Pular para o conteúdo

Ronaldo vê pressão em Neymar e recomenda psicólogo

pressão em Neymar

Campeão do Mundo em 1994 e 2002, o ex-jogador Ronaldo declarou que vê pressão em Neymar e outros jogadores brasileiros deveriam ter ajuda psicológica para lidar com a derrota na Copa do Mundo.

Ronaldo, que também já sofreu com duas derrotas, em 1998 e 2006, disse em entrevista coletiva que os atletas sofrem uma pressão desproporcional na Copa.

A fala ganha eco no próprio Neymar, que afirmou estar psicologicamente destruído após a queda diante da Croácia nos pênaltis.

Ainda na entrevista, Ronaldo disse acreditar que Neymar vai voltar com a mesma paixão e a mesma vontade. Porém, isso só será possível se reforçar o monitoramento da saúde mental. 

Segundo o ex-jogador, o Mundo está olhando para a seleção e para Neymar.

Um detalhe curioso dessa fala é que a seleção brasileira abriu mão de levar um psicólogo na Copa do Mundo. 

Feitos de Neymar

Com 30 anos, Neymar terá em 2026 quase a idade de Messi nesta temporada, quando ganhou a Copa do Mundo.

O brasileiro, que sofreu uma lesão no tornozelo ainda na estreia, empatou com Pelé no posto de maior artilheiro do Brasil, com 77 gols. Portanto, precisa de apenas mais uma bola na rede para se isolar no posto.

No entanto, o jogador deixou em dúvida se pretende continuar vestindo a camisa da seleção brasileira. 

Ronaldo defende Neymar

Durante a coletiva, Ronaldo ainda falou diversas vezes sobre a pressão em Neymar. Em um dos momentos disse  ter ficado “chocado” com alguns comentários sobre a lesão do camisa 10, que comemoravam a ausência do jogador.

Segundo o fenômeno, Neymar deve transformar esse “ódio” que está recebendo em combustível para a sequência da carreira.

Afirmou ainda que o jogador não deve ser tão duro com ele mesmo e que ninguém poderá tirar nada do que ele já conquistou.

“Tudo o que ele fez, está feito. Neymar está consagrado. Logicamente todo mundo quer ganhar a Copa do Mundo, e todo mundo começa a perceber que não é fácil. Temos cinco estrelas [Copas do Mundo], somos os maiores vencedores.”, disse Ronaldo.

 

Procura por novo técnico

Além da pressão em Neymar, outro assunto que foi muito discutido na coletiva é sobre quem vai ser o novo próximo técnico da seleção brasileira.

Comandante de 2018 e 2022, Tite já havia anunciado antes mesmo da Copa que não ficaria no cargo e após a eliminação o fim foi oficializado.

Desde então, têm surgido diversas especulações sobre quem será o novo treinador. No mercado brasileiro Fernando Diniz e Dorival Júnior são os mais cotados. Já entre os estrangeiros Carlo Ancelotti e Abel Ferreira foram os mais comentados.

Esta situação levantou a polêmica se a seleção brasileira deve e precisa ter um técnico estrangeiro ou não.

O ex-jogador Rivaldo se pronunciou e disse ser contra a escolha, pois não vê os técnicos brasileiros inferiores.

Já Ronaldo discorda e afirma que Ancelotti, Abel Ferreira e Mourinho seriam nomes incríveis. Fenômeno inclusive afirmou que apoiaria um técnico estrangeiro.

No entanto, a CBF se manifestou afirmando que até o momento ainda não iniciou a procura e, portanto, não fez contato com nenhum dos nomes citados.

Marcações: