Regulamento da Copa do Mundo feminina: como será o próximo evento

Regulamento da Copa do Mundo feminina: como será o próximo evento

Confira o regulamento e as principais regras da Copa do Mundo feminina

O futebol é o esporte mais praticado no mundo e uma das grandes conquistas do esporte são as mulheres praticarem futebol nos dias de hoje, já que para conseguir direito para jogar o esporte não foi uma luta fácil e você confere essa história clicando aqui.

Mas hoje o cenário é outro e apesar de ainda ter alguns aspectos para melhorar, como os patrocínios e salários, já temos a Copa do Mundo feminina.  O próximo campeonato acontece em julho de 2023 e para você já se preparar, confira como funciona o evento para a modalidade feminina.

Como funciona a Copa do Mundo feminina?

Da mesma forma que no masculino, a Copa do Mundo de Futebol feminino terá oito grupos de quatro integrantes cada na disputa da primeira fase. Em relação aos pontos, cada vitória vale 3 pontos, o empate 1 ponto e a derrota nenhum.

Ao todo são 16 seleções que jogam a copa e os dois primeiros colocados avançam até o mata-mata. Depois, as seleções disputarão as oitavas de final em jogo único, seguindo para as quartas, semifinais e por fim o jogo final que ocorrerá no dia 20 de agosto de 2023 em Sydney, no Estádio Olímpico.

Regulamento da Copa do Mundo feminina: vagas para cada continente

Ao todo são 29 vagas diretas e 3 por repescagem. Confira como essas vagas funcionam para cada continente:

Vagas diretas:

  • 6 vagas para a AFC (Ásia);
  • 4 vagas para CAF (África);
  • 4 vagas para Concacaf (Américas do Norte e Central);
  • 3 vagas para Conmebol (América do Sul);
  • 1 vaga para OFC (Oceania);
  • 11 vagas para a Uefa (Europa).

Vagas na repescagem:

  • 2 vagas para AFC;
  • 2 vagas para CAF;
  • 2 vagas para Concacaf;
  • 2 vagas para Conmebol;
  • 1 vaga para OFC;
  • 1 vaga para Uefa.

Quais as maiores campeãs da Copa do Mundo feminina?

A maior campeã da Copa do Mundo feminina é a seleção dos Estados Unidos que conquistou as vitórias nos anos de 1991, 1999, 2015 e 2019. Em segundo lugar está a Alemanha com dois troféus em 2003 e 2007.

Em seguida está a seleção do Japão com um título conquistado em 2011 e em quarto lugar a Noruega, também com um título de 1995.