Home Futebol Flamengo deixa de receber R$ 18 milhões e nova desclassificação eleva o...

Flamengo deixa de receber R$ 18 milhões e nova desclassificação eleva o tom das cobranças internas

Clube previa chegar pelo menos às semifinais da competição

Como se não fosse suficiente a decepção esportiva pela eliminação na Libertadores, o tombo do Fla para o Racing no Maracanã quer dizer também um forte golpe no orçamento do clube carioca, já afetado pela pandemia e ausência de público nos estádios.

Em sua organização financeira para este ano, o Flamengo calculava chegar pelo menos às semifinais da competição. Com a eliminação nas oitavas de final, deixa de receber 3,5 milhões de dólares, o que corresponde a R$ 18 milhões na cotação atual.

O estrago se soma ao da saída na Copa do Brasil, em que a equipe contava chegar às fases finais. A derrota para o São Paulo indicou que o Flamengo deixou de receber, no mínimo R$ 7 milhões pelas semifinais. Somando os dois campeonatos, são R$ 25 milhões a menos nos cofres do clube carioca em relação ao que foi planejado no início da temporada.

Mesmo que grande parte das premiações sejam encaminhadas como bônus a atletas e comissão técnica, o choque financeiro não é insignificante, se soma à queda de receitas de bilheteria em razão da pandemia do novo Coronavírus e ocorre em um momento em que a diretora necessita resolver pendências no futebol.

Veja também: Copa Norte inicia nesta terça-feira no Ginásio Poliesportivo de Santarém

A mais momentânea é a rescisão do treinador Domènec Torrent, mandado embora no começo de novembro. O valor previsto em contrato era aproximadamente de 2 milhões de euros (R$ 12 milhões), mas o time negocia para reduzir o montante.

Na equipe, há outras duas ocorrências em aberto: a renovação do contrato de Diego Alves, brecada por ter sido fechada por uma quantia superior ao permitido pelo departamento financeiro; e a compra de Pedro, estipulada em 14 milhões de euros (R$ 88 milhões). Existem também parcelas a serem pagas de alguns jogadores contratados no começo do ano.

No processo de negociação com a Fiorentina, quem conduz diretamente são os empresários de Pedro. O Flamengo apontou a vontade de ampliar as parcelas previstas para pagamento, mas o time italiano está com o pé no chão e não aceita alterar os moldes da negociação.

A saída do time na competição pode provocar alterações no dia a dia do clube. O departamento médico, ponto de questionamentos nos últimos meses, é uma das questões analisadas internamente. A expectativa é de que o tom das cobranças amplie, principalmente com somente um título a ser disputado – o do Campeonato Brasileiro.

“O peso é gigantesco. A Libertadores tem o maior significado dos campeonatos que nós jogamos na América do Sul. Não há como mensurar o tamanho, o prejuízo financeiro, de confiança, o que pode afetar para o dia a dia. O que temos que fazer é continuar trabalhando firme, fazer com que a equipe produza mais para conquistar o último título, que é o Brasileiro”, falou o treinador Rogério Ceni após a partida.

Com o foco voltado para o Brasileirão, o Flamengo retorna a campo no próximo sábado (5). O time enfrenta o Botafogo às 17h (de Brasília), no estádio Nilton Santos, pela 24º rodada. No momento, o clube rubro-negro é o terceiro colocado da tabela, com 39 pontos, três a menos que o líder Atlético-MG.

Fonte: Globo Esporte

- Advertisment -

Popular

Inter amarga vice sem vencer o Corinthians

Colorado vê Flamengo tropeçar e mesmo assim não consegue marcar uma vez diante do Timão Cinquenta e quatro minutos do segundo tempo no Beira-Rio, o...

Flamengo é bicampeão do Campeonato Brasileiro

Elenco Rubro-Negro se consagra como um dos melhores da história Um título conquistado apesar de uma derrota, em um jogo em que o time jogou...

Alex Cowboy promete nocaute no UFC de sábado

Seu adversário foi substituído por Ramazan Kuramagomedov Alex Cowboy levou um susto na última segunda-feira (22), quando deixou a cidade de Três Rios (RJ) rumo...

Rodrigo Caio reencontra São Paulo no Morumbi pela primeira vez desde saída

Absoluto no Flamengo, zagueiro fará seu primeiro jogo contra o time que o revelou no estádio Não é só Rogério Ceni que terá um reencontro...