Home Basquete Sem Anthony Davis, LeBron assume responsabilidade de guiar o Lakers

Sem Anthony Davis, LeBron assume responsabilidade de guiar o Lakers

Provocada por uma lesão no Tendão de Aquiles e uma distensão na panturrilha, a ausência de Anthony Davis é sentida no Los Angeles Lakers, que venceu apenas uma das últimas três partidas disputadas na NBA – contra o Minnesota Timberwolves. Sem o ala-pivô, recai sobre LeBron James a responsabilidade de conduzir sozinho a franquia, missão que o camisa 23 garantiu que pretende abraçar.

– Não ter Anthony Davis por um longo período é algo que não experimentamos no último ano e meio e agora é hora de me ajustar e ver como posso ser ainda mais eficaz para ajudar esta equipe a vencer. Porque esse é o esporte em que atuamos. Estamos no ramo das vitórias e eu sempre fui um vencedor. Então, é hora de focar nisso – declarou o ídolo.

Embora não tenha sofrido com uma ruptura no Tendão de Aquiles – diagnóstico que deixou Kevin Durant, hoje no Brooklyn Nets, longe das quadras por meses – , Anthony Davis ficará pelo menos quatro semanas longe da ação, segundo o técnico dos Lakers, Frank Vogel.

Ao lado de LeBron, o ala-pivô foi protagonista da campanha do time pelo título da temporada 2019-2020, concluindo sua participação com médias de 26.1 pontos e 9.3 rebotes. No atual campeonato, Davis soma média de 22.5 pontos, além de ser o líder da defesa da equipe, dominando as estatísticas de rebotes (8.4), roubos de bola (1.3) e tocos (1.8).

Das três partidas disputadas pelos Lakers após a lesão de Davis, a franquia venceu apenas uma, contra o combalido Minnesota Timberwolves, que faz a pior campanha da Conferência Oeste da liga. As derrotas foram contra o Brooklyn Nets e o Miami Heat.

A ausência do astro vem demandando mais atenção dos Lakers na defesa da equipe. Mas LeBron James garante que todo o elenco da franquia tem se entregado para garantir vitórias mesmo com um desfalque de tamanha importância:

– Cada vez que estamos em quadra, estamos todos tentando proteger uns aos outros e incentivar uns aos outros todas as noites. Eles estão fazendo sua parte e muito mais. Tudo se resume a isso, e agora, esse é outro desafio para mim.

No reencontro entre os finalistas da temporada 2020, Los Angeles Lakers e Miami Heat, melhor para o time de Jimmy Butler e Bam Adebayo. O pivô, aliás, protagonizou um dos lances que viralizaram nas redes sociais: um tocaço em LeBron James. Dentre as mais bonitas jogadas de ataque, cestas no estouro do cronômetro também merecem destaque. Confira abaixo!

Porta fechada

O Miami vencia por 89 a 81 no último quarto quando LeBron partiu para a jogada individual e foi com tudo para a bandeja. Adebayo, que era o jogador do Heat mais distante do Rei, arrancou de forma impressionante para dar o toco.

Com o resultado em aberto, os dois times buscaram incessantemente o ataque no início do último quarto. Melhor para o Heat, que conseguiu colocar 10 pontos de frente em pouco mais de três minutos – 89 a 79. Aos sete, Kuzma diminuiu para 89 a 83. Pouco depois, Caldwell-Pope cortou a diferença para quatro – 91 a 87. Só que o Miami tinha Jimmy Butler. Comandado pelo seu principal jogador, o time da Flórida se impôs nos minutos finais, vencendo o duelo por 96 a 94.

Campanhas
Lakers: 
22v e 9d (3° do Oeste)
Heat: 13v e 17d (9° do Leste)

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Conheça a origem do futsal

O futsal, também conhecido como futebol de salão, é uma modalidade de esporte que se adaptou do futebol de campo para as quadras. O...

O que é atletismo e suas modalidades?

O que é atletismo? Em tempos de Olimpíadas, o atletismo entra em pauta de jornais, programas de TV e no entretenimento da população. Mas, afinal,...

Saiba quem é o 4 de Julho, rival do São Paulo na Copa do Brasil

Clube piauiense recebe o Tricolor do Morumbi nesta terça, às 21h30. Com folha de R$ 140 mil/mês, time soma quase R$ 3 milhões de...

Carlo Ancelotti é o escolhido para ser o novo técnico do Real Madrid

Com contrato com o Everton, da Inglaterra, até 2024, técnico italiano assume a liderança da fila de mais cotados para substituir Zidane Jornais da Espanha,...