Home Mais Esportes Chase Elliott consegue a vitória na NASCAR Cup em Martinsville

Chase Elliott consegue a vitória na NASCAR Cup em Martinsville

Com a incrível vitória por 6.5 segundos sobre Ryan Blaney, Elliott irá disputar a final pela primeira vez

Uma temporada atípica da Nascar Cup Series ganhou um desfecho de certa forma surpreendente após a 35ª e penúltima etapa da temporada, a Xfinity 500. Kevin Harvick (Ford Mustang #4/Stewart-Haas Racing), que venceu nove corridas e dominou a fase regular, não está entre os quatro finalistas que correrão pelo título no próximo domingo, em Phoenix.

A última corrida antes da grande final da Nascar, aconteceu no oval de Martinsville. Ao todo 500 voltas e um sonho, avançar para decisão da Cup Series. Sete pilotos disputavam a vaga e para alguns somente a vitória faria este sonho se tornar realidade. Outros pilotos precisavam fazer uma corrida regular na parte da frente do pelotão para conseguir a vaga. E essas duas coisas aconteceram nesta corrida.

Kevin Harvick, Denny Hamlin e Brad Keselowski avançariam a final por pontos se fossem regular durante toda a corrida. Os três avançariam se nenhum piloto atrás deles vencesse. Chase Elliott, Alex Bowman, Martin Truex Jr e Kurt Busch passariam a final se ganhassem a corrida.

LEIA MAIS: Max Verstappen perde a chance de ser o campeão mais jovem da história da Fórmula 1

O piloto Chase Elliott conseguiu uma vitória impressionante de 6.577 segundos de vantagem sobre Ryan Blaney. Assim, ele ganhou uma posição final dos playoffs na próxima semana. A corrida também foi marcada pela eliminação dos playoffs do campeão da temporada regular e vencedor de nove corridas Kevin Harvick. O piloto teve que tentar ultrapassar o campeão da série em 2019, Kyle Busch, por uma posição para poder avançar para a corrida do título na próxima semana. Em vez disso, os carros bateram depois do contato e Harvick terminou em 17º.

Com essa vitória, Elliott se junta a Joey Logano, da Penske, que avançou para a corrida do título com uma vitória há duas semanas no Kansas. Denny Hamlin, da Joe Gibbs, vencedor de sete corridas, se classificou com um 11º lugar em Martinsville, e Brad Keselowski, companheiro da equipe Penske, que terminou no quarto domingo, foi o último piloto a ganhar uma oportunidade no campeonato.

O piloto Chase Elliott, que liderou a corrida em 236 das 500 voltas, assumiu a liderança com 43 voltas para o final após passar Martin Truex Jr. “Muito orgulhoso! Estar encurralado em um canto como aquele e ter que vencer esta noite, eu sinto que é isso que estamos perdendo nos últimos quatro dos cinco anos. Para atuar quando não temos escolha. E para fazer isso esta noite, eu não poderia pedir uma noite melhor. É simplesmente irreal”, disse Elliott após a corrida.

Depois de assumir a liderança, Elliott foi capaz de abrir vantagem de seus companheiros de equipe Blaney, Logano e Keselowski, que terminaram em segundo, terceiro e quarto, respectivamente. Os pilotos dos playoffs Kurt Busch e Alex Bowman, ambos precisando de uma vitória para avançar, terminaram em quinto e sexto, seguidos pelos companheiros de equipe da Stewart-Haas de Harvick, Aric Almirola e Clint Bowyer. Matt DiBenedetto completou o top 10.

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Conheça a origem do futsal

O futsal, também conhecido como futebol de salão, é uma modalidade de esporte que se adaptou do futebol de campo para as quadras. O...

O que é atletismo e suas modalidades?

O que é atletismo? Em tempos de Olimpíadas, o atletismo entra em pauta de jornais, programas de TV e no entretenimento da população. Mas, afinal,...

Saiba quem é o 4 de Julho, rival do São Paulo na Copa do Brasil

Clube piauiense recebe o Tricolor do Morumbi nesta terça, às 21h30. Com folha de R$ 140 mil/mês, time soma quase R$ 3 milhões de...

Carlo Ancelotti é o escolhido para ser o novo técnico do Real Madrid

Com contrato com o Everton, da Inglaterra, até 2024, técnico italiano assume a liderança da fila de mais cotados para substituir Zidane Jornais da Espanha,...