Home Mais Esportes Maria Suelen conquista o bronze no Grand Slam de Israel de judô

Maria Suelen conquista o bronze no Grand Slam de Israel de judô

A brasileira Maria Suelen conquistou, neste sábado, a medalha de bronze no Grand Slam de judô de Tel Aviv, em Israel. Competindo na categoria pesado, acima de 78kg, ela derrotou na disputa do pódio a porto-riquenha Melissa Mojica com um belo golpe que resultou em um waza-ari seguida de uma imobilização logo no primeiro minuto de luta. Foi a única conquista brasileira na competição.

No primeiro dia, o Brasil competiu com seis lutadores, conseguiu apenas duas vitórias e ficou longe do pódio. No dia seguinte, a seleção teve o desfalque de Ketleyn Quadros, que está com Covid-19, e também não chegou perto da conquista do pódio.

O judô brasileiro vive um momento difícil, já que Rafaela Silva, atual campeã olímpica, não poderá disputar as Olimpíadas de Tóquio, por conta de um caso de doping. Já a outra estrela da modalidade, Mayra Aguiar, está se recuperando de uma cirurgia no joelho e só poderá voltar a competir em março ou em abril.

Na campanha do bronze, Suelen estreou com vitória sobre a sérvia Milica Zabic por Ippon com dois minutos de combate. Na sequência, venceu por Waza-ari a israelense Raz Hershko. Na semifinal, foi derrotada pela portuguesa Rochele Nunes, por Ippon.

Maria Suelen é uma das principais esperanças de pódio do Brasil em Tóquio. Vice-campeã mundial em 2013 e 2014, quinta colocada nas Olimpíadas de Londres 2012 e também nos Campeonatos Mundiais de 2018 e 2019, é, atualmente, terceira colocada no ranking mundial.

O pódio garantiu a Maria Suelen mais 500 pontos no ranking de classificação olímpica para Tóquio 2020. Ela é a melhor brasileira ranqueada no pesado feminino e disputa a vaga olímpica com Beatriz Souza, que ocupa a sétima posição na listagem e não lutou em Tel Aviv.

Esta foi a terceira medalha em quatro competições disputadas por Maria Suelen desde a retomada do Circuito Mundial. Em outubro de 2020, ela foi bronze no Grand Slam da Hungria e conquistou o título pan-americano, em novembro.

Neste sábado, o Brasil ainda teve Rafael Macedo (90kg) e Leonardo Gonçalves (100kg) no tatame israelense, mas nenhum dos dois avançou às finais. Leo venceu Simeon Catarina, da Holanda, na primeira luta, mas caiu nas oitavas para Thomas Briceño, do Chile. Macedo, por outro lado, ficou na primeira luta diante do polonês Piotr Kuczera.

A próxima competição da seleção brasileira de judô será o Grand Slam de Tashkent, em março, no Uzbequistão.

Brasileiros ficam longe do pódio no primeiro dia do Grand Slam

Na categoria até 66kg, Willian Lima venceu o búlgaro Bozhidar Temelkov por ippon na estreia, mas caiu na segunda rodada. Apesar de ter feito uma luta equilibrada contra o israelense Baruch Shmailov, tomou um waza-ari no final diante do cabeça de chave número 1 do torneio e quinto do ranking mundial.

Na categoria até 60kg, Allan Kuwabara estreou com ippon sobre Otar Bestaev, do Quirguistão. Só que também pegou o cabeça de chave número 1 da chave na segunda rodada e perdeu por punições para o cazaque Gusman Kyrgyzbayev. Na mesma categoria, Phelipe Pelim perdeu por ippon na estreia diante de Temur Nozadze, da Geórgia.

Entre as mulheres, três derrotas. Ketelyn Nascimento perdeu no golden score por punições diante da tcheca Vera Zemenova na categoria até 57kg. Na mesma categoria, Jéssica Pereira também foi ao golden score, mas tomou um waza-ari da eslovena Kaja Kajzer. Eleudes Valentim perdeu por waza-ari na estreia diante da azeri Gultaj Mammadeliyeva na categoria até 52kg.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Mayra Sheetara reclama da decisão do árbitro apesar de admitir erro

Mineira aponta que punição não foi dada na mesma situação do que em outras lutas do evento A busca de Mayra "Sheetara" Bueno por sua...

Mogi Futsal anuncia que não terá time adulto neste ano

O time disputará torneios no sub-20 devido a redução do orçamento da equipe para 2021 A diretoria do Mogi Futsal definiu nesta segunda-feira (1), que...

Renato critica VAR após derrota para o Palmeiras e diz que sua equipe “deu mole”

Treinador reclamou de toque de mão antes do gol do Palmeiras e do pênalti não marcado em Pepê no jogo de ida da final...

Arthur Cabral passa Neymar e é brasileiro com mais gols na temporada

Atacante do Basel marca em derrota para o St. Gallen e chega aos 14 gols. Ele supera o atacante do PSG, Rodrigo Pinho, do...