Home Futebol Opinião: São Paulo é favorito ao título do Campeonato Brasileiro

Opinião: São Paulo é favorito ao título do Campeonato Brasileiro

Clube abriu sete pontos de diferença para vice-líder Atlético-MG

O São Paulo é o favorito ao título do Campeonato Brasileiro deste ano, que só será encerrado em fevereiro de 2021. Não existe nenhum outro clube no momento com credenciais melhores do que Fernando Diniz para chegar até a taça. Embora sabemos que favoritismos mudam de mãos ao passar das rodadas, também é fato que o Tricolor só avança.

O duelo contra o Botafogo, na última quarta-feira (9), no Morumbi, teve uma goleada por 4 a 0 e foi o último da série de três jogos atrasados que o São Paulo tinha que cumprir no Brasileirão. O time equiparou o número de partidas do Atlético-MG, vice-líder, e abriu sete pontos de vantagem na ponta da tabela. Marcou ainda a conquista simbólica no primeiro turno.

Os torcedores do Tricolor, no entanto, preferem cautela. E existem razões para isso. O time que hoje impressiona pela confiança, pela consistência na defesa e pelo poder ofensivo, já foi uma equipe vacilante, que tomava gols com facilidade, que foi desclassificado e teve seu treinador se segurando ao cargo por um fio mais de uma vez – isso tudo nesta temporada.

No Campeonato Brasileiro, porém, mesmo oscilando e com alguns resultados desagradáveis, sempre permaneceu no primeiro pelotão, até quando começou a ter partidas adiadas em razão das disputas da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. Foi o que possibilitou saltar à liderança quando o clube encaixou em novembro – já são 17 rodadas sem perder no Brasileirão.

Veja também: Real Madrid supera M’gladbach e garante classificação na Champions

A essa altura do campeonato, às vésperas da 25ª rodada, é possível argumentar que somente um terremoto no Morumbi tiraria o Tricolor a condição de candidato ao título. O rótulo de favorito é estimulado pelos tropeços recorrentes dos rivais mais próximos: o Atlético-MG e o Flamengo.

Numa competição tão peculiar como a deste ano, o São Paulo se ajuda até pelo modo exemplar com que tem lidado com a pandemia do novo Coronavírus. Até o momento, apenas Tchê Tchê perdeu dois confrontos por ter sido diagnosticado com o vírus – Bruno Alves e Reinaldo foram desfalques por cautela, seja por manifestar sintomas ou por manter contato com alguém que tenha testado positivo, mas não foram contaminados com a doença.

Enquanto isso, Atlético-MG, Flamengo, Palmeiras, por exemplo, com equipes mais estreladas, sofreram surtos do vírus que prejudicaram os clubes.

A partida contra o Botafogo, o confronto terminou no intervalo. Brenner abriu o placar de cabeça, bem posicionado, completando cruzamento de Gabriel Sara. O artilheiro da equipe na temporada ainda marcou o segundo pouco depois, de pé esquerdo. No fim da primeira etapa, Reinaldo ampliou de pênalti.

O clube carioca, de destino aparentemente selado para a segunda divisão no ano que vem, não apresentaram ameaças – principalmente após Marcelo Benevenuto ter sido expulso por falta em Luan.

Na segunda etapa, o São Paulo se poupou. Diniz substituiu Luan, Gabriel Sara, Igor Gomes, Juanfran e Tchê Tchê, todos pendurados, para não os perder para o clássico no próximo domingo (13), às 18h15 (de Brasília), contra o Corinthians, na Neo Química Arena, onde o Tricolor jamais venceu.

Mesmo em marcha lenta, o São Paulo aumentou a vantagem do placar com um golaço de Hernanes aos 44 minutos do segundo tempo. Prudência é bom, e será o lema do técnico do São Paulo, Fernando Diniz. Mas nenhum outro clube soma tantas qualidades de equipes campeãs no Campeonato Brasileiro como o São Paulo de agora.

- Advertisment -

Popular

Após 22 anos, Grêmio marca 8 gols em um único jogo

Tricolor repetiu resultado de 1999, pelo Gauchão A noite desta última quinta-feira (6), foi histórica. Não pela grandiosidade do oponente ou da competição, mas o...

NBA tem recorde de Raulzinho, lesão de Davis, Bush na torcida e show de Curry

Brasileiro tem sua melhor partida na NBA, pivô volta a preocupar os Lakers, e ex-presidente dos Estados Unidos vai à arquibancada Sete jogos movimentaram a...

Palmeiras vence e elimina Santos, que corre risco de rebaixamento

Com a derrota, o Santos joga sua vida na elite do futebol paulista contra o São Bento. Caso perca, o Peixe será rebaixado pela...

Fluminense empata com o Junior Barranquilla e segue líder do seu grupo

Após saga para chegar a Guayaquil, time comandado por Roger Machado consegue empate com gol do garoto Kayky Depois de uma verdadeira saga para chegar...