Home Basquete Mavericks chegam a virar a partida, mas caem novamente para os Kings

Mavericks chegam a virar a partida, mas caem novamente para os Kings

Irreconhecíveis no início, Mavs toma 20 a 3 nos primeiros minutos de jogo e perdem pela segunda vez seguida

Em um jogo lotado de alternativas, o Sacramento Kings superou em casa o Dallas Mavericks por 113 a 106, no duelo que concluiu a rodada desta segunda-feira (26) na NBA. Depois de levar a melhor no Texas no dia 18 (121 a 107), o time californiano faturou a segunda seguida diante do rival, que na noite passada entrou em quadra parecendo anestesiado e viu os locais sapecarem 20 a 3 nos primeiros minutos de confronto.

O segredo da vitória dos Kings foi o jogo coletivo, bem representado pelo desempenho de quase todo o quinteto titular. Richaun Holmes foi o cestinha com 24 pontos, seguido por Harrison Barnes (19), Buddy Hield (16) e Tyrese Haliburton, este que anotou ainda 10 rebotes e colocou no bolso o seu duplo-duplo.

Assim como todo o time texano, Luka Doncic iniciou muito mal e teve de correr atrás. Sem o brilho habitual, encerrou como o principal anotador do Dallas com 24 pontos, registrando ainda 8 assistências e 7 rebotes. Ambos com 19 pontos, Tim Hardaway Jr e Trey Burke completaram o trio de mais eficientes na pontuação dos Mavs, que mais uma vez não contaram com Kristaps Porzingis.

O jogo

O começo da partida foi um verdadeiro passeio dos donos da casa, que fizeram inacreditáveis 20 a 3. Com tamanho prejuízo, cabia aos Mavs ter paciência (e bola) para gradativamente ir diminuindo a diferença. Depois de venceram o quarto de abertura por 31 a 17, os Kings viram o adversário reagir e baixar consideravelmente a distância, que ficou em apenas 7 pontos ao fim do segundo quarto (59 a 52). Barnes (13) e Holmes (12) conduziam a equipe californiana, enquanto Burke (15) era o cestinha dos visitantes. Doncic se recuperou do irreconhecível começo e fechou a primeira metade com 11 pontos, 5 rebotes e 4 assistências.

Com a fera eslovena colocando duas bolas de 3 seguidas e crescendo na partida, os Mavericks seguiram se impondo no terceiro período e viraram o marcador (65 a 63) com uma cesta de Hardaway. Atentos, os Kings responderam e fecharam o quarto com o triunfo parcial de 87 a 85.

Com o embate absolutamente aberto, os 12 minutos finais foram emocionantes, com a vitória podendo sorrir para qualquer um dos lados. Com uma jogada de 3 pontos (cesta e falta sofrida) muito bem executada por Jalen Brunson, o Dallas tornou a ficar à frente logo nos primeiros movimentos do último quarto, mas um chute do perímetro muito bem disparado por Chimezie Metu recolocou os locais na ponta, mantendo o panorama de imprevisibilidade. Eficazes, os Kings se aproveitavam também das falhas adversárias e conseguiram abrir uma vantagem de 8 pontos faltando pouco mais de 2 minutos e enfim, selaram a vitória na Califórnia.

Campanhas
Mavs: 33v e 27d (6º do Oeste)
Kings: 25v e 36d (12º do Oeste)

Nuggets passam bem pelo Grizzlies

Jogando em seus domínios, o Denver Nuggets deslanchou após o intervalo e passou com sobras pelo Memphis Grizzlies: 120 a 96. Fazendo uma ótima temporada, Michael Porter Jr terminou como o cestinha da noite com 31 pontos. Nikola Jokic deu o seu recado e levou para casa mais um duplo-duplo (24 pontos e 15 rebotes). Os Grizzlies, por sua vez, tiveram novamente em Ja Morant o seu elemento mais eficiente (27 pontos).

Campanhas
Grizzlies: 31v e 29d (8º do Oeste)
Nuggets: 40v e 21d (4º do Oeste)

LEIA MAIS

Atlanta vira para cima dos Bucks com chuva de bola de três

- Advertisment -

Popular

Conheça a origem do futsal

O futsal, também conhecido como futebol de salão, é uma modalidade de esporte que se adaptou do futebol de campo para as quadras. O...

O que é atletismo e suas modalidades?

O que é atletismo? Em tempos de Olimpíadas, o atletismo entra em pauta de jornais, programas de TV e no entretenimento da população. Mas, afinal,...

Saiba quem é o 4 de Julho, rival do São Paulo na Copa do Brasil

Clube piauiense recebe o Tricolor do Morumbi nesta terça, às 21h30. Com folha de R$ 140 mil/mês, time soma quase R$ 3 milhões de...

Carlo Ancelotti é o escolhido para ser o novo técnico do Real Madrid

Com contrato com o Everton, da Inglaterra, até 2024, técnico italiano assume a liderança da fila de mais cotados para substituir Zidane Jornais da Espanha,...