Pular para o conteúdo

Com apoio da FIFA, gigantes europeus iniciam projeto para substituir a Champions

    Reprodução site premierleague.com

    Mais de 12 clubes das cinco principais ligas do continente planejam começar o torneio em 2022 no lugar da atual Liga dos Campeões

    Com apoio da FIFA, 12 gigantes do futebol mundial lançaram nesta semana um projeto para substituir a atual Champions League. Liderado por Manchester United e Liverpool e com apoio financeiro do banco Wall Street JP Morgan — que entrou com um pacote de financiamento de US$ 6 bilhões (R$ 33,5 bilhões na cotação atual) –, além de vários outros clubes da Europa, a ideia é criar um novo torneio continental.

    Outros bancos devem se juntar ao financiamento do novo projeto, que se tornaria uma das competições anuais de esportes coletivos mais ricas do mundo.

    Segundo o canal Sky Sports, pelo menos 12 clubes das grandes ligas do continente (Alemão, Espanhol, Francês, Inglês e Italiano) estão dispostos a se tornarem membros fundadores da competição, com data para começar em 2022.

    Vale lembrar que os gigantes ingleses propuseram o projeto à Premier League, mas a FA (Football Association) rechaçou a ideia.

    A emissora inglesa trata a nova liga como “bombástica” e “monstruosa”, que reuniria de 16 a 18 clubes para um torneio totalmente patrocinado pela FIFA e que remodelaria completamente o cenário mundial do futebol.

    A FIFA está diretamente ligada ao projeto da competição, que deve ser disputada paralelamente às ligas nacionais. A ideia é que seja o torneio mais bem pago da Europa e que a fase final seja disputada em fase eliminatória. O plano é que o o prêmio seja de “centenas de milhões de libras”.

    LEIA MAIS: CR7 no PSG? Juventus prepara oferta de R$2 bi por Mbappé e quer envolver CR7

    A ‘Premier League Europeia’ provavelmente contará com 16 ou 18 times – o que significa um provável mínimo de 30 jogos para cada clube, com base em um formato de round-robin em casa e fora numa temporada regular e um breve mata-mata para definir o campeão. – embora isso esteja entre os detalhes sendo finalizado antes de um anúncio formal.

    A SkySports revelou quais clubes estariam interessados em participarem da liga. São eles: Arsenal, Chelsea, Manchester City, Tottenham, Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid, Paris Saint-Germain, Juventus e Bayern de Munique.

    Se as discussões forem concluídas com sucesso, a ‘Premier League Europeia’ usurpará efetivamente a competição da Liga dos Campeões da UEFA, que tem sido um esteio do calendário futebolístico do continente por décadas. Não ficou claro se o novo torneio teve o apoio da UEFA, o órgão que governa a Europa, embora alguns especialistas afirmem que não.

    Caso haja o apoio da UEFA, é provável que seja revelado como uma versão melhorada da Liga dos Campeões e um exemplo de cooperação sem precedentes entre dois órgãos dirigentes que historicamente se encontram em oposição em questões-chave que afetam a governação global do futebol.

    Para fontes ouvidas pela “BBC”, ainda há um longo caminho a percorrer e o negócio pode não acontecer.

    LEIA MAIS

    MP que concedia direitos a mandantes perde validade