Home Futebol Inter se impõe no primeiro tempo e goleia por 4 a 0...

Inter se impõe no primeiro tempo e goleia por 4 a 0 o Deportivo Táchira

Colorado se recupera de derrota na estreia da Libertadores

Segunda-feira (26), Edenílson vai a entrevista coletiva a véspera ao jogo e comenta que o Inter precisa vencer o Deportivo Táchira a “todo o custo” na terça (29), no Beira-Rio. Uma evidente alusão à obrigação de se recuperar após a derrota para o Always Ready na estreia na Libertadores.

O Inter, de fato, venceu. Goleou o time venezuelano por 4 a 0 pela 2ª rodada do Grupo B com os melhores 90 minutos de futebol sob o comando de Miguel Ángel Ramírez que o alça à liderança da chave.

“Com o 2 a 0, 3 a 0, seguimos agressivos, pressionamos. Esse é o Inter que queremos. Mesmo com a vantagem, não guardamos nada. Isso é o que queremos na terça”, comentou o treinador após o 5 a 0 sobre o Esportivo no último sábado (24). A entrevista está na íntegra no site do Globo Esporte.

O time sobrou na primeira etapa, foi para o intervalo com 3 a 0 de vantagem e transformou a vitória em goleada no segundo tempo, mesmo com a expulsão de Palacios.

Nesta última partida, Patrick voltou a equipe titular como extrema pela esquerda, lado em que rende mais – e rendeu. Rodinei também começou e provou ser uma decisão certa do treinador.

O Inter se impôs com agressividade desde o começo. Salvo um ou outro susto, o time teve sempre o jogo sob seu controle, com mais de 67% de posse de bola na primeira etapa. Encurralou o Táchira em seu campo de defesa, sempre construindo a partida pelo chão e desde os defensores.

O posicionamento em campo e as estratégias foram as mesmas de outros confrontos: Dourado recuava para fazer a saída de três, os laterais se posicionavam próximos à primeira linha, os meias encostavam em Thiago Galhardo, quase na risca da grande área, e os extremas ficavam grudados na linha lateral.

Mas se nos jogos anteriores a equipe teve dificuldades de progredir em campo em vantagem numérica, contra o Táchira, o jogo fluiu especialmente pela esquerda.

O Inter conseguia envolver a defesa adversária com a troca de passes e entrar na área. Mauricio ameaçou duas vezes nos primeiros minutos. O gol parecia questão de tempo e foi aos 19 que Rodinei cobrou escanteio na cabeça de Víctor Cuesta para o gringo abrir o placar.

O gol fez um Táchira que até então só se defendia e fechava espaços se dispersar, e o Inter aproveitou fugindo da característica de construções com aproximações em lançamentos.

Aos 23 minutos, Edenílson lançou Thiago Galhardo. O centroavante ganhou da defesa do oponente na força e na habilidade e rolou para trás. Mauricio chutou sobre a zaga e Patrick mandou para as redes.

Depois, aos 42, foi a vez de Víctor Cuesta lançar Galhardo. Dessa vez, o artilheiro limpou a defesa e concluiu com categoria. Rodinei, Víctor Cuesta, Edenílson, Thiago Galhardo e Patrick foram as atuações individuais de destaque na primeira etapa. E quando as individualidades sobressaem – assim, no plural – é sinal de que o coletivo está encaixado.

O segundo tempo começou sob controle, em condições ideais para a estreia de Taison, até a expulsão de Palacios fazer esse plano desabar. O jogo ficou mais dinâmico, e Ramírez mexeu bem, com as entradas de Yuri Alberto e Marcos Guilherme para explorar a velocidade em contra-ataques.

Funcionou. Yuri marcou o quarto gol após assistência de Mauricio em mais uma bola longa, e Marcos Guilherme desperdiçou uma chance em lance semelhante. No final, Yuri teve mais uma oportunidade de ampliar.

Com a vitória, o Inter chega a três pontos e é o líder do Grupo B da Libertadores. O time gaúcho volta a campo pela competição na próxima quarta-feira (5), às 21h30 (de Brasília), quando recebe o Olimpia.

Antes, porém, o compromisso é pelo Gauchão. O Inter encara o Juventude no domingo (2), às 16h (de Brasília), na Montanha dos Vinhedos, pela partida de ida da semifinal.

LEIA MAIS

Palmeiras joga como campeão e vê Rony voltar a ser o cara da Libertadores

- Advertisment -

Popular

Após 22 anos, Grêmio marca 8 gols em um único jogo

Tricolor repetiu resultado de 1999, pelo Gauchão A noite desta última quinta-feira (6), foi histórica. Não pela grandiosidade do oponente ou da competição, mas o...

NBA tem recorde de Raulzinho, lesão de Davis, Bush na torcida e show de Curry

Brasileiro tem sua melhor partida na NBA, pivô volta a preocupar os Lakers, e ex-presidente dos Estados Unidos vai à arquibancada Sete jogos movimentaram a...

Palmeiras vence e elimina Santos, que corre risco de rebaixamento

Com a derrota, o Santos joga sua vida na elite do futebol paulista contra o São Bento. Caso perca, o Peixe será rebaixado pela...

Fluminense empata com o Junior Barranquilla e segue líder do seu grupo

Após saga para chegar a Guayaquil, time comandado por Roger Machado consegue empate com gol do garoto Kayky Depois de uma verdadeira saga para chegar...