Home Futebol Ramírez tem semana de decisões pelo Inter sob pressão, mas é protegido...

Ramírez tem semana de decisões pelo Inter sob pressão, mas é protegido pela diretoria

Colorado tem pela frente disputas em busca da classificação na Libertadores e pelo título do Gauchão

Miguel Ángel Ramírez completa 70 dias desde o primeiro treino que comandou no CT do Parque Gigante nesta terça-feira (18). Pouco mais de dois meses de trabalho, o treinador espanhol já enfrenta o primeiro alvoroço pelo Inter, mesmo com respaldo total da diretoria.

Ramírez se obriga a lidar com a pressão da torcida após a derrota por 2 a 1 no primeiro Gre-Nal da final do Gauchão – a segunda em dois clássicos disputados. E logo em uma semana decisiva, em que o time joga pela Libertadores e também na decisão do estadual.

O Inter enfrenta o Olimpia na próxima quinta-feira (20), às 21h (de Brasília), no Estádio Manuel Ferreira, em uma disputa com ares decisivos pela 5ª rodada do Grupo B da Libertadores. Depois, no domingo (23), às 16h (de Brasília), encara o Grêmio na segunda partida da final do Gauchão.

O tropeço no Gre-Nal causou uma onda crescente de cobranças nas redes sociais e até uma nota oficial de uma das torcidas organizadas com críticas aos atletas. Mas este movimento não repercute na diretoria.

O Globo Esporte apurou que os dirigentes permanecem convictos no trabalho de Ramírez e o respaldam para a sequência da temporada. Mais de uma das fontes consultadas garantem que não há qualquer possibilidade de alteração no cargo, independentemente dos resultados dos jogos desta semana.

ge ouviu que o treinador “está e vai seguir sendo bancado” pelo clube. O projeto de ruptura anunciado pelo presidente Alessandro Barcellos na apresentação de Ramírez é de longo prazo, com no mínimo um ano para o treinador implementar seu trabalho.

O respaldo e a convicção dão tranquilidade, mas não aliviam a obrigação do time por uma recuperação imediata. Pela primeira vez com o treinador, o Inter sofreu duas derrotas seguidas. Ambas de virada após queda de rendimento na segunda etapa, contra Deportivo Táchira e Grêmio.

O tropeço para o maior adversário obriga o time a vencer por dois gols de diferença para ser campeão gaúcho ou por um gol para levar a decisão aos pênaltis. O jogo será no domingo, na Arena.

A derrota na Venezuela na terça-feira passada (11), por sua vez, complicou o que caminhava para ser uma classificação tranquila na Libertadores. Se mantivesse o triunfo sobre o Táchira, o Inter seria líder isolado do Grupo B com nove pontos. Dependeria de um empate contra o Olimpia para garantir a vaga antecipada às oitavas de final.

A derrota na Venezuela e a vitória do time paraguaio sobre o Always Ready na altitude embolaram a chave. Todos os integrantes do grupo estão com seis pontos.

Se vencer, o Colorado encaminha a vaga ao passo que um empate leva a decisão, sem depender de outros resultados para a última rodada, contra o Always Ready, no Beira-Rio. Uma derrota pode fazer o time se obrigar a “secar” os demais adversários.

Por todo este contexto, as cobranças começaram ainda no vestiário do Beira-Rio. Em um clima de indignação pela virada, os atletas apontaram falhas e caminhos para a retomada. As análises e diagnósticos seguiram nesta segunda-feira.

“Nesses momentos de resultados adversos, tem que se trabalhar mais, dar confiança, tem que enxergar e corrigir os erros. Com mais trabalho, se tem mais diagnóstico. Se a rota não está na linha que entendemos, temos que agir de forma rápida, segura, dentro do CT, do vestiário. Temos confiança e convicção no trabalho que todos estamos fazendo. Se nos colocamos nessa situação, vai ser com esse grupo, diretoria, comissão que vai nos tirar disso”, afirmou o executivo Paulo Bracks. A entrevista foi divulgada na íntegra no site do Globo Esporte.

O Inter volta a treinar nesta terça-feira e faz uma última atividade em Porto Alegre na quarta (19), antes de embarcar rumo ao Paraguai. O Colorado enfrenta o Olimpia na quinta (20), às 21h (de Brasília), no Estádio Manuel Ferreira, pela 5ª rodada do Grupo B da Libertadores.

LEIA MAIS

Na volta do público ao Old Trafford, Manchester United empata com o Fulham

- Advertisment -

Popular

Saiba quem é o 4 de Julho, rival do São Paulo na Copa do Brasil

Clube piauiense recebe o Tricolor do Morumbi nesta terça, às 21h30. Com folha de R$ 140 mil/mês, time soma quase R$ 3 milhões de...

Carlo Ancelotti é o escolhido para ser o novo técnico do Real Madrid

Com contrato com o Everton, da Inglaterra, até 2024, técnico italiano assume a liderança da fila de mais cotados para substituir Zidane Jornais da Espanha,...

Ministro diz que Copa América no Brasil ainda não está confirmada

Decisão deve ser anunciada nesta terça-feira O Ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, afirmou na tarde de ontem (31) em declaração no Palácio do...

Chapecoense acerta com Jair Ventura para sequência da temporada

Treinador é aguardado na terça-feira em Chapecó para assinar contrato e ser apresentado A Chapecoense está perto de anunciar a contratação de Jair Ventura como treinador para...