Home Basquete Depois de ir a festa sem máscara, Harden segue fora dos Rockets

Depois de ir a festa sem máscara, Harden segue fora dos Rockets

– É uma perda. Não há um cronograma (em relação ao retorno da fera) até onde eu sei. Você quer que o seu melhor jogador esteja aqui. E há uma pequena janela de treinamentos. Tenho que ser honesto e entender que é um contratempo não ter um dos melhores jogadores da NBA aqui. É uma perda – insistiu Stephen Silas, em entrevista coletiva via vídeo conferência.

Quando perguntado sobre quando Harden poderia retornar ao time, o treinador Stephen Silas não expressou muito otimismo sobre a situação do jogador.

“Não há cronograma (para o retorno de Harden) e é um problema”, disse Silas nesta segunda-feira, segundo o repórter Kelly Iko, do The Athletic.

“O que é fato é que ele não está aqui. E ele tem um motivo, e cabe a ele dizer a quem quer que seja”, acrescentou o comandante.

O caso ganha contornos mais tensos pelo fato de James Harden ter um suposto desejo de deixar os Rockets, como publicou o “The Athletic”. Segundo o site, o Barba estaria disposto a mudar de ares e teria inclusive dois times na alça de mira: Brooklyn Nets e Philadelphia 76ers.

Logo após sua equipe ser eliminada pelo Los Angeles Lakers na semifinal de conferência, o atleta fez um desabafo na TV, dizendo que o Rockets precisava contratar novos jogadores para que Russell Westbrook e ele estivessem rodeados de talento. Isso, mais uma vez, para o público. No entanto, dias depois, ele pediu para ser trocado e uma das alegações seria que não gostaria de jogar mais ao lado de Westbrook.

A relação com o Rockets foi deteriorando. Ele sequer atendia ligações da direção e comissão técnica.

Harden priorizou o Brooklyn Nets como o seu próximo time, para jogar ao lado de Kevin Durant e Kyrie Irving. Apesar disso, Durant disse recentemente que não pediu para a diretoria do Nets para realizar algum tipo de negociação pelo seu antigo colega de Oklahoma City Thunder. Posteiormente, pintou o Golden State Warriors como opção, além do Boston Celtics e do Philadelphia 76ers.

O técnico Mike D’Antoni, um de seus maiores defensores no Rockets, entrou em acordo com a franquia e saiu. Foi para o Nets. Em seguida, foi a vez de o GM Daryl Morey deixar a equipe. Acertou com o Sixers. Austin Rivers foi para o New York Knicks. Depois, foram trocados Robert Covington, para o Portland Trail Blazers e Westbrook, para o Washington Wizards.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Suns vencem e adiam classificação dos Blazers aos playoffs

Devin Booker acerta dois lances livres no final e da vitória aos locais sobre o Portland por 118 a 117 Com um final de arrepiar,...

Jardine convoca Claudinho, Pedro e Gerson para a seleção olímpica

Atletas do Flamengo e atleta do Bragantino são novidades na lista de convocados para a próxima Data Fifa O treinador André Jardine anunciou nesta sexta-feira...

Corinthians fracassa ao apostar no Paulistão como único caminho viável

Timão usa equipe B contra Peñarol e cai na Sul-Americana Muita gente lamentou quando o Corinthians ficou fora da zona de classificação da Libertadores via Brasileirão-2020. Mas...

NBA: volta de Harden e estreia de Didi agitam a rodada

Noite de quarta-feira também tem homenagem a Varejão e suor dos Lakers sem LeBron e Davis Depois de mais um mês fora das quadras, James...