Pular para o conteúdo

Temporada 20/21 da NBA marca retorno de craques lesionados

    Reprodução clutchpoints.com

    Dois meses após o título conquistado pelo Los Angeles Lakers, na Bolha da Flórida, a NBA volta nesta sexta-feira, com os jogos da pré-temporada, com “velhas novidades” no seleto casting das grandes estrelas da Liga. Enquanto LeBron James e Anthony Davis enfileiravam vitórias na última temporada, craques lesionados trabalhavam silenciosamente na recuperação de seus corpos. Kevin Durant, Stephen Curry e John Wall são exemplos de talentos que precisaram ter paciência, dedicação e equilíbrio mental para suportar um longe processo de trabalho, incertezas e muitas dores.

    Na galáctica NBA, o ditado sempre valeu: antiguidade é posto. Quem ao longo dos anos conquistou certo estrelato é respeitado por adversários, franquias, público e imprensa, mas em uma liga que forma tantos novos talentos a cada ano, uma pergunta silenciosa paira no ar: Será que esses jogadores conseguirão retomar o desempenho em alto nível apresentado antes das lesões?

    Kevin Durant não tem mais o que provar. Com 32 anos, já considerado um dos maiores jogadores da história do basquete, o craque contratado pelo Brooklyn Nets em 2019 tem uma galeria repleta de prêmios em casa. Eleito o MVP da temporada 2014 e grande destaque nas conquistas dos dois anéis pelo Golden State Warriors, Durant sofreu séria lesão nos playoffs de 2019, quando tentava o tricampeonato com a equipe de Oakland. Ainda assim, o rompimento no tendão de aquiles não impediu que várias franquias disputassem o craque, que escolheu o desafio de liderar o Nets a partir da temporada 2020/2021.

    – Não dá pra descrever muito bem como é a recuperação de uma contusão no tendão de aquiles. Não é nada perto de uma contratura ou distensão muscular. Tive que reaprender a andar. Passei por cirurgias e contusões antes mas nada parecido com isso. Os primeiros três meses foram intensos e difíceis. Aprender como andar, depois reaprender como correr, tentar pular novamente. Foram grandes desafios – lembra KD.

    Com 32 anos, mesma idade de Durant, Stephen Curry é conhecido como o maior arremessador da história da NBA. “Um atleta que mudou o jogo”, gostam de repetir os comentaristas americanos. O armador que nunca chamou a atenção pelos músculos ou pela explosão atlética, conseguiu atingir um impacto profundo na maneira como as equipes se preparam taticamente. A partir de Curry, o chute de três passou a ser fundamental no sucesso de qualquer time.

    – A gente precisa ver como vão ser as coisas quando as partidas começarem. Vejo o time (Golden State Warriors) em uma boa situação, com sólidos movimentos na janela de trocas. Me sinto muito privilegiado de ainda me destacar na liga com tantos jovens talentos aparecendo a cada ano. Meu pai (Dell Curry) jogou 16 anos na NBA, quero pelo menos igualar essa marca. (Risos) Me sinto bem com meu corpo, ansioso pra começar a temporada e sentir novamente aquela adrenalina – disse Stephen Curry.

    Confira o calendário da pré-temporada:

    Sexta-feira, 11/12
    Orlando x Atlanta
    New York x Detroit
    Houston x Chicago
    LA Clippers x L.A. Lakers
    Sacramento x Portland

    Sábado, 12/12
    Toronto x Charlotte
    Indiana x Cleveland
    Oklahoma City x San Antonio
    Dallas x Milwaukee
    Memphis x Minnesota
    Denver x Golden State
    Phoenix x Utah

    Domingo, 13/12
    Orlando x Atlanta
    Washington x Brooklyn
    New York x Detroit
    Houston x Chicago
    Sacramento x Portland
    LA Clippers x L.A. Lakers

    Segunda-feira, 14/12
    Indiana x Cleveland
    Toronto x Charlotte
    New Orleans x Miami
    Dallas x Milwaukee
    Memphis x Minnesota
    Phoenix x Utah

    Terça-feira, 15/12
    Boston x Philadelphia
    San Antonio x Houston
    Golden State x Sacramento

    Quarta-feira, 16/12
    Cleveland x New York
    Chicago x Oklahoma City
    Portland x Denver
    L.A. Lakers x Phoenix

    Quinta-feira, 17/12
    Charlotte x Orlando
    Detroit x Washington
    San Antonio x Houston
    Atlanta x Memphis
    Minnesota x Dallas
    Utah x LA Clippers
    Golden State x Sacramento

    Sexta-feira, 18/12
    Philadelphia x Indiana
    Miami x Toronto
    Brooklyn x Boston
    Cleveland x New York
    Milwaukee x New Orleans
    Chicago x Oklahoma City
    Portland x Denver
    L.A. Lakers x Phoenix

    Sábado, 19/12
    Charlotte x Orlando
    Detroit x Washington
    Atlanta x Memphis