Home Futebol Pressionado, Real Madrid supera M’gladbach e avança na Champions

Pressionado, Real Madrid supera M’gladbach e avança na Champions

Benzema marca os dois gols da vitória sobre time alemão em jogo na Espanha

Na tarde desta quarta-feira (9), o time do Real Madrid entrou em campo pressionado, mas conseguiu espantar qualquer chance de problema na Liga dos Campeões. O clube merengue derrotou o Borussia Monchengladbach por 2 a 0, no estádio Alfredo Di Stéfano, e garantiu a vaga no mata-mata da competição. Benzema marcou os dois gols da vitória.

A missão do Real era uma só: vencer o adversário para não ter que precisar de mais nenhum resultado para avançar na disputa. E o time encaminhou o triunfo cedo. Aos oito minutos do primeiro tempo, Benzema já havia posto os merengues em vantagem depois de completar de cabeça um cruzamento de Lucas Vázquez. Aos 31, de novo o francês apareceu para dar ainda mais tranquilidade ao time e ampliou.

Com o placar, o Real garantiu a liderança no Grupo B, com dez pontos. O Monchengladbach, com oito, ficou na segunda posição. Os jogos das oitavas de final serão definidos em sorteio realizado pela UEFA na próxima segunda-feira (14).

Benzema iguala recorde de Roberto Carlos

Logo no início da partida, o jogo já era especial para o francês Karim Benzema. Isso porque o jogador igualou o ex-lateral-esquerdo Roberto Carlos, como o estrangeiro com mais partidas pelo time espanhol – 527. Ele está no clube desde 2009.

Veja também: Morre Paolo Rossi, carrasco da seleção brasileira na Copa de 1982

Mas isso não basta. Benzema foi o responsável por jogar para bem longe qualquer ameaça por eliminação na última quarta-feira (9). O centroavante apareceu duas vezes bem colocado na área e de cabeça, abriu o placar do jogo.

Rodrygo e Vini Jr. ganham chance

O treinador Zinédine Zidane apostou em dois jovens brasileiro para a partida decisiva. Rodrygo e Vinícius Jr. iniciaram entre os titulares e tiveram função importante no ataque merengue. O ex-santista, inclusive, foi o responsável pela assistência para o segundo gol do francês.

Mas eles também foram importantes na parte tática. Com a dupla executando funções importantes de recomposição no setor defensivo, o Real teve atuação bastante sólida e não sofreu ameaças diante do Borussia. Os dois foram substituídos ao mesmo tempo, aos 28 minutos da segunda etapa.

Zidane vê pressão diminuir

Fora a classificação para as oitavas de final da Champions, o Real enxergou a pressão em cima do treinador Zidane minimizar com o triunfo de ontem. O técnico vinha sendo muito questionado pelas atuações anteriores. Na última semana, Zidane chegou a declarar que não iria pedir demissão mesmo com a forte cobrança.

Foi a segunda vitória consecutiva do Real. Antes, o time havia derrotado o Sevilla pelo Campeonato Espanhol.

M’gladbach torce depois da partida e se classifica

O Borussia M’gladbach precisava somente de um empate, mas conseguiu a classificação mesmo com a derrota na tarde de ontem. Isso porque o clube encerrou a fase de grupos com os mesmos oito pontos do Shakhtar, mas levou vantagem no desempate pelo jogo direto – goleadas por 4 a 0 e 6 a 0.

Ao final do confronto contra o Real, os atletas do Borussia acompanharam os momentos finais de Inter de Milão e Shakhtar por um tablet ainda no gramado. Com o apito final da Itália, os jogadores explodiram em festejo.

- Advertisment -

Popular

76ers vencem os Raptors com autoridade

Veja os resultados da rodada Joel Embiid não para! O camaronês candidato a MVP liderou o Philadelphia 76ers na vitória por 109 a 102 contra...

O que vale ao São Paulo a vaga direta na Libertadores

Tricolor precisa vencer o Flamengo para não correr risco de entrar nas fases preliminares O jogo desta quinta-feira (25), contra o Flamengo, no Morumbi, vale...

Fred sonha com vaga direta do Fluminense na Libertadores

Camisa 9 lembra desconfiança sobre elenco no início da temporada: "Serviu para nos fortalecer" Oito anos depois, o Fluminense está de volta à Libertadores. E mais uma...

Joia do Bayern, Musiala decide defender seleção da Alemanha

Com dupla nacionalidade, meia-atacante de quase 18 anos se tornou o inglês mais jovem a marcar na Liga dos Campeões na vitória bávara sobre...