Pular para o conteúdo

Nadal bate Thompson, chega em 1.001 vitórias e encara compatriota no Masters de Paris

Crédito: Reprodução/Twitter

O início do jogo desta quinta entre Nadal e Thompson teve confirmações de serviço de ambos os lados, com Nadal sempre com mais facilidade no saque. No quarto game o espanhol chegou ao primeiro break point, confirmado em erro não forçado de Thompson. Com moral, Nadal se tornou ainda mais agressivo e ampliou a vantagem com uma série de forehands na diagonal. Num voleio curto, conseguiu nova quebra. Thompson até salvou três sets points, mas com uma devolução para fora não evitou o 6/1 do espanhol no primeiro set.

No segundo set o australiano passou a incomodar Nadal, principalmente no seu serviço, muito melhor que no início da partida. O jogo então foi bem mais equilibrado mas Thompson não conseguia incomodar o espanhol ao ponto de chegar perto de quebrar o saque do rival. No 5 a 5, porém, Nadal foi para cima. Arriscou receber o serviço do australiano quase dentro da quadra e quase deu certo com as ótimas devoluções. No 6/5 foi a vez de Thompson tentar ser mais agressivo nas respostas, e conseguiu pela primeira vez ter o set point. Mas Nadal jogou um ponto excepcional para salvar o break point. Depois, Thompson errou uma devolução, ficou nervoso e viu Nadal empatar em 6 a 6. Dominando os pontos mais longos, com muitas trocas e fazendo o australiano correr em quadra, Nadal fechou o tie-break em 7/3, o set em 7/6 e o jogo em 2 a 0.

Campanha no Masters 1000 de Paris

Rafael Nadal:

Terceira Rodada – Rafael Nadal 2×1 Feliciano López (4×6 – 7×6 – 6×4)
Oitavas de Final – Rafael Nadal 2×0 Jordan Thompson (6×1 – 7×6)

Pablo Carreño Busta:

Segunda Rodada – Pablo Carreño Busta 2×0 Hugo Gaston (6×3 – 6×2)
Terceira Rodada – Pablo Carreño Busta 2×0 Jan-Lennard Struff (7×6 – 6×2)
Oitavas de Final – Pablo Carreño Busta 2×0 Norbert Gombos (7×5 – 6×2)

LEIA MAIS