Pular para o conteúdo

O que vale ao São Paulo a vaga direta na Libertadores

    O São Paulo foi derrotado pelo Botafogo na última segunda

    Tricolor precisa vencer o Flamengo para não correr risco de entrar nas fases preliminares

    O jogo desta quinta-feira (25), contra o Flamengo, no Morumbi, vale alguns milhões de reais a mais ao São Paulo, que precisa vencer o adversário na última rodada do Brasileirão para conquistar uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores sem depender do resultado do Fluminense, que encara o Fortaleza.

    Trata-se da diferença na premiação, convertida para reais na cotação atual, entre jogar a segunda fase da Libertadores (eliminatória) ou já começar o torneio nos grupos. São cerca de R$ 13,6 milhões a mais garantidos em caso de classificação direta.

    Na 4ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 63 pontos, o São Paulo já está classificado para a próxima Libertadores. Por enquanto, essa posição o coloca na fase de grupos, em que cada clube recebe US$ 1 milhão por jogo como mandante – portanto, US$ 3 milhões (R$ 16,3 milhões).

    Para quem é obrigado a jogar a segunda fase, a premiação é menor: US$ 500 mil (R$ 2,7 milhões) pela partida como mandante – e sob o risco de ser eliminado precocemente, como aconteceu com o Tricolor em 2019 ao ser derrotado pelo Talleres, da Argentina.

    Se avançar da segunda fase, o São Paulo ainda tem que jogar mais uma eliminatória antes de entrar nos grupos. Nessa terceira fase, a premiação é de US$ 550 mil (R$ 3 milhões).

    Para ter a garantia da premiação maior, o clube paulista tem que derrotar o Flamengo, quinta (25), às 21h30 (de Brasília). Um empate ou derrota fará com que os tricolores dependam de um tropeço do Fluminense contra o Fortaleza.

    Mas mesmo que termine o Brasileirão na 5ª posição, o São Paulo ainda pode ficar com uma vaga nos grupos da Libertadores, mas só se o Palmeiras for campeão da Copa do Brasil. Por ter vencido o continental de 2020, os palmeirenses já possuem lugar garantido, e a vaga destinada ao campeão do mata-mata nacional seria herdada pelo 5º colocado no Campeonato Brasileiro.

    A diferença entre a premiação aos times da fase de grupos (R$ 16,3 milhões) e aos que jogam só a segunda fase (R$ 2,7 milhões) é próxima a uma dívida que o Tricolor tem com seu elenco.

    Segundo o orçamento do clube, a partir de março está previsto o pagamento de R$ 14 milhões aos atletas. São valores que foram descontados dos salários dos jogadores no ano passado quando a pandemia de Covid-19 paralisou os campeonatos e derrubou as receitas dos times. Esse montante será parcelado.

    Além da premiação, um respiro para um clube asfixiado em dívidas, a classificação para a fase de grupos dará tempo para que o treinador Hernán Crespo, que ainda nem assumiu o comando da equipe, possa conhecer seus jogadores.

    A segunda fase da Libertadores está marcada para iniciar no dia 10 de março, com jogos de volta até 17 do mesmo mês. A terceira fase tem como datas os dias 7 e 14 de abril.

    A fase de grupos, porém, só começa no dia 21 de abril, quase dois meses após o início desta nova temporada no Brasil – o Paulistão tem a primeira rodada marcada para o próximo fim de semana, e o São Paulo estreia domingo (28), no Morumbi, contra o Botafogo-SP.

    LEIA MAIS

    Perfil e posições: veja qual tipo de reforço o São Paulo está à procura