Home Mais Esportes Após sete anos, brasileiro volta a lutar boxe

Após sete anos, brasileiro volta a lutar boxe

Michael Oliveira vai ao ringue nesse sábado na Colômbia

O brasileiro Michael Oliveira (20-2, 15 KOs) retornará ao boxe competitivo após sete anos afastado. O combate acontecerá neste sábado, 30, em Cartagena, Colômbia. O adversário será o colombiano Samuel “Miller” Mahiz Meza (34-22, 30 KOs), que tem atuado nas divisões meio pesado e cruzador.

Nos últimos anos, o brasileiro, residente nos Estados Unidos, dedicou-se a outra atividade e é oficial de polícia naquele país. Aos 30 anos, sem prejuízo da sua atividade atual, Michael pretende realizar quatro lutas em 2021.

Neste retorno de Michael, foi acordado na primeira luta um limite de peso para os dois pugilistas de 180 libras, equivalente a 81,647 kg. Michael neste combate levará a desvantagem de ser 12 cm mais baixo e ter 20 cm menos de envergadura. Porém, o pugilista brasileiro está confiante que superará isso. O pensamento da equipe comandada pelo técnico Orlando Cuellar, anunciado para o Hall da Fama da Flórida 2021, é fazer o brasileiro baixar de peso a cada luta que realizar.

Michael atuava como super meio-médio, cujo limite era de 69,853 kg. Na ocasião, conquistou os títulos continentais FEDEBOL, ligada à WBA e FECARIBE, afiliada ao WBC. Um peso próximo a esse limite deverá acontecer futuramente com o decorrer do treinamento.

Taylor x Ramirez para unificar os quatro títulos nos superleves

Os dois maiores destaques da atualidade na divisão superleve deverão se enfrentar no segundo trimestre do ano. O escocês Josh Taylor (17-0, 13 KOs) e o americano Jose Carlos Ramirez (26-0, 17 KOs) definirão num combate quem é o campeão unificado WBO-WBC-IBF-WBA nos superleves.

Taylor detém a coroa IBF e um dos quatro títulos distribuídos pela WBA, o considerado principal chamado super. Ramirez é o campeão WBO e WBC.

As tratativas para a disputa estão em andamento. O fato de Bob Arum ser promotor de Ramirez e copromotor de Taylor facilita o entendimento.

Ambos tiveram bom desempenho no amadorismo. Taylor foi campeão do Commonwealth Games e venceu pugilistas que têm ou tiveram posteriormente destaque no profissionalismo como, por exemplo, o atual campeão mundial Jamel Herring, o ex-campeão Jeff Horn e o brasileiro Robson Conceição.
Ramirez foi tricampeão americano amador e representou os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.
.
No profissionalismo, entre as principais lutas de Josh Taylor, destacam-se as vitórias sobre Regis Prograis e Viktor Postol. Jose Carlos Ramirez, além de também ter derrotado Postol, saiu-se vitorioso nas lutas contra Murice Hooker e Jose Zepeda.
.
Além disso, existe um ponto não explicitado que se refere aos técnicos dos pugilistas. Enquanto Taylor é treinado por Ben Davison que tem no seu currículo outros campeões como Tyson Fury e Billy Joe Saunders, o técnico de Ramirez é Roberto Garcia, treinador de diversas estrelas de boxe e que dispensa apresentações.
.
Se for realmente concretizada, Josh Taylor vs Jose Carlos Ramirez será uma das mais importantes disputas de 2021. Tem tudo para ser, igualmente, uma das melhores lutas do ano.

Mudanças e imprevistos complicam evento de Don King

Alguns imprevistos e mudanças na programação podem atrapalhar o evento e a própria divulgação do espetáculo promovido pela DKP Don King Productions. Previsto para ser realizado na próxima sexta-feira, 29, no Seminole Hard Rock Hotel and Casino, em Hollywood, Florida, o suspense tomou conta do espetáculo.

Na luta principal, até a semana passada, devido a pandemia do Covid-19, o campeão de um dos títulos WBA dos pesados, Mahmoud “Manuel” Charr, não havia obtido o visto para viajar da Alemanha, país de sua residência atual, para os Estados Unidos.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Ramírez tem semana de decisões pelo Inter sob pressão, mas é protegido pela diretoria

Colorado tem pela frente disputas em busca da classificação na Libertadores e pelo título do Gauchão Miguel Ángel Ramírez completa 70 dias desde o primeiro...

Na volta do público ao Old Trafford, Manchester United empata com o Fulham

Uruguaio Edinson Cavani marca um golaço em seu primeiro jogo diante da torcida Na volta dos torcedores ao Old Trafford após um ano e dois...

Corinthians apresenta projeto a Renato Gaúcho e deixa decisão com o técnico

Primeira reunião tem perguntas e troca de informações entre Timão e empresário Está aberta a negociação entre Corinthians e Renato Gaúcho. Na tarde desta terça-feira, a diretoria...

River Plate pede a inscrição de goleiros após ter 25 casos de Covid-19 no elenco

Clube emite comunicado confirmando que irá entrar em campo contra o Santa Fé mesmo tendo apenas 10 atletas disponíveis Em meio a um surto que...