Home Basquete Michael Jordan critica redes sociais e vocifera: "Não sobreviveria na NBA atual"

Michael Jordan critica redes sociais e vocifera: “Não sobreviveria na NBA atual”

Astro da franquia ainda disse que Twitter invade vida pessoal dos jogadores

O ex-jogador e lenda do basquete Michael Jordan afirmou nesta sexta-feira (23) que não sabe se conseguiria “sobreviver” na NBA dos dias de hoje, especialmente por conta das redes sociais. O proprietário majoritário do Charlotte Hornets atuou profissionalmente nas quadras em três oportunidades entre 1984 e 2003 por Chicago Bulls e Washington Wizards.

Em entrevista para o canal do YouTube da revista Cigar Aficionado, Jordan disse que muita coisa mudou desde que chegou no auge de sua carreira na década de 1990, e que o maior desafio de atuar hoje em dia são as redes sociais, principalmente o Twitter.

“O que mudou desse período para agora foi a mídia social, o Twitter e todos aqueles tipos de coisas que invadiram a personalidade e o tempo pessoal dos indivíduos a ponto de as pessoas serem capazes de utilizá-los para seus ganhos financeiros e outras coisas dessa natureza”.

O proprietário dos Hornets e hexacampeão da NBA também disse que o Twitter tiraria um pouco de sua privacidade por estarem comentando sobre ele 24 horas por dia, cenário que o golfista Tiger Woods, que chegou ao seu auge na aposentadoria de Jordan, vive atualmente em sua carreira. “Para alguém como eu, e é com isso que o Tiger lida, eu não sei se eu sobreviveria nesta época do Twitter, onde você não tem a privacidade que gostaria, e o que parece ser muito inocente sempre pode ser mal interpretado”.

Jordan como técnico?

Durante a conversa de uma hora no YouTube, MJ também falou que não teria paciência para exercer o cargo de técnico, concluindo que seria incapaz de poder comandar os jogadores de hoje da mesma forma que incentivava companheiros na época do profissional da NBA.

“Para mim, pedir a um jogador que se concentre no jogo da mesma forma que joguei, de certa forma seria injusto para aquele garoto ter que suportar isso. E se ele não tivesse feito isso, não há como dizer onde minhas emoções estariam. No geral, ser head coach é algo que eu nunca realmente senti que poderia fazer do ponto de vista emocional, porque sou muito diferente e tenho uma percepção diferente sobre as coisas do que os jovens de hoje”.

O atual momento da NBA

Michael Jordan falou sobre o atual momento da NBA. A lenda do basquete criticou a formação de supertimes e disse que esses movimentos podem ser prejudiciais à liga.

“Se um jogador é capaz de escolher ou determinar em qual time quer jogar, então haverá grandes diferenças de talento na liga. Por exemplo, se todo mundo quer jogar em Chicago, os melhores jogadores estarão lá. Pode parecer exagerado, mas começa a ter um pouco disso agora, com as estrelas tentando se juntar em um mesmo time. Creio que isso vai prejudicar a liga do ponto de vista competitivo. Somente uma ou duas potências e os outros 28 [times] serão lixo”, acrescentou.

Michael Jordan atuou em 15 temporadas na NBA após ter sido escolhido na terceira escolha do Draft de 1984 pelos Bulls e atuou 13 anos em Chicago e os dois anos finais de sua carreira nos Wizards. Durante seu tempo basquete estadunidense, o camisa 23 teve médias de 30,1 pontos, 6,2 rebotes, 5,3 assistências e 2,3 roubos de bola em 38,3 minutos disputados em 1.072 partidas. Conquistou a liga seis vezes, sendo MVP das finais em todas as oportunidades, cinco vezes MVP da temporada regular e indicado ao Hall da Fama em 2009.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Saiba quem é o 4 de Julho, rival do São Paulo na Copa do Brasil

Clube piauiense recebe o Tricolor do Morumbi nesta terça, às 21h30. Com folha de R$ 140 mil/mês, time soma quase R$ 3 milhões de...

Carlo Ancelotti é o escolhido para ser o novo técnico do Real Madrid

Com contrato com o Everton, da Inglaterra, até 2024, técnico italiano assume a liderança da fila de mais cotados para substituir Zidane Jornais da Espanha,...

Ministro diz que Copa América no Brasil ainda não está confirmada

Decisão deve ser anunciada nesta terça-feira O Ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, afirmou na tarde de ontem (31) em declaração no Palácio do...

Chapecoense acerta com Jair Ventura para sequência da temporada

Treinador é aguardado na terça-feira em Chapecó para assinar contrato e ser apresentado A Chapecoense está perto de anunciar a contratação de Jair Ventura como treinador para...