Home Futebol Cuca não garante permanência no Santos e lamenta vice: "Coração muito dolorido"

Cuca não garante permanência no Santos e lamenta vice: “Coração muito dolorido”

O técnico Cuca, em entrevista nesta quarta-feira, não garantiu permanência no Santos para a próxima temporada.

Depois do empate por 3 a 3 com o Grêmio, em Porto Alegre, o treinador foi questionado se já comunicou à diretoria uma decisão sobre seu futuro. E não cravou a renovação do contrato, que termina no fim de fevereiro, quando também se encerra a participação do Santos no Campeonato Brasileiro.

– Eu tenho contrato até o dia 24 (na verdade, a última rodada é dia 25). Vou suar sangue cada minuto até o dia 24. Depois a gente vê o que faz – disse Cuca.

Foi a primeira manifestação de Cuca depois da perda do título da Libertadores para o Palmeiras, sábado passado, no Maracanã.

– O importante hoje é estar com a cabeça boa, como estou, mesmo com o coração muito dolorido como estou. Você não tem ideia. Mas estamos nos levantando juntos – comentou.

O técnico também falou sobre a expulsão na final da Libertadores, minutos antes de o rival abrir o placar no Maracanã. Cuca recebeu o cartão vermelho depois de disputar, com o lateral-direito Marcos Rocha, do Palmeiras, uma bola que havia saído pela lateral. Ele acredita que foi injustiçado com a punição.

– O treinador sair expulso da maneira como saí, injustamente, porque eu não fiz nada… E se eu fizesse, eu falaria. Eu não fiz nada. Dominei uma bola como sempre faço. Acabei que caí. Também acho que o Marcos Rocha não fez muita coisa para criar a celeuma que o árbitro criou. Isso foi uma coincidência horrível que aconteceu. Não tem nada a ver com desestabilizar.

Apesar da dor pelo vice da Libertadores, Cuca viu pontos positivos no empate com o Grêmio. O principal foi a entrega dos jogadores, mesmo com um a menos no fim do segundo tempo.

– Eles têm de tirar isso (o vice da Libertadores) como lição. Não tem coitadinho, nada. Estávamos com ânimos renovados, buscamos o empate com um jogador a menos. Esses meninos estão de parabéns. Acho que todo torcedor santista tem de ter orgulho deles – completou Cuca.

Com o empate em Porto Alegre, o Santos foi a 46 pontos, momentaneamente em oitavo, a sete pontos do Grêmio, que fecha o atual grupo de classificados para a Libertadores. Pode surgir, porém, mais uma vaga: se o próprio Grêmio ganhar a Copa do Brasil (está na final contra o Palmeiras) e ficar entre os sete primeiros do Brasileirão.

Marinho e Soteldo ainda são dúvidas para a próxima rodada

Os atacantes Marinho e Soteldo, com um edema no joelho esquerdo e dores no músculo adutor da coxa direita, respectivamente, ainda são dúvidas para o próximo jogo.

Em contrapartida, Cuca já sabe que não poderá contar com o lateral-direito Madson, que levou o terceiro cartão amarelo nesta quarta-feira, e o volante Sandry, expulso contra o Grêmio.

Portanto, uma provável escalação do Santos para o jogo contra o Atlético-GO é: John, Pará, Laércio, Luan Peres e Felipe Jonatan; Vinicius Balieiro, Alison e Jean Mota; Lucas Braga (Marinho), Kaio Jorge e Arthur Gomes (Soteldo).

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Flamengo vence Bauru e se mantém na liderança do NBB

Infiltrado no garrafão e cavando lances livres, o Flamengo conseguiu virar o jogo diante do Bauru depois de tomar um susto no segundo quarto Em...

Coritiba encerra negociações e “entrega” acerto de Miranda com o São Paulo

Em nota, Coritiba diz que o zagueiro Miranda quis um clube "com maior calendário esportivo e que proporcione a disputa da Libertadores ainda nesta...

Megan Anderson encara Amanda Nunes no sábado

Australiana cita envergadura e potência física como desafios à luta contra a brasileira Megan Anderson vai tentar neste sábado (6) fazer o que dez outras...

Vendido para o Porto, Pepê tem chance de marcar nome antes da despedida ao Grêmio

Atacante é vice-artilheiro do clube gaúcho na temporada e não marca há quatro partidas A relação de sucesso entre Pepê e Grêmio já tem data...