Pular para o conteúdo

Entenda: o esporte como ferramenta de inclusão social no Brasil

    o esporte como ferramenta de inclusão social no brasil

    Esporte ajuda a transformar vidas de jovens no mundo todo, inclusive no Brasil

    A prática de esportes não ocorre somente nos dias de hoje, mas há muito tempo. São muitas histórias e acontecimentos que marcaram o mundo e a vida das pessoas. Mas além disso, o esporte transforma vidas, proporcionando grandes oportunidades.

    Por isso, o esporte é visto como ferramenta de inclusão social no Brasil, tendo muitas organizações e instituições que investem na prática de esportes para mudar a realidade de crianças e jovens, especialmente de baixa renda.

    Como o esporte pode mudar a realidade social do Brasil?

    O esporte tem grande poder social, pois abrange diversas áreas importantes da humanidade, como por exemplo, a socialização e a transmissão de valores. Além disso, os esportes ajudam no desenvolvimento físico e da saúde dos praticantes, evitando a geração de doenças.

    Também vale destacar que a inclusão do esporte na vida de jovens contribui com a formação deles como cidadão, trabalhando o estresse, individualismo, agressividade e dependências químicas.

    Por fim, nos dias de hoje, o esporte está apresentando um papel fundamental no combate a doenças modernas, como a depressão, ansiedade e a síndrome do pânico em crianças e jovens.

    O esporte como ferramenta de inclusão social no Brasil para pessoas com deficiência

    De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que 8,4% da população brasileira acima de 2 anos possuem algum tipo de deficiência. Esses dados mostram que o país possui mais de 17 milhões de pessoas deficientes.

    São muitos desafios que esses brasileiros precisam enfrentar no dia a dia, e o esporte pode ajudar a superar os obstáculos e alcançar resultados incríveis. Além disso, o esporte para pessoas com deficiência possui outros benefícios.

    Por exemplo, ajuda no desenvolvimento da autoestima e autoconfiança, melhora significamente a qualidade de vida, ajuda no combate a depressão e ansiedade, além de contribuir com a socialização e criação de laços de amizade.

    Como o esporte ajuda os idosos?

    A terceira idade também pode ser beneficiada com a inclusão do esporte. Quando chegamos na terceira idade, o nosso corpo envelhece biologicamente o que acaba provocando muitas dificuldades funcionais.

    Com o esporte os idosos realizam atividades físicas que contribuem para manter a saúde e o desempenho funcional durante o envelhecimento. Os principais benefícios do esporte na terceira idade são:

    • Manutenção da capacidade funcional: ajudando a manter a autonomia para realizar tarefas cotidianas sem o auxílio de outras pessoas por um tempo maior;
    • Saúde psicológica: ajuda no combate ao aborrecimento, melhora a autoestima e estabelece novos vínculos e hábitos saudáveis;/li>
    • Qualidade de vida: contribui para evitar dores, mal-estar, doenças e intervindo em problemas que geram dependência e desconfortos.

    Entre os esportes indicados aos idosos, podemos destacar a dança, natação, corrida e musculação. Por fim, é importante ressaltar que independente da idade, mas em especial aos idosos, todo esporte e prática de atividade física deve ser feita sob orientação de um profissional especializado.

    Confira também sobre os esportes radicais praticados no ar!