Pular para o conteúdo

Campinas tira Araraquara da briga pelo título do Paulista feminino de basquete

Damiris faz mais um duplo-duplo por Campinas

Damiris faz 11 pontos no quarto período e termina com duplo-duplo de 26 pontos e 12 rebotes

Sesi/Araraquara lutou ao máximo até a última bola por uma vaga na decisão do Campeonato Paulista feminino de basquete, porém não resistiu à pressão do líder Campinas no quarto período, quando a pivô Damiris explodiu com 11 pontos para dominar a virada na reta final. O placar de 71 a 69 favorável ao Campinas na noite de ontem (15), no Gigantão, elimina o Araraquara da grande briga pelo título.

Caso saísse com a vitória, o Sesi Araraquara faria a final em uma única partida com o Campinas no sábado (19). Agora, o adversário de Campinas, com a vaga garantida desde a rodada passada, vai sair no jogo entre Ituano e Santo André, nesta quarta-feira (16), com mando do Ituano. Quem vencer garantirá a classificação.

Damiris encerrou a partida como cestinha, com direito a um duplo-duplo de 26 pontos e 12 rebotes, e também contou com a ajuda luxuosa de Paty, que marcou 23 pontos e teve 55% de aproveitamento nos arremessos de três (cinco convertidos em nove tentativas).

Defendendo o Sesi/Araraquara, a armadora Tainá Paixão foi o principal nome e a quem mais pontuou na equipe com 17 pontos. Ela ainda teve a oportunidade derradeira, no estouro do cronômetro, quase do meio da quadra, porém a bola não caiu.

Mariane e Sil, com 14 e 15 pontos, respectivamente, também se sobressaíram pelas donas da casa, que ficam pelo caminho com quatro derrotas em seis partidas nesta segunda fase. Já Campinas finalizou com cinco vitórias. Ao logo de todo o jogo, o time sofreu somente um revés em 12 compromissos.

Sobre o jogo

Sesi/Araraquara demonstrou espírito de decisão desde o primeiro quarto quando iniciou abrindo 4 a 0 com uma defesa forte nos ataques do Campinas. Damiris respondeu na sequência com oito pontos seguidos para colocar as visitantes na frente.

Araraquara recuperou o placar por 13 a 12 em uma jogada de Tainá Paixão com bandeja e lance livre de bonificação. A armadora ainda marcou mais dois pontos para dar ao Sesi a vantagem de 15 a 12 ao término do primeiro período.

As equipes permaneceram trocando pontos ao longo do segundo quarto, principalmente em arremessos de três na reta final, com Paty e Jeanne pelo Campinas e Mariane e Gabriela do Sesi, que foi para o vestiário comandando por 30 a 28.

A segunda etapa foi ainda mais impressionante. Depois de falhar em uma bandeja livre de contra-ataque, Paty compensou em grande estilo com dois tiros de três seguidos para virar o placar: 36 a 35.

Campinas chegou a marcar 40 a 36, mas Araraquara respondeu e abriu nove pontos na reta final: 52 a 43. O terceiro período finalizou com uma diferença de cinco pontos para as donas da casa depois que Paty marcou mais um chute de três nos últimos segundos: 52 a 47.

Outro arremesso de três para o Campinas, de Damiris que deixou o duelo ainda mais apertado: 52 a 50. As equipes se alternaram na ponta do placar. Tássia, até então zerada, marcou quatro pontos seguidos para igualar em 59 a 59.

A 1m31s do fim, o placar apontava 65 a 63 para Campinas. Araraquara perdeu a chance de um ataque quando as visitantes venciam por 67 a 53. Babi se posicionou na linha de lance livre, mas errou os dois. Só que Damiris pegou o rebote, sofreu falta e colocou o Campinas novamente na frente.

Araraquara diminuiu a vantagem do adversário em 69 a 66 após chute de três. Juliana ainda foi para o lance livre com o duelo em 70 a 66 para o Campinas, fez um só, mas Mariane roubou a bola na reposição errada de Babi e levou a diferença para um ponto, a sete segundos: 70 a 69.

Com a posse do Campinas, Araraquara fez falta rapidamente e levou Maila à linha de lance livre. Ela marcou apenas um. Com 71 a 69, Tainá Paixão ainda teve a chance derradeira no estouro do cronômetro, quase do meio da quadra, mas a bola não caiu.

LEIA MAIS

Antetokounmpo diz que “LeBron é o melhor jogador do mundo”