Home Futebol Anunciado pelo Santos, Robinho divide opiniões por conta de acusação, entenda o...

Anunciado pelo Santos, Robinho divide opiniões por conta de acusação, entenda o caso

Jogador condenado na Itália por violência sexual é alvo de críticas no Brasil. Patrocinadores afirmam não serem comunicados sobre a contratação

Após a repercussão negativa da contratação de Robinho pelo Santos anunciado no fim de semana, os advogados do jogador comunicaram a imprensa nesta terça-feira (13) que o atacante é um “homem livre”.

Em janeiro de 2013, Robinho foi processado por violentar sexualmente uma mulher de 22 anos em uma boate com outros cinco homens. A acusação é que além de cometerem ato sexual com a vítima, chegaram a intoxicar a jovem com bebidas alcoólicas.

O comunicado feito pelos advogados Alexander Guttieres e Franco Moretti, ressalta que a justiça Italiana condenou o atleta em primeira instância por estupro e tem o direito de recorrer em liberdade. “A sentença do Tribunal de Milão pronunciada em 2017 não é definitiva, foi contestada e será reavaliada pelo Tribunal de Recurso”, diz no documento.

A condenação aconteceu em 2017 e Robinho alega ser inocente mesmo após a afirmação da juíza da nona seção do Tribunal de Milão, que declarou que ele e o restante do grupo manifestaram “desprezo absoluto” pela jovem. Apesar da alegação o jogador recorreu da deliberação em segunda instância e poderá recorrer até a última caso seja reiterada.

Orlando Rollo, presidente do Santos deu depoimento em coletiva ao jornal “Folha de São Paulo” defendendo o jogador das críticas. O atleta foi alvo de ofensas nas redes sociais e até grandes nomes do Esporte criticou o time pela nova contratação, “Violência à moral da sociedade”, disse Casagrande. Afirmou também que “não faz sentido” a admissão de Robinho devido a investigação em andamento na Itália, apesar de reconhecer o seu trabalho como jogador.

Orlando Rollo e Robinho — Foto: Divulgação / Santos FC

O jurista Wálter Maierovitch declarou que o atleta não pode ser apontado como culposo. “Na realidade, existe um princípio civilizatório, adotado inclusive pela nossa Constituição, que é a presunção de inocência. Não podemos esquecer disso. O Robinho foi condenado em primeiro grau. Na Itália, é um colégio, um tribunal, não é só um juiz. Tem participação popular. Foi condenado, mas não é uma condenação definitiva. Ele apelou e foi reconhecido o direito de recorrer em liberdade. Isso está em sede de apelo. Portanto, acho que a gente não pode excluir e deixar de lado essa presunção de não culpabilidade”, disse Maierovitch.

Embora a vinda de Robinho tenha gerado críticas pelos próprios torcedores do time, o Boletim Informativo Diário (BID) regulamentou a entrada em campo do jogador. Para participar dos treinos com o restante dos jogadores irá realizar avaliações fisiológicas e clínicas.

Situação com os patrocinadores

O time do Santos não comunicou seus patrocinadores sobre a contratação do atacante Robinho. As maiorias das marcas se posicionaram contra qualquer ato de violência e frisam bem o seu papel como fornecedores de material esportivo para as equipes. Um dos patrocínios que defende o argumento é Umbro Brasil.

O CEO da Cesar Folle e Oceano BSB, não demonstrou reação negativa após a contratação do atacante. “Da nossa parte não temos nada contra. Acho que faz sentido o Santos dar ao Robinho a oportunidade de mostrar seu valor, logicamente a um salário irrisório!”, informou Folle. A Orthopride disse que não irá se pronunciar sobre o caso.

Fonte: Globo Esporte e ESPN

- Advertisment -

Popular

No Fluminense, Martinelli vai para 1ª Libertadores com Europa de olho

Titular absoluto com apenas 19 anos, volante recebe sondagens de clubes da Inglaterra antes do torneio de maior vitrine Em cinco meses, tudo pode mudar....

Anderson Silva reconhece favoritismo de Julio Cesar Chávez Jr. em confronto do dia 19 de junho

Spider exalta oponente, mas vê chance de conseguir nocaute Depois de deixar o Ultimate, Anderson Silva assinou contrato para enfrentar Julio Cesar Chávez Jr. em...

Miami bate Lakers e vence a quinta em seis jogos

Time da Califórnia não é páreo para Butler e Oladipo, que deixa a quadra com lesão no joelho Jogando em casa, o Miami Heat completou...

F1 2021: salário de Hamilton encolhe R$ 57 mi, mas ainda é o maior

Receita do atual campeão cai de R$ 225 milhões, em 2020, para R$ 168 milhões no novo contrato; Vettel também tem redução drástica com...