Home Basquete Pistons supera Nets com grande atuação de Jerami Grant

Pistons supera Nets com grande atuação de Jerami Grant

Ala de Detroit tem quase 58% de eficiência nos arremessos de quadra contra o Brooklyn, que novamente não contou com o astro Kevin Durant

Com uma atuação primorosa, o ala Jerami Grant conduziu o Detroit Pistons à vitória sobre o Brooklyn Nets na noite desta terça-feira (9) de NBA. Grant anotou 32 pontos, apanhou quatro rebotes e deu quatro assistências para ajudar a consumar o triunfo da equipe de Michigan por 122 a 111.

Além dele, que teve 57,9% nos arremessos de quadra, Delon Wright contribuiu com 22 pontos. Saddiq Bey, vindo do banco de reservas, colaborou com 15 – foi incrível na bola de três pontos, com três convertidas em três tentados.

Os Nets não tiveram novamente o craque Kevin Durant, que está impedido de jogar por ter tido contato com uma pessoa que contraiu o novo Coronavírus. Sem ele, os destaques foram Kyrie Irving, com 27 pontos, e James Harden, com 24.

Detroit é o lanterna do Leste, enquanto os Nets estão em 3º lugar na mesma conferência.

O jogo

Detroit iniciou melhor e abriu 13 a 13 no primeiro quarto, com condução de Jerami Grant (que rapidamente somou seis pontos e dois rebotes). Do outro lado da quadra, os Nets, sem Kevin Durant, sofreram com o péssimo aproveitamento: a equipe teve apenas um tiro de quadra convertido em seis tentados, ou seja, 16,7% de eficiência.

A equipe nova-iorquina passou a apresentar um ritmo melhor na segunda metade do quarto, puxado pelo crescimento de produtividade de James Harden e Kyrie Irving, seus grandes astros em quadra, e cortou a desvantagem para sete pontos (22 a 15 para os Pistons) a 5min30s do término do período. A reação foi apenas um espasmo. Brooklyn voltou a ser dominado e deixou os anfitriões encerrarem o quarto com 12 pontos de dianteira (38 a 26).

A pontuação foi a maior dos Pistons em um primeiro quarto nesta temporada. Grant sobrou, com 15 pontos, quatro rebotes e uma assistência.

Em três minutos, Detroit anotou 11 pontos e disparou no segundo quarto (49 a 31). Mas os 26 pontos somados (13 cada um) de Irving e Harden fizeram com que os Nets diminuíssem o prejuízo pouco antes do intervalo. As equipes foram para o vestiário com uma liderança de nove pontos de Detroit (63 a 54), o que ficou barato para Brooklyn.

Os Pistons, que chegaram a ter 20 pontos de frente em dado momento do segundo quarto, viu a margem se esvair ao longo do terceiro período, devido a uma combinação: a defesa mais forte dos Nets e uma queda no aproveitamento nos arremessos de quadra. Mais equilibrada, a parcial chegou a registrar apenas dois pontos na frente (79 a 77) para Detroit a cinco minutos do fim do quarto.

Nos minutos finais do período, porém, Jerami Grant cresceu e voltou a ditar o ritmo a favor dos Pistons. O ala chegou a 29 pontos e deixou Detroit oito à frente do rival: 94 a 86.

Brooklyn até começou o quarto período bem e conseguiu ficar apenas cinco pontos dos mandantes. Mas logo os Pistons desgarraram, graças à grande atuação de sua segunda unidade. Com uma bola de três de Saddiq Bey, a vantagem foi para 12 pontos (101 a 89) faltando pouco mais de oito minutos para o fim do jogo.

Detroit, porém, recuperou as rédeas do duelo e voltou a ostentar uma boa margem. Primeiro, de nove pontos, em seguida de 14, e assim o placar permaneceu até o fim.

Heat vence apertado

Atual vice-campeão da liga, o Miami Heat contou com 26 pontos de Jimmy Butler para derrotar o New York Knicks, na Flórida, por 98 a 96. A equipe nova-iorquina teve a estreia de Derrick Rose, vindo em uma negociação com Detroit Pistons. Rose marcou 14 pontos em 20 minutos.

Pelicans amassam os Rockets

Comandado por Zion Williamson (20 pontos, cinco rebotes e sete assistências), o New Orleans Pelicans trucidou o Houston Rockets por 130 a 101, sem dó. Foi a quarta vitória consecutiva dos Pelicans. A equipe texana sofreu o terceiro revés seguido.

LEIA MAIS

Nets vencem Clippers em duelo emocionante

- Advertisment -

Popular

Após 22 anos, Grêmio marca 8 gols em um único jogo

Tricolor repetiu resultado de 1999, pelo Gauchão A noite desta última quinta-feira (6), foi histórica. Não pela grandiosidade do oponente ou da competição, mas o...

NBA tem recorde de Raulzinho, lesão de Davis, Bush na torcida e show de Curry

Brasileiro tem sua melhor partida na NBA, pivô volta a preocupar os Lakers, e ex-presidente dos Estados Unidos vai à arquibancada Sete jogos movimentaram a...

Palmeiras vence e elimina Santos, que corre risco de rebaixamento

Com a derrota, o Santos joga sua vida na elite do futebol paulista contra o São Bento. Caso perca, o Peixe será rebaixado pela...

Fluminense empata com o Junior Barranquilla e segue líder do seu grupo

Após saga para chegar a Guayaquil, time comandado por Roger Machado consegue empate com gol do garoto Kayky Depois de uma verdadeira saga para chegar...