Pular para o conteúdo

Campeonato Pernambuco terá novo formato

Foto: ge

Primeira rodada do A2 do Pernambuco teve três dos seis times perdendo por W.O

O Campeonato Pernambucano já está de volta. Com reestreia no dia 18 deste mês, será disputado entre 13 equipes concorrendo a duas vagas para jogar na série A1 da disputa estadual de 2020.

A primeira rodada foi entre os times Cabense e Íbis, América e Ferroviário do Cabo pelo grupo A. Ipojuca e Porto, Timbaúba e Centro Limoeirense pelo grupo B. Sete de Setembro e Primeiro de Maio, Ypiranga e Pesqueira pelo grupo C.

Evandro Carvalho, presidente da Federação Pernambucana de Futebol, falou sobre a expectativa da competição, tendo em vista o novo formato com o mesmo número de equipes nas duas divisões. De acordo com o dirigente, com esta nova organização, o torneio poderá ficar “mais profissional”.

“Essa competição será a primeira que nós vamos televisionar uma nova formatação mais profissional da competição para gerar receita, até porque nós conseguimos estabelecer o limite ideal que são 10 clubes da série A e 10 na B. Agora conseguimos ter um tratamento com bastante qualidade, de dar um polimento na competição. Deixar a competição melhor para poder gerar patrocínio, visibilidade e televisionamento”, falou o presidente.

Nesse novo modelo, a Copa Pernambuco seria a terceira divisão do estadual de 2021. Isso significa que com o rebaixamento de Petrolina e Decisão neste ano, a ideia é que subam dois do A2 e que os três últimos classificados desta competição sejam rebaixados para a Copa Pernambuco do ano que vem. Com isso, permanecerão 10 equipes nas duas primeiras divisões.

Saiba também:

Foi determinado que devido a pandemia da Covid-19, todos os confrontos do campeonato não terão a presença do público nos estádios. Além disso, as equipes terão que seguir o protocolo da FPF para entregar os exames do novo coronavírus antes do início da partida. Segundo o presidente, apenas um time está com dificuldades para se regularizar na competição, mas tudo está “direcionado”.

“Todos os clubes apresentaram os testes de Covid, o único time que está com dificuldade é o Timbaúba, que até ontem ainda tinha dificuldades no registro de atletas. Mas deve ocorrer hoje, aí eles realizam os exames. Os outros estão regulares, já fizeram os exames da Covid-19 e fizeram as apresentações das autorizações dos jogos nos estádios. Há pequenos detalhes, mas está bem encaminhado”, finalizou Evandro.

Campeonato Pernambuco: a primeira rodada

As primeiras disputadas na rodada do Campeonato Pernambuco da Séria A2 foi repleta de impasses. Teve de tudo: equipes entrando em campo com só 9 jogadores, times perdendo por W.O, time com apenas um jogador no banco de reservas. E pra deixar a rodada mais interessante, o Íbis venceu de goleada.

Times incompletos

O Ipojuca que enfrentou o Porto tomou de 3 a 1 em casa. O curioso foi a escalação da equipe Ipojuca que mandou só 9 jogadores a campo. Sem ter como fazer substituições e com dois jogadores a menos, a equipe do Porto saiu no lucro no placar.

América e Ferroviário do Cabo realizaram o jogo mais movimentado da rodada. As equipes empataram por 2 a 2 no estádio do Arruda, pelo grupo A. Para esta disputa, o Ferroviário compareceu apenas com 13 jogadores, restando 2 no banco de reservas.

W.O

Dos 6 jogos marcados para a primeira rodada do campeonato, apenas 3 tiveram bola rolando. As disputas entre Timbaúba x Centro Limoeirense, Sete de Setembro x 1º de Maio, e Ypiranga x Pesqueira, terminaram com W.O.

Timbaúba e Pesqueira fizeram a disputa porque não conseguiram regularizar os jogadores no BID para a primeira rodada. No caso de 1º de Maio, o time de Petrolina não foi a campo contra o Sete de Setembro porque 8 atletas testaram positivo para o novo coronavírus.

Goleada do Íbis

O Íbis goleou o Cabense por 4 a 0 jogando fora de casa. Seu adversário regularizou somente 12 jogadores ficando apenas 1 no banco. A única substituição foi feita aos 12 minutos do segundo tempo com a saída de Jhonata para a entrada de Gabriel.

 

Redação Jornal Esportes