Home Futebol Com brilho de Rodrygo, Real Madrid derrota Inter na Champions

Com brilho de Rodrygo, Real Madrid derrota Inter na Champions

Vidal é expulso por reclamação logo no primeiro tempo e ajuda na vitória dos merengues

O Real Madrid voltou a vencer a Inter de Milão, por 2 a 0, fora de casa, descomplicando um grupo que parecia muito difícil na Liga dos Campeões da Europa. Se na rodada anterior foi uma vitória dramática, desta vez o time de Zidane ganhou com tranquilidade.

Logo aos seis minutos, os merengues já receberam um presente: Barella derrubou Nacho e Anthony Taylor não teve dúvidas, marcando o pênalti para a equipe espanhola. Hazard deslocou Handanovic e abriu o placar. Alguns minutos depois, quando a Inter ameaçava melhorar na partida, Vidal foi derrubado, na área, por Lucas Vázquez. Os jogadores da equipe italiana cercaram o árbitro, pedindo pênalti, mas o juiz, irredutível, não marcou nada.

Foi aí que Vidal enterrou as chances da Inter: irritado, o jogador partiu pra cima de Taylor, deu uma peitada no árbitro e acabou expulso por reclamação. À partir daí, o Real só controlou a partida, venceu com facilidade e ainda ampliou, no segundo tempo, com Rodrygo.

A segunda vitória do Real Madrid em quatro jogos faz o time merengue se reabilitar no grupo B da Liga dos Campeões. Os espanhóis agora estão na segunda colocação, com sete pontos, um atrás do Borussia Mönchengladbach, ficando mais perto de uma vaga nas oitavas de final – o confronto direto contra o Shakhtar na próxima rodada terá peso importante. A Inter de Milão fica na lanterna, com apenas dois pontos, e não depende mais de si para poder se classificar, tendo que secar o Real Madrid para ficar viva.

Em uma temporada irregular, o Real Madrid teve uma atuação acima de sua média nesta quarta, mesmo com desfalques importantes, como Benzema e Sergio Ramos. A equipe atuou bem no começo do jogo, criou as melhores chances e abriu o placar com Hazard, de pênalti. Depois, teve superioridade numérica e não levou sustos, assegurando o resultado com tranquilidade.

Depois de não começar bem o jogo, a Inter de Milão teve qualquer tentativa de virada atrapalhada por uma expulsão boba de Vidal. O chileno levou dois cartões amarelos em um intervalo de segundos ao reclamar de um suposto pênalti não-marcado. O árbitro Anthony Taylor não hesitou depois de levar uma “peitada” do meia da Inter, que, com um jogador a menos, não se encontrou na partida.

Na Champions, para estar no mata-mata, o Real depende de dois empates nas duas rodadas finais. Uma vitória também deve bastar. O que estava nebuloso, clareou.

A conta para a Inter de Milão está complicada. Para entrar no mata-mata, o time de Conte precisa vencer seus dois gols e torcer ou para que o Real Madrid vença o Borussia Moenchengladbach na última rodada ou que o Real perca seus dois jogos (para o Shakhtar, antes, e para os alemães, depois).

HOMENAGEM A MARADONA

Na Itália, terra onde Maradona fez história com a camisa do Napoli, não poderia faltar a homenagem ao astro, morto nesta quarta-feira, aos 60 anos. O telão do San Siro exibiu uma foto do camisa 10 enquanto um minuto de silêncio era respeitado.

- Advertisment -

Popular

76ers vencem os Raptors com autoridade

Veja os resultados da rodada Joel Embiid não para! O camaronês candidato a MVP liderou o Philadelphia 76ers na vitória por 109 a 102 contra...

O que vale ao São Paulo a vaga direta na Libertadores

Tricolor precisa vencer o Flamengo para não correr risco de entrar nas fases preliminares O jogo desta quinta-feira (25), contra o Flamengo, no Morumbi, vale...

Fred sonha com vaga direta do Fluminense na Libertadores

Camisa 9 lembra desconfiança sobre elenco no início da temporada: "Serviu para nos fortalecer" Oito anos depois, o Fluminense está de volta à Libertadores. E mais uma...

Joia do Bayern, Musiala decide defender seleção da Alemanha

Com dupla nacionalidade, meia-atacante de quase 18 anos se tornou o inglês mais jovem a marcar na Liga dos Campeões na vitória bávara sobre...