Home Futebol Atletas de Gama denunciam golpe de ex-árbitro em time feminino

Atletas de Gama denunciam golpe de ex-árbitro em time feminino

Ex-árbitro Ítalo Batista Teodoro Rodrigues propôs parceria, mas não respondeu tentativas de contato

Na última segunda-feira (23), atletas do Gama-DF divulgaram um vídeo de desabafo. Quatro jogadoras argumentaram – em nome de todo o elenco – terem sido vítimas de um golpe. A denúncia é direcionada a Ítalo Batista Teodoro Rodrigues, ex-árbitro do quadro de arbitragem da federação do Distrito Federal.

Diretoria e atletas declaram que Ítalo sugeriu uma parceria com o clube, que envolvia a criação de um time feminino para participar do Campeonato Brasiliense. Na proposta, Ícaro bancaria todos os custos, além de salário e moradia para atletas de fora do DF, levadas por ele para o Gama.

Ítalo excluiu suas redes sociais e nenhuma das atletas conseguem entrar em contato com o mesmo, nem por mensagens de texto ou ligações.

Em entrevista ao Globo Esporte, a lateral do Gama, Ludymila Bárbara de Carvalho, declarou que na época, ninguém buscou saber quem era Ítalo, somente que ele havia tocado o projeto União Gamense, há dois anos, quando também deixou a equipe em péssimas condições.

Veja também: Valentina Shevchenko aceita luta contra Jéssica Bate-Estaca

Para a disputa contra a Ceilândia na estreia do Candangão Feminino, no dia 28 de outubro, somente oito jogadoras foram relacionadas no Boletim Informativo Diário (BID). O número não bateu com as 16 atletas já divulgadas pelo Gama, o que causou sinais de alerta sobre a proposta.

Após o terceiro confronto no Campeonato Brasiliense, a fornecedora de material esportivo informou o clube que pegaria os uniformes de volta, uma vez que o pagamento não havia sido realizado.

Na última quarta-feira (18), Ítalo se apresentou ao CT antes da partida contra o Real Brasília e se desentendeu com a diretoria. As jogadoras do Gama entraram em campo sem a certeza de que se alimentariam à noite, e até hoje se sustentam com uma cesta básica paga pelo Real Brasília.

Com as despesas de moradias não pagas por Ítalo, jogadoras de fora do DF permanecem hospedadas na casa de Ludymila. Lorena Gonçalves é uma das atletas que se limita a situação: morava em Belo Horizonte e agora não tem condições de voltar para casa.

“Ele fez promessas, vim achando que seria bom para mim. Se não fossem as meninas da casa, as pessoas de outros clubes que vieram ajudar e a comissão técnica, não estaríamos aqui. O problema não é só o futebol, mas o dano que tivemos como pessoa, além do físico e mental. Não podemos tirar a responsabilidade do Gama. Eles foram enganados como a gente, mas os mais lesados somos nós”, declara no vídeo postado.

Jade Cristina, atacante do time, alega que o Gama errou ao fechar a parceria para a equipe feminina sem maiores referências de Ítalo. O clube deve mais de oito meses de salário para alguns jogadores do masculino. Os atletas realizaram uma greve devido aos atrasos; na época, a equipe era líder invicto do Grupo 6 da Série D.

O presidente do Gama, Weber Magalhães, afirmou que o jurídico está tratando das pendências largadas por Ítalo. Na ocasião, o ex-árbitro está banido de entrar no CT do clube.

Federação não estava ciente da situação

Márcio “Careca” Coutinho, diretor de futebol da Federação de Futebol do Distrito Federal (DF), afirmou que a federação não tinha conhecimento das situações estruturais do Gama. Para participar do Candangão Feminino, como outros campeonatos da federação, os times precisam realizar requisitos pré-estabelecidos. Segundo o diretor, o Gama não solicitou qualquer assistência à FFDF.

As questões de infraestrutura fizeram com que jogadoras treinassem sem se alimentar pela manhã, dois dias antes do confronto contra o Real Brasília. O treinador Singo Santos chamou a situação de “surreal, lamentável”.

“Minha comissão ia iniciar os trabalhos do dia quando uma atleta indagou: ‘Professor, hoje vai ser treino físico?’ Respondi que a primeira parte do treino seria. Então, elas me responderam que não conseguiriam treinar porque ninguém tinha tomado café. Depois dessa resposta decidimos comprar um lanche para toda a equipe. O treino só aconteceu depois disso”, fala.

- Advertisment -

Popular

DeRozan decide e Spurs bate o Dallas Mavericks

Armador acerta o último arremesso na casa do adversário e impede varrida na temporada O Dallas Mavericks nunca vencerá todas as partidas contra o adversário...

Flamengo mantém sarrafo alto, vence e educa torcedor mal acostumado com sucesso

Esquema atual imposto por Ceni deixará time exposto contra grandes rivais e ainda assim, dá para jogar bem Parte da torcida do Flamengo questiona a...

Flamengo se impõe diante do São Paulo e vai à final da Champions League Américas

Rubro-Negro domina o rival e triunfa por 75 a 66 na primeira semifinal. Time aguarda o vencedor de Minas x Real Esteli. Decisão será...

Fred chega a 400 gols na carreira e diz: “Vou continuar dando a vida”

Camisa 9 alcançou marca pessoal neste domingo, contra o Nova Iguaçu. Com 182 gols pelo Fluminense, ele também se aproxima da segunda posição na...