Pular para o conteúdo

Saiba qual a história e regras do Raquetebol

    Raquetebol

    Saiba tudo da prática de Raquetebol no Mundo

    São muitos esportes praticados pelo Mundo e alguns os nomes não são tão famosos, mas são conhecidos. É o caso, por exemplo, do Raquetebol, que tem muitos simpatizantes. Entenda um pouco mais desta modalidade neste artigo.

    Surgimento do Raquetebol

    O Raquetebol é um esporte relativamente antigo, com registros de ter surgido em 1949. O principal responsável pelo nascimento desta prática foi Josep Sobek, um tenista profissional norte-americano. Ele teve a ideia de combinar regras de handebol com o do squash, criando a base do que existe até hoje.

    Quatro anos depois, o Raquetebol deu mais um passo a ser visto realmente como um esporte que ganharia mais praticantes. Isso porque em 1952 foi fundado o Paddle Rackets Association. Uma organização que tinha como missão exatamente definir o conjunto de regras da modalidade e padronizar para todos que quisessem jogar. No Brasil, a prática chegou em 1985, na cidade de São Paulo.

     

    Saiba também como o esporte é uma ferramenta de inclusão social.

    Organizadora do Raquetebol

    A principal organizadora do Raquetebol pelo Mundo é a International Racquetball Federation (IRF).  Ela que define as regras e estruturas dos torneios organizados internacionalmente. A mesma surgiu em 1969, com o nome de Internacional Racquetball Association (IRA).

    Dez anos depois mudou de nome para Amateur Racquetball Association, quando chegou a juntar 13 países membros. Até que depois mudou para o IRF, que existe hoje e que conta com 100 países associados. São 25 na Europa, 25 na Ásia, 3 na América do Norte, 22 na América Central, 10 na América do Sul, 8 na África e 7 na Oceania.

    O Campeonato Mundial, organizado pela IRF, ocorre a cada dois anos.

    Como se joga Raquetebol?

    Confira abaixo na sequência como se disputa o Raquetebol e as principais regras para a prática desse esporte.

    O jogo

    A partida de Raquetebol acontece em uma quadra fechada. As medidas oficiais são de 13,2 metros de comprimento e 6,6 metros de largura. Além disso a parede traseira tem que ter no mínimo 3,66 metros de altura.

    Esta quadra é dividida em várias partes. Existe uma zona de serviço, caixa de serviço, linha de serviço, linha curta, linha de recepção, linha de serviço de saque, zona de segurança e linha de fora da quadra.

    É preciso que cada um esteja com uma raquete com as proteções de aro, com medida de no máximo 55,88 centímetros de comprimento. A bola é definida em comum acordo pelos jogadores e ficam duas a disposição antes da partida começar.

    Para jogar é apenas necessário o uso da raquete, além de um traje confortável e adequado para a prática. Porém, o uso de luvas e especialmente de óculos é recomendável para uma experiência mais tranquila.

    Variações

    São diversas formas de disputas de Raquetebol. A primeira é a “singles”, que é a competição individual. Neste caso um jogador enfrenta o outro ao longo da partida.

    A segunda opção é a de duplas, no qual em uma mesma quadra tem quatro jogadores, sendo dois para cada time. A terceira possibilidade não é muito presente em competições oficiais e é jogada em trios.

    Regras do jogo

    O começo da partida se dá após o sorteio de moeda, tal qual existe no futebol, por exemplo. O sorteado tem o direito de escolher se o jogo inicia com ele servindo ou recebendo.

    O jogo depois consiste em acertar a bola de uma forma que o oponente em seguida não consiga rebater. Com o detalhe que o lance só é concluído após um dos competidores deixar a bolar tocar duas vezes no chão além de acertar a parede localizada na frente. Portanto, é uma prática muito similar ao tênis neste sentido de conquista do ponto.

    Durante a partida não é permitido que o jogador toque duas vezes na bola de forma seguida, não deixando que o adversário a rebate antes. Também não é permitido que se arraste a bola, podendo apenas fazer o movimento de rebater.

    Como vencer no Raquetebol?

    O duelo é realizado em duas partidas, que podem ser entendidas como os sets de vôlei e tênis. Caso cada jogador ou dupla vença uma partida é realizada uma nova de desempate e definitiva.

    Já a pontuação é diferente do squash, que é mais tradicional. No raquetebol não existe a obrigatoriedade de o jogador ter vantagem de dois pontos. Basta simplesmente chegar primeiro aos 15 para ser o vencedor.

    A única diferença é na terceira partida, com o confronto de desempate sendo decidido quando um atleta alcançar 11 pontos.

    Principal nome do Raquetebol

    O Raquetebol tem como grande estrela a atleta Paola Michelle Longoria López. A Mexicana, que nasceu em 20 de julho de 1989, foi campeã mundial três vezes nas disputas Singulares Femininas. Foi também a primeira atleta a ser campeã de duplas e individual em uma mesma edição. Porém, o grande feito é a sequência de 152 vitórias seguidas no esporte.

    Quase na Olimpíada de Tóquio

    O Raquetebol ainda não é um esporte olímpico. Ou seja, o esporte nunca esteve presente uma Olimpíada. O momento mais próximo disso foi em Tóquio 2020, que foi realizado em 2021 por conta da Pandemia do Covid-19.

    Isso aconteceu porque os países-sede podem incluir algumas modalidades em caráter especial e a Organizadora dos Jogos no Japão elaborou um processo de seleção dessas disputas e o Raquetebol apareceu na primeira lista, quando disputou com outros mais de 20 esportes. No entanto, foram escolhidos Skate, Caratê, Escalada e Surfe.

    Com isso, ao menos por enquanto, não há qualquer previsão do Raquetebol fazer parte dos Jogos Olímpicos.

    Raquetebol faz bem

    A prática de Raquetebol é extremamente recomendável por conta de diversos benefícios físicos. Por ser um esporte de intensa movimentação e constantes mudanças de direção trata-se de um exercício com grandes vantagens.

    Os praticantes queimam muitas calorias, aumentam a flexibilidade, desenvolve. os músculos das pernas e braços e ainda aumentam a aptidão cardiovascular do jogador.

    Portanto, além de lazer e um importante passatempo, é algo que faz bem para o corpo. No entanto, caso você não tem o hábito de se exercitar ou algum problema de saúde procure um especialista antes de começar a jogar.

    Marcações: