Pular para o conteúdo

Rivais históricos do UFC, Jon Jones e Daniel Cormier se alfinetam no Twitter

Foto: Reprodução

Lutadores discutiram na rede social sobre quem seria o melhor de todos os tempos do UFC

Que Jon Jones e Daniel Cormier são rivais de longa data no UFC, todos já sabem. Ocorre que os dois continuam trocando provocações mesmo depois da aposentadoria de “DC”. Nos últimos dias, os lutadores usaram seus perfis no Twitter para debater. O primeiro a postar foi Jon Jones, em resposta a uma entrevista em que Cormier falou que não acredita que Jones é um dos melhores de todos os tempos, visto que o rival já havia sido pego no exame antidoping, justamente no segundo duelo entre os dois, no UFC 214, em 2017.

“Com a USADA você é culpado até que provem o contrário, a menos que você seja o melhor de todos os tempos. Neste caso, quando você está ganhando por tanto tempo, você continua sendo considerado culpado, isso ajuda as pessoas a dormirem à noite. As pessoas podem se lembrar que eu fui acusado de usar esteroides, mas também devem se lembrar de que fui considerado inocente e pude continuar minha carreira”, retrucou Jones que ainda aproveitou para recordar que o rival se aposentou em agosto deste ano (2020) com uma sequência de duas invencibilidades para Stipe Miocic.

“Cormier, você perdeu sua última luta e deixou o esporte. Os pessimistas sempre vão tentar te desencorajar de ter algo que eles não podem ter. O Cormier até pode ser considerado um cara correto, mas nunca será considerado o melhor em nada. Já perdi muitas vezes ao longo da vida, mas o competidor feroz que há em mim não me deixa encerrar a carreira com uma derrota. Sinceramente, é desse jeito que vou lembrar do Cormier. Desistindo dos seus fãs e do esporte, deixando seu legado com uma derrota”, falou Jon.

Daniel Cormier respondeu Jones referindo novamente o fato de que o campeão foi flagrado no antidoping da USADA. Ex-campeão de duas categorias do UFC, “DC” ainda relembrou que se aposentou com mais de 40 anos de idade, desconfiando do futuro de Jones que tem se esforçado à missão de subir para a divisão peso-pesado depois de deixar vago o título da categoria inferior.

Veja também: Vasco e Fortaleza são as equipes que menos finalizam no Campeonato Brasileiro

“Depois que eu perdi de você com os esteroides, ganhei de volta o título do peso-meio-pesado e depois do peso-pesado. Fiz uma cirurgia e depois o Stipe Miocic me ganhou duas vezes. Claro que soa como desistir, não é? Tenho 41 anos. Vamos ver o que você vai estar fazendo com 41 anos, seu perdedor. Mal posso esperar para saber”, retrucou Cormier.

“É assim que você fala com o seu superior, Daniel? Quando eu tiver com 40 anos, já vou ter me aposentado há uns cinco. É isso que acontece quando você ganha dos melhores. Quem sabe você pode ser o melhor treinador de ensino médio que já existiu. Boa sorte estou torcendo por você. Não fale merda e não terei que ser tão mau. Cutuque o leão e posso machucar os seus sentimentos. Estou aqui o dia todo, senhoras e senhores”, disse Jones outra vez, na última terça-feira (17).