Home Futebol Navas sugeriu perder partidas para causar saída do treinador da Costa Rica,...

Navas sugeriu perder partidas para causar saída do treinador da Costa Rica, alega ex-dirigente

Eduardo Li, comenta sobre relação ruim de Jorge Luis Pinto e seleção na Copa de 2014

O ex-presidente da Federação Costarriquenha de Futebol, Eduardo Li, afirmou nesta segunda-feira (15) que o goleiro Keylor Navas, do PSG, sugeriu que a seleção perdesse três partidas para causar a saída do treinador Jorge Luis Pinto em 2014. A declaração foi em depoimento de processo movido pelo próprio atleta do PSG e outros dois jogadores, os meias Celso Borges, do La Coruña, e o ex-Santos Bryan Ruiz, atualmente no Alajuelense, da Costa Rica.

Os três jogadores entraram com uma reclamação e ação civil com pedido de indenização em março de 2019 contra o ex-diretor de seleções da federação local, Adrián Gutiérrez. A ação na Justiça se deu após o ex-dirigente ter declarado em entrevista realizada em 2018, que o trio de atletas estava disposto a perder partidas para derrubar Jorge Luis Pinto após a Copa no Brasil.

Eduardo Li deu depoimento nesta segunda como testemunha de defesa de Gutiérrez e confirmou a versão do ex-diretor ao relembrar uma reunião com os companheiros de equipe. “Quando eles veem que eu não estou em condições de concordar porque eles não querem o técnico, então chega a esse ponto”, relata Li. A entrevista foi divulgada na íntegra no site do Globo Esporte.

Eduardo Li esclareceu que a cláusula era real e surgiu com o antecessor de Jorge Pinto, Ricardo La Volpe. Caso o técnico perdesse três partidas seguidas, o contrato poderia ser rescindido unilateralmente.

O elenco da Costa Rica tinha vários problemas de relação com Pinto, especialmente com perfil duro do treinador na disciplina extracampo. Os atletas sabiam de tal item no contrato. No entanto, Li reiterou que apenas Navas sugeriu perder intencionalmente as três partidas.

No mesmo processo, Celso Borges também deu depoimento nesta segunda-feira e negou as acusações de que teriam sugerido perder partidas intencionalmente. “São fatos gravíssimos, são coisas que nunca pensaríamos em dizer, que ameaçariam a nossa integridade como jogadores e pessoas e contra todos os valores que nos ensinaram como família”, declarou Borges.

Bryan Ruiz e Andrea Salas, esposa de Keylor Navas, deram suas versões na última sexta-feira (12) e também negaram. Salas falou em nome do marido e declarou que o ex-goleiro do Real Madrid precisou fazer tratamento contra depressão depois da entrevista de Adrián Gutiérrez, em 2018.

“Keylor ficou bastante deprimido… Ele se sentiu bastante frustrado e desamparado. Estava com um estado de espírito completamente diferente, não conseguia dormir. Ele tinha que tomar comprimidos e quase não falava conosco. Sua dignidade foi questionada”, declarou Salas.

Nos depoimentos, Celso Borges e Bryan Ruiz confirmaram que havia um desgaste grande com Jorge Luis Pinto. Eduardo Li confessou que a intenção da federação era renovar o contrato com o treinador após a Copa do Mundo de 2014, quando a Costa Rica foi eliminada nas quartas de final e fez sua melhor campanha no torneio.

Os atletas eram contra e por isso queriam forçar a saída do técnico. Na época, Pinto optou por pedir demissão e deixou o comando do time costarriquenho pouco depois do Mundial.

Ex-presidente da federação, Eduardo Li chegou a ser preso no caso Fifagate em 2015 e extraditado aos Estados Unidos. Em novembro de 2018, ganhou “liberdade supervisionada” e retornou a Costa Rica. Foi banido pela Fifa em 2017.

LEIA MAIS

Barcelona empata com PSG e é eliminado da Champions

- Advertisment -

Popular

Conheça a origem do futsal

O futsal, também conhecido como futebol de salão, é uma modalidade de esporte que se adaptou do futebol de campo para as quadras. O...

O que é atletismo e suas modalidades?

O que é atletismo? Em tempos de Olimpíadas, o atletismo entra em pauta de jornais, programas de TV e no entretenimento da população. Mas, afinal,...

Saiba quem é o 4 de Julho, rival do São Paulo na Copa do Brasil

Clube piauiense recebe o Tricolor do Morumbi nesta terça, às 21h30. Com folha de R$ 140 mil/mês, time soma quase R$ 3 milhões de...

Carlo Ancelotti é o escolhido para ser o novo técnico do Real Madrid

Com contrato com o Everton, da Inglaterra, até 2024, técnico italiano assume a liderança da fila de mais cotados para substituir Zidane Jornais da Espanha,...