Home Basquete Curry continua sua campanha histórica na NBA, e Warriors vencem os Pelicans

Curry continua sua campanha histórica na NBA, e Warriors vencem os Pelicans

Draymond Green consegue um triplo duplo contra rival quase eliminado

Zion Williamson foi o trator de costume no garrafão, mas poucos têm sido capazes de parar Stephen Curry nesta temporada. Na noite desta segunda-feira (3), a defesa dos Warriors e a mão afiada do armador bateram os Pelicans, fora de casa, por 123 a 108. Após um mês de abril memorável, quando fez mais cestas de três do que qualquer outro atleta da história da NBA em um mês de calendário, Curry não perdeu o ritmo. Foram 41 pontos que ajudaram a equipe a permanecer na luta pelo oitavo lugar do Oeste.

Draymond Green também fez sua parte: marcou seu triplo duplo e liderou a defesa californiana. O primeiro rival no play-in pode ser o Los Angeles Lakers, de LeBron James, arquirrival da fase da dinastia. Do lado dos Pelicans, a luta pelo play-in está cada vez mais dura. A distância para o San Antonio Spurs, 10º colocado, aumentou. E a notícia não é boa: eles terão Stephen Curry e os Warriors de novo pela frente nesta terça (4).

Confira os dados divulgados na íntegra no site do Globo Esporte

Campanhas

Pelicans: 29-36, em 11º no Oeste
Warriors: 33-32, em 9º no Oeste

Destaques

Pelicans
Zion Williamson (32 pontos e 8 rebotes)
Brandon Ingram (19 pontos)

Warriors
Stephen Curry (41 pontos e 8 assistências)
Draymond Green (10 pontos, 13 rebotes e 15 assistências)
Andrew Wiggins (26 pontos)

Estatísticas decisivas

Assistências
Pelicans 20
Warriors 31

Pontos em consequência de perdas de bola
Pelicans 17
Warriors 29

Arremessos de três
Pelicans 5/25 (20%)
Warriors 17/44 (38,6%)

Principais desfalques

Pelicans
Steven Adams (lesão no dedão do pé)

Warriors
Kelly Oubre (lesões na mão)

O jogo

Com 17 pontos de Stephen Curry no primeiro quarto (3 em 5 tentativas do perímetro), os Warriors iniciaram o jogo sem dar chances ao oponente.

O segundo quarto iniciou com placar de 39 a 21. A vantagem da equipe californiana chegou a 25, mas a reação veio em seguida. Os Pelicans foram para o intervalo com 12 pontos atrás.

A torcida dos Warriors chegou a temer pelo pior no terceiro quarto, quando Curry fez sua quarta falta e a vantagem chegou a apenas seis.

Mas a última parcial começou com diferença de 15 (95 a 80) e a confiança dos Pelicans na descendente. Com boa defesa e aproveitamento de arremessos elevado, o trabalho estava feito.

Números e curiosidades

As equipes duelam novamente, nesta terça-feira (4), na casa dos Pelicans. Ainda haverá um terceiro jogo no dia 14, em San Francisco.

As últimas seis partidas dos Warriors na temporada regular são em casa.

Curry anotou 30 pontos ou mais em 16 dos últimos 18 duelos.

Lonzo Ball fez sua maior pontuação da carreira no último sábado (1): 33 pontos contra o Minnesota Timberwolves, com oito bolas de três. Na noite de ontem, marcou apenas 7, com uma bola de três.

Andrew Wiggins é o único atleta dos Warriors a atuar em todas as 64 partidas da temporada. Stephen Curry e Draymond Green atuaram em 56 cada.

LEIA MAIS

Brooklyn Nets bate o Indiana com a força do melhor elenco da NBA

- Advertisment -

Popular

Após 22 anos, Grêmio marca 8 gols em um único jogo

Tricolor repetiu resultado de 1999, pelo Gauchão A noite desta última quinta-feira (6), foi histórica. Não pela grandiosidade do oponente ou da competição, mas o...

NBA tem recorde de Raulzinho, lesão de Davis, Bush na torcida e show de Curry

Brasileiro tem sua melhor partida na NBA, pivô volta a preocupar os Lakers, e ex-presidente dos Estados Unidos vai à arquibancada Sete jogos movimentaram a...

Palmeiras vence e elimina Santos, que corre risco de rebaixamento

Com a derrota, o Santos joga sua vida na elite do futebol paulista contra o São Bento. Caso perca, o Peixe será rebaixado pela...

Fluminense empata com o Junior Barranquilla e segue líder do seu grupo

Após saga para chegar a Guayaquil, time comandado por Roger Machado consegue empate com gol do garoto Kayky Depois de uma verdadeira saga para chegar...