Home Basquete Fuller anota 27 pontos, Corinthians surpreendente e vence Flamengo no NBB

Fuller anota 27 pontos, Corinthians surpreendente e vence Flamengo no NBB

Depois de ficar 20 dias sem atuar devido a um surto de Covid-19 em seu elenco, o Corinthians obteve na noite desta terça-feira uma das vitórias mais surpreendentes da atual temporada do NBB. O time alvinegro bateu o Flamengo por 83 a 69 e impôs à equipe carioca sua segunda derrota no torneio.

Para vencer, os corintianos contaram com 27 pontos de Kyle Fuller, 15 de Siewert e 13 de Miller. Além disso, ajudou muito o percentual baixíssimo de bolas três pontos do Flamengo: foram apenas três tiros convertidos em 30 tentados, um índice de 10%. Yago foi quem se saiu um pouco melhor no ataque, com 13 pontos marcados.

Neste mês, o Corinthians viu oito jogadores de seu elenco contraírem Covid-19, o que forçou a perda de duas partidas por W.O.. O clássico desta terça foi o primeiro desde então.

A partida, inicialmente marcada para começar às 20h, foi atrasada em 15 minutos por causa das fortes chuvas que atingiram São Paulo nesta terça-feira. Depois, o duelo ainda levou mais tempo para começar por causa de problemas na mesa de controle de jogo.

Quando, enfim, a bola subiu, o Corinthians quis mostrar serviço e peitar o todo-poderoso Flamengo, detentor da melhor campanha do campeonato. O peruano Fuller anotou nove dos 13 primeiros pontos do time alvinegro, que manteve uma liderança (13 a 12) até faltarem três minutos para o fim do primeiro quarto.

A entrada da segunda rotação, com Franco Balbi e Marquinhos, melhorou o volume ofensivo do Rubro-Negro, que com uma corrida de dez pontos fechou a primeira parcial com 22 a 15 no placar, mesmo com nenhuma bola de três pontos convertida em dez tentadas.

O Corinthians conseguiu reequilibrar as ações no segundo quarto e teve um sequência de sete pontos marcados e apenas dois sofridos para encostar no marcador (24 a 22 e depois 26 a 24 para o Flamengo).

Enquanto os cariocas amassavam o aro nos tiros de três (chegaram a ter 0/15 no fim do segundo quarto), o Corinthians se aproveitou. Com uma bola do perímetro de Miller, virou o marcador (27 a 26).

O armador rubro-negro Yago devolveu em seguida e, com a primeira bola de três de sua equipe, retomou a liderança (29 a 27). Depois, com cestas de Rafael Hettsheimeir e Marquinhos, o Flamengo conseguiu manter uma vantagem mínima e foi para o intervalo com 33 a 31 no placar.

O terceiro quarto começou no estilo tiroteio. O Corinthians emplacou uma sequência de bons ataques e chegou a ostentar dianteira de 41 a 37 no placar, a sua maior no jogo – mais uma vez carregado por Fuller, com sete pontos nos primeiros minutos do período.

O Flamengo melhorou seu percentual de tiros de quadra, graças a ataques arrematados por Hettsheimeir e Jhonatan. Mas nem isso foi capaz de controlar a fúria alvinegra. Com 5min50s por jogar, o time paulistano chegou a sete pontos de frente (47 a 40).

Com 21 a 13 no placar da parcial, o Corinthians segurou as tentativas de reação do adversário seguiu à frente (52 a 46).

Liderado pelos seis pontos de Fuller, três de Arthur e dois de Vezarinho, o Corinthians estendeu a folga no placar e chegou a ostentar 15 pontos de liderança (63 a 48) no começo da última parcial. Do outro lado, o Flamengo prosseguiu na penúria dos três pontos: até a metade do quarto período, eram apenas 12% de aproveitamento (três convertidos em 25 tentados).

Apático, o Rubro-Negro não teve forças para buscar uma reviravolta e se viu vítima de seu péssimo aproveitamento ofensivo. Sem nada a ver com isso, o Corinthians alargou a vantagem se garantiu um grande triunfo após dois W.O. consecutivos.

- Advertisment -

Popular

Fred sonha com vaga direta do Fluminense na Libertadores

Camisa 9 lembra desconfiança sobre elenco no início da temporada: "Serviu para nos fortalecer" Oito anos depois, o Fluminense está de volta à Libertadores. E mais uma...

Joia do Bayern, Musiala decide defender seleção da Alemanha

Com dupla nacionalidade, meia-atacante de quase 18 anos se tornou o inglês mais jovem a marcar na Liga dos Campeões na vitória bávara sobre...

Veja a lista dos concorrentes na 22ª edição do Prêmio Laureus

Lista não tem brasileiros. Astros e estrelas como LeBron, Hamilton, Nadal e Naomi Osaka concorrem. Bayern de Munique e Liverpool disputam melhor equipe do...

Veja os recordes que Djokovic bateu e quais marcas ainda podem ser batidas

Sérvio já está entre os maiores da história do tênis Campeão do Australian Open pela nona vez, Novak Djokovic já atingiu alguns recordes históricos no...