Home Mais Esportes Novak Djokovic perde para britânico e deixa Monte Carlo

Novak Djokovic perde para britânico e deixa Monte Carlo

Sérvio líder do ranking cai para Daniel Evans

Dia atípico para o número #1 do mundo Novak Djokovic no Masters 1000 de Monte Carlo. Enfrentando o britânico #33 Daniel Evans pela primeira vez no circuito, o sérvio não repetiu as boas atuações ao longo da temporada e foi eliminado. Derrota por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/5, em 2h06 de jogo.

Com o resultado, Nole perdeu os 100% de aproveitamento neste ano. Essa foi apenas a sexta que o sérvio caiu antes das quartas em um Masters 1000 disputado no saibro em sua carreira. Já Evans, por sua vez, conquistou o melhor resultado no piso desde que se profissionalizou. O britânico chegou a ficar suspenso por um ano por doping, já que testou positivo para uso de cocaína em 2017, mas deu a volta por cima.

O primeiro set já iniciou de maneira surpreendente. Jogando acima do número 1 do mundo, Evans abriu 3/0 e chegou a quase fazer quatro games consecutivos. Mesmo com o aproveitamento do seu serviço bem abaixo do normal, Djokovic reagiu e buscou a igualdade no marcador. Porém, sacando em 4/4, o sérvio voltou a oscilar dentro da parcial e foi quebrado pela terceira vez. Dessa vez, o britânico não deu chances de reação e fechou em 6/4.

Nole voltou para o segundo set com uma postura diferente e fez 3/1, mas Evans logo voltou para a partida. Com uma estratégia de alongar os pontos e minar a confiança do sérvio, devolveu a quebra e deixou tudo igual. A partir daí a parcial seguiu com o duelo muito aberto e com os atletas protagonizando grandes rallys.

Diante de um rival que se manteve sólido e não deu brechas, Djokovic continuou visivelmente incomodado em quadra, sem soluções para superar a boa performance do britânico. No 11º game, Evans obteve a quebra decisiva. Sacando em 6/5 para fechar o confronto, seguiu superior taticamente e decretou a vitória sobre o bicampeão do torneio por 7/5.

Classificado para as quartas de final de um Masters 1000 pela primeira vez, Evans encara agora o belga #15 David Goffin, que superou o alemão #6 Alexander Zverev em sets diretos, parciais de 6/4 e 7/6 (7), em 1h51 de jogo.

Tsitsipas avança em alto nível

Outro tenista que garantiu sua passagem para as quartas de final em Monte Carlo foi o grego #5 Stefanos Tsitsipas, que com uma grande performance técnica e física passou sem dificuldades pelo chileno #24 Cristian Garín. Vitória por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/4, em 1h40 de partida. Tsitsipas enfrenta agora o jovem espanhol #58 Alejandro Davidovich Fokina, que triunfou sobre o francês #86 Lucas Pouille, por uma vaga na semifinal.

Zverev é eliminado

Depois de uma estreia convincente, o alemão #6 Alexander Zverev não conseguiu superar a consistência do belga #15 David Goffin e deu adeus ao Masters 1000 de Monte Carlo. Sascha lutou, salvou quatro match points, teve uma chance de fechar o segundo set, mas caiu em sets diretos, parciais de 6/4 e 7/6 (7), em 1h51 de duelo.

LEIA MAIS

Roger Federer vence Daniel Evans após 13 meses afastado

- Advertisment -

Popular

Após 22 anos, Grêmio marca 8 gols em um único jogo

Tricolor repetiu resultado de 1999, pelo Gauchão A noite desta última quinta-feira (6), foi histórica. Não pela grandiosidade do oponente ou da competição, mas o...

NBA tem recorde de Raulzinho, lesão de Davis, Bush na torcida e show de Curry

Brasileiro tem sua melhor partida na NBA, pivô volta a preocupar os Lakers, e ex-presidente dos Estados Unidos vai à arquibancada Sete jogos movimentaram a...

Palmeiras vence e elimina Santos, que corre risco de rebaixamento

Com a derrota, o Santos joga sua vida na elite do futebol paulista contra o São Bento. Caso perca, o Peixe será rebaixado pela...

Fluminense empata com o Junior Barranquilla e segue líder do seu grupo

Após saga para chegar a Guayaquil, time comandado por Roger Machado consegue empate com gol do garoto Kayky Depois de uma verdadeira saga para chegar...