Home Basquete Lakers acaba com invencibilidade dos Wolves

Lakers acaba com invencibilidade dos Wolves

Time californiano faz 127 a 91, vence a segunda e já assume a co-liderança do Oeste

Após a estreia com derrota para o Clippers, o Los Angeles Lakers emplacou a segunda vitória na temporada regular ao arrasar e desbancar o Minnesota Timberwolves por 127 a 91, encerrando no Staples Center a rodada deste domingo (27) na temporada regular da NBA. Com o resultado, o time da Califórnia se junta na dianteira da Conferência Oeste ao lado do então invicto rival e mais Sacramento Kings, New Orleans Pelicans, San Antonio Spurs, Phoenix Suns e os Clippers.

Apesar de não contar com Anthony Davis (lesão na panturrilha direita), os Lakers dominaram desde o começo. LeBron James não precisou brilhar. Fechou com 18 pontos e ficou a um rebote do duplo-duplo. O cestinha dos locais e do jogo acabou sendo Kyle Kuzma. Depois de um ótimo primeiro quarto, o ala frisou sua atuação conseguindo 20 pontos no total. Contabilizando 12 pontos, 8 assistências e 7 rebotes, Marc Gasol também esteve bem.

O Minnesota ficou devendo, e seu principal atleta acabou saindo do banco. Primeira escolha do draft, o ala-amador Anthony Edwards (19 anos) mostrou suas credenciais e fechou com 15 pontos (além de 4 rebotes), 4 pontos a mais que outro jovem, o pivô Naz Reid.

O jogo

Com 14 pontos na conta, Kuzma foi o dono dos 12 minutos iniciais, vencidos com sobras pelos donos da casa (40 a 23). LeBron já aparecia com 7 pontos e 5 rebotes, enquanto Dennis Schroder computava 7 pontos e 3 assistências. Sem se encontrar em quadra, os Wolves tinham em Malik Beasley o principal pontuador com 5 até então.

O passeio continuou no segundo quarto. Kuzma já registrava sua pontuação total, e Montrezl Harrell saiu do banco para passar a ser o segundo melhor anotador dos Lakers com 8 pontos. Sem brilhos individuais, o Minnesota tentava esboçar algo com a força do conjunto. Dos 11 atletas utilizados até então, 10 já haviam pontuado, com destaque para Ricky Rubio, com 9 pontos.

LeBron voltou do intervalo mais faminto e regeu a ampliação da vantagem do time californiano, que chegou a abrir 36 pontos (103 a 67) no fim do terceiro período e já encaminhar a vitória. Ficando 26 minutos em quadra, The King saiu de cena faltando apenas um rebote para alcançar o duplo-duplo.

Com o resultado praticamente em mãos, Frank Vogel resolveu poupar os titulares e fez os suplentes entrarem em ação nos 12 minutos finais. Ciente de que a invencibilidade já tinha ido para o espaço, o treinador do Timberwolves fez o mesmo, e os minutos restantes foram utilizados como uma espécie de treino de luxo no Staples Center.

Suns acabam com a banca dos Kings

Mesmo jogando na Califórnia, o Phoenix Suns bateu o Sacramento Kings por 116 a 110, encerrando a invencibilidade dos locais. Quatro nomes pontearam o time do Arizona: Mikal Bridgers (22 pontos e 7 rebotes), Cameron Johnson (21 pontos), Devin Booker (20 pontos) e Deandre Ayton (11 pontos e 15 rebotes). Pelos lados dos Kings, destaque para Buddy Hield, dono de 17 pontos, 2 a mais que o calouro Tyrese Haliburton.

LEIA MAIS

Los Angeles Lakers homenageia Kobe Bryant nos anéis do título

- Advertisment -

Popular

Fred sonha com vaga direta do Fluminense na Libertadores

Camisa 9 lembra desconfiança sobre elenco no início da temporada: "Serviu para nos fortalecer" Oito anos depois, o Fluminense está de volta à Libertadores. E mais uma...

Joia do Bayern, Musiala decide defender seleção da Alemanha

Com dupla nacionalidade, meia-atacante de quase 18 anos se tornou o inglês mais jovem a marcar na Liga dos Campeões na vitória bávara sobre...

Veja a lista dos concorrentes na 22ª edição do Prêmio Laureus

Lista não tem brasileiros. Astros e estrelas como LeBron, Hamilton, Nadal e Naomi Osaka concorrem. Bayern de Munique e Liverpool disputam melhor equipe do...

Veja os recordes que Djokovic bateu e quais marcas ainda podem ser batidas

Sérvio já está entre os maiores da história do tênis Campeão do Australian Open pela nona vez, Novak Djokovic já atingiu alguns recordes históricos no...