra e chegou a abrir 8 a 0, placar final 78 a 64. Destaque para Lucas Mariano e Derek que foram os cestinhas com 18 pontos cada um.

– Foi uma superação! A gente viu a dificuldade que foi o jogo, estávamos fechados e jogando juntos. A gente precisa superar as dificuldades, sentimos uma energia boa para conseguir a recuperação. Vamos crescer na competição – disse o pivô Lucas Mariano.

O time do São Paulo começou o jogo com Bennett, Shamell, Georginho, Lucas Mariano e Renan. Pelo Paulistano, Ruivo, Cauê, Vitão, Jimmy e Maique formaram o quinteto inicial.

O jogo

O jogo começou acelerado. Jimmy abriu o placar para o Paulistano com uma bola de três, detalhe para uma máscara no rosto protegendo o nariz lesionado na última partida contra o Bauru. O ala-armador Shamell apareceu chutando de fora e desequilibrou para o São Paulo. As duas equipes alternaram a liderança, mas cometeram muitos erros. Foram seis erros anotados pelo Paulistano, contra cinco dos donos da casa. O placar do primeiro período foi tímido, 12 a 11 para o Paulistano.

No segundo período, Deryk foi destaque nas bolas de três: duas cestas. O armador Bennett puxou o jogo do tricolor ao anotar 9 pontos na primeira etapa. A produção continuou abaixo do habitual e com uma média de erros bem alta. As equipes seguiram para os vestiários com o São Paulo à frente, 16 a 8. Placar geral 27 a 20.

Deryk anotou mais uma bola de três no comecinho do terceiro período. A defesa do Paulistano se organizou para segurar o São Paulo, mas foi surpreendida com um chute de fora do armador Georginho. Tudo igual no placar, 30 a 30 após uma bola de três do Jimmy. Deryk fez a quarta cesta de três pontos e ajudou a colocar o Paulistano na frente. Bennett virou o placar. Jogo parado, Cauê saiu de quadra depois de uma torção ao pisar no pé do adversário. Final 24 a 19 para o Paulistano.

No último período, Lucas Mariano e Jefferson colocaram o tricolor na frente. Deryk anotou mais uma cesta de fora e alcançou 60% de aproveitamento para alegria do Paulistano. Depois de sofrer falta, Dawkins acertou os dois lances livres e o São Paulo abriu quatro de vantagem. Deryk igualou, 55 a 55. Jogo disputadíssimo, Jimmy ampliou com outro arremesso de três pontos. Com dois pontos atrás, o São Paulo pediu tempo. Georginho ficou inspirado depois da conversa com o técnico Claudio Mortari e igualou com uma cravada faltando apenas dois segundos para estourar o tempo. O São Paulo teve a última posse de bola, mas ficou no empate em 61 a 61.

Hora da prorrogação! O São Paulo dominou e conseguiu abrir 8 a 0. Lucas Mariano fez dois usando a tabela. O Paulistano só abriu depois de Doria acertar um lance livre. Georginho ampliou com uma cesta de três. Ruivo tentou diminuir, mas errou a tentativa de dois pontos. Georginho deu um toco e Bennett passou régua, 17 a 3 na prorrogação. Final de jogo 78 a 64.

O NBB volta no dia 4 de janeiro com dois jogos pela 15ª rodada: Campo Mourão x Mogi das Cruzes e Pato Basquete x Corinthians.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Fred sonha com vaga direta do Fluminense na Libertadores

Camisa 9 lembra desconfiança sobre elenco no início da temporada: "Serviu para nos fortalecer" Oito anos depois, o Fluminense está de volta à Libertadores. E mais uma...

Joia do Bayern, Musiala decide defender seleção da Alemanha

Com dupla nacionalidade, meia-atacante de quase 18 anos se tornou o inglês mais jovem a marcar na Liga dos Campeões na vitória bávara sobre...

Veja a lista dos concorrentes na 22ª edição do Prêmio Laureus

Lista não tem brasileiros. Astros e estrelas como LeBron, Hamilton, Nadal e Naomi Osaka concorrem. Bayern de Munique e Liverpool disputam melhor equipe do...

Veja os recordes que Djokovic bateu e quais marcas ainda podem ser batidas

Sérvio já está entre os maiores da história do tênis Campeão do Australian Open pela nona vez, Novak Djokovic já atingiu alguns recordes históricos no...