Home Fórmula 1 Ricciardo aprova adoção das corridas classificatórias e acha "melhor do que grid...

Ricciardo aprova adoção das corridas classificatórias e acha “melhor do que grid invertido”

A proposta da realização corridas classificatórias nos sábados para determinar os grids de largada nos domingos ainda está em estudo pela F1 e pode ser adotada de forma experimental nos GPs do Canadá, Itália e Brasil neste ano. Quem demonstrou apoio à proposta foi o australiano Daniel Ricciardo, que chegou a ser reticente, mas hoje vê com bons olhos a iniciativa.

– No começo eu estava um pouco apreensivo, mas me sinto melhor pensando nisso, certamente em vez de um grid invertido (pela classificação do campeonato, proposta rejeitada). Em última análise, se os melhores caras e as melhores equipes ainda estão saindo por cima e não é algo manipulado ou artificial, por assim dizer, então tenho menos medo disso – comentou o piloto da McLaren.

Pela proposta, a sexta-feira seria reservada a um treino livre e a uma sessão para decidir as posições de largada da corrida de 100 km a ser disputada no sábado. O resultado final desta prova curta definiria o grid da corrida normal de 300 km no domingo. Ricciardo explicou por que apoia a iniciativa:

– A competição é obviamente o que eu mais amo. Eu adoraria fazer mais corridas e menos treinos ou qualquer outra coisa. Então, ao fazer isso, (a F1) vai em direção ao que eu quero. Mas penso que o mais importante é que quero que uma vitória na F1 ainda pareça tão grande quanto deveria ser. Eu nunca quero que uma vitória na F1 pareça diluída ou apenas um pouco abaixo do que deveria. Contanto que eles tragam outra corrida no fim de semana, contanto que tenha o mesmo valor, então eu acho que certamente tenho a mente mais aberta em relação a isso.

A proposta foi levada às equipes na última reunião com a Fórmula 1, na última semana. Os times pediram mais detalhes sobre o formato, e o tema voltará à mesa de discussões em breve.

RBR espera que Pérez possa replicar força de dupla Max/Ricciardo para bater Mercedes

As expectativas da RBR para Sergio Pérez são grandes. Christian Horner, chefe da equipe, afirmou em entrevista exclusiva a “Autosport” que espera que o mexicano possa replicar a força da dupla formada por Max Verstappen e Daniel Ricciardo durante três temporadas para conseguir desafiar a Mercedes com os dois carros, o que não aconteceu no ano passado, quando Alexander Albon era o segundo piloto do time.

– Esperamos que ele possa bater de frente com o Max, mais ou menos da maneira que tivemos quando Daniel Ricciardo estava conosco e formou dupla com Verstappen por três anos. Então temos expectativa de um papel muito importante do Sergio para que o time possa desafiar a Mercedes constantemente com os dois carros – diz Horner.

Max e Daniel foram parceiros na equipe entre 2016 e 2018, travando boas batalhas e desafiando as duplas de Mercedes e Ferrari constantemente ao longo dessa trajetória. Mas o australiano, sentindo que o time dava mais apoio ao holandês, decidiu assinar com a Renault, equipe pela qual disputou as temporadas de 2019 e 2020 antes de decidir se juntar à McLaren.

O dirigente entende que o desafio para que se repita aconteça em 2021 é grande em função escassez de testes de pré-temporada, o que pode dificultar a adaptação de Pérez ao carro da RBR. Contudo, Christian afirma que a dificuldade será compensada pela experiência de Sergio, que está há 10 anos na categoria.

– Será difícil uma adaptação rápida com a pouca quantidade de testes. Mas ele tem o benefício de ser experiente – relativiza.

No campeonato do ano passado, Verstappen terminou no terceiro lugar com 214 pontos, atrás apenas da dupla da Mercedes e bem perto de superar Valtteri Bottas. Sergio Pérez ficou em quarto, com 125 pontos. Já Alexander Albon foi o sétimo colocado, com 105 pontos.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Ramírez tem semana de decisões pelo Inter sob pressão, mas é protegido pela diretoria

Colorado tem pela frente disputas em busca da classificação na Libertadores e pelo título do Gauchão Miguel Ángel Ramírez completa 70 dias desde o primeiro...

Na volta do público ao Old Trafford, Manchester United empata com o Fulham

Uruguaio Edinson Cavani marca um golaço em seu primeiro jogo diante da torcida Na volta dos torcedores ao Old Trafford após um ano e dois...

Corinthians apresenta projeto a Renato Gaúcho e deixa decisão com o técnico

Primeira reunião tem perguntas e troca de informações entre Timão e empresário Está aberta a negociação entre Corinthians e Renato Gaúcho. Na tarde desta terça-feira, a diretoria...

River Plate pede a inscrição de goleiros após ter 25 casos de Covid-19 no elenco

Clube emite comunicado confirmando que irá entrar em campo contra o Santa Fé mesmo tendo apenas 10 atletas disponíveis Em meio a um surto que...