Home Basquete Dono do Rockets teria causado desmanche em elenco por apoio a Trump

Dono do Rockets teria causado desmanche em elenco por apoio a Trump

Em crise, time viu a saída de técnico e enfrenta fúria de jogadores como James Harden

O Houston Rockets vive um momento crítico em suas pretensões competitivas na NBA, com um aparente grupo de jogadores insatisfeitos no time – incluindo os astros James Harden e Russell Westbrook. E tudo teria começado, surpreendentemente, por uma posição política de Tillman Fertitta. Segundo Ric Bucher, da rádio SiriusXM, o ensaio de desmanche que a equipe texana parece enfrentar teria sido causado pelo apoio do dono do Rockets à campanha presidencial de Donald Trump.

“Imediatamente, eu pensei que a revolta no plantel seria motivada pela saída de Mike D’Antoni e Daryl Morey. No entanto, o que ouvi é que o forte apoio e as doações de Fertitta ao partido republicano foi uma das coisas que contribuíram para a insatisfação geral. Há um péssimo clima interno porque caras como Russell e James veem Tillman como uma pessoa que apoia o atual presidente dos EUA”, afirmou o veterano repórter, em entrevista ao podcast “The Odd Couple”.

Fala-se em “desmanche” quando o assunto é o suposto impacto do suporte do dono do Rockets à Trump porque, embora os pedidos de troca dos astros sejam os destaques, esse elenco passou por muito mais mudanças. A franquia surpreendeu ao trocar o ala Robert Covington, um de seus destaques na “bolha”, subitamente na reabertura do mercado da NBA. Atletas que elogiavam Houston nas redes socias, como Jeff Green e Austin Rivers, deixaram o time como agentes livres sem maiores motivos.

“Não são só os dois líderes, James e Russell, que querem sair de Houston por causa de Fertitta. Os jogadores menos destacados do grupo pensam da mesma forma. Há uma verdadeira revolta interna”, descreveu Bucher, sugerindo que a troca de Covington foi ocasionada por um pedido do atleta – rapidamente atendido para que esse desejo não “vazasse” para a imprensa. Especula-se que Rivers e Green optaram por sair, mesmo tendo ofertas financeiro-contratuais iguais do Rockets.  

A NBA entrou em rota de colisão com Trump durante a realização dos jogos na “bolha”, quando jogadores decidiram fazer protestos mais significativos e unificados contra o racismo sistêmico nos EUA. Atletas foram duramente criticados pelo presidente por ajoelharem-se na execução do hino nacional, por exemplo, o que interpretou como um ato político e antipatriótico. LeBron James, Mark Cuban e o comissário da liga, Adam Silver, saíram em defesa pública da livre expressão nos esportes.

Nesse panorama, Fertitta passou a ser visto como um pária pela torcida do Rockets por ter sido uma das poucas figuras da NBA a apoiarem – e fazê-lo de forma financeira, inclusive – o empresário e estadista, um declarado inimigo da liga no momento. Por outro lado, jogadores de basquete fizeram campanha vocal contra a reeleição. No fim das contas, Trump foi derrotado pelo democrata Joe Biden na corrida presidencial e deixará a Casa Branca no ano que vem. 

Rockets estende contrato de Bruno Caboclo por dois anos

O brasileiro Bruno Caboclo teve o seu contrato estendido pelo Houston Rockets nesta quinta-feira. A franquia texana confirmou o acordo por meio de comunicado oficial em seu site, assegurando a permanência do ala-pivô no elenco até – no mínimo – o fim da próxima temporada. De acordo com Kelly Iko, do site The Athletic, as partes fecharam vínculo de duas temporadas e o segundo ano de vínculo será uma opção da equipe – informação confirmada pelo próprio atleta.

“O Rockets já me fez uma proposta e vou permanecer em Houston na temporada que vem. Não assinamos nada ainda, mas espero que aconteça em breve e está alinhado. Isso significa que a organização acredita em mim e sente-se bem com meu potencial”, revelou o jogador de 25 anos, empolgado com a oportunidade de continuar na equipe, em entrevista à rede Fox Sports nesta quarta. Não se sabe de outros times que tenham mostrado interesse em sua contratação. 

- Advertisment -

Popular

Saiba quem é o 4 de Julho, rival do São Paulo na Copa do Brasil

Clube piauiense recebe o Tricolor do Morumbi nesta terça, às 21h30. Com folha de R$ 140 mil/mês, time soma quase R$ 3 milhões de...

Carlo Ancelotti é o escolhido para ser o novo técnico do Real Madrid

Com contrato com o Everton, da Inglaterra, até 2024, técnico italiano assume a liderança da fila de mais cotados para substituir Zidane Jornais da Espanha,...

Ministro diz que Copa América no Brasil ainda não está confirmada

Decisão deve ser anunciada nesta terça-feira O Ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, afirmou na tarde de ontem (31) em declaração no Palácio do...

Chapecoense acerta com Jair Ventura para sequência da temporada

Treinador é aguardado na terça-feira em Chapecó para assinar contrato e ser apresentado A Chapecoense está perto de anunciar a contratação de Jair Ventura como treinador para...