Home Basquete Bradley Beal marca 60 pontos, mas Wizards perdem para os 76ers

Bradley Beal marca 60 pontos, mas Wizards perdem para os 76ers

A certa altura, ninguém parecia segurar Bradley Beal. Se o Washington Wizards conseguiu se manter na briga diante do Philadelphia 76ers, o mérito foi praticamente todo dele. Mas, no fim, faltou gás. Com 60 pontos, mas apenas três no último quarto, Beal não conseguiu evitar a derrota da equipe para a franquia da casa: 141 a 135. Os Sixers, então, seguem com a melhor campanha da Conferência Leste.

Para se ter uma ideia da dependência dos Wizards ao jogo de Beal, o segundo maior pontuador da equipe foi Davis Bertans, com 17 pontos. Russell Westbrook fechou o jogo com 16. O astro, porém, passou parte do último quarto no banco e, quando voltou à quadra, não conseguiu manter o mesmo ritmo.

“Estou chateado, qualquer um dos pontos altos da minha carreira, meu time está perdendo, então eu não dou a mínima. Você pode jogar pela janela com os outros dois ou três que tive. Eu só quero ganhar. Às vezes você pode conseguir 40, 50, 60, seja qual for o caso, mas eu só quero ganhar, seja o que for”, afirmou o jogador, que chegou ao seu quarto jogo na carreira acima dos 50 pontos.

Além do recorde pessoal, Beal também se tornou o jogador com mais pontos em uma partida na história dos Wizards. Essa marca pertencia a Gilbert Arenas, que marcou 57 pontos em uma partida de 2006.

Na mesma entrevista, Bradley Beal ainda falou sobre o ocorrido na tarde que antecedeu a partida, quando manifestantes pró Donald Trump invadiram o Capitólio em Washington para impedir o trâmite de consolidação da eleição de Joe Biden como presidente. Segundo o jogador, a polícia local teria agido diferente se os cidadãos que causaram o fato fossem negros.

“É muito desanimador de várias maneiras, por causa apenas da falta de senso de urgência para responder ao que estava acontecendo contra [o que aconteceu com] os manifestantes do Black Lives Matter durante o verão [americano]. Aquilo foi um destaque direto de todo o mundo. Todos se dirigiram o mesmo problema (…) Me desanima ver como está nosso país”, completou.

A partida do Philadelphia 76ers foi mais equilibrada. Joel Embiid, com 38 pontos, foi o maior pontuador. Seth Curry, com 28, veio logo atrás.

O brasileiro Raulzinho começou no banco e entrou durante a partida, mas não brilhou. Apesar da cesta de três logo no início de sua participação, não conseguiu marcar presença.

Os Wizards voltam à quadra contra o Boston Celtics, na próxima sexta-feira, na casa dos rivais. Os Sixers, por sua vez, vão à quadra um dia antes, na quinta-feira, contra o Brooklyn Nets, também fora de casa.

Destaques

Washington

Bradley Beal: 60 pontos, sete rebotes, cinco assistências, 20-35 em arremessos, 7-10 em três pontos
Russell Westbrook: 20 pontos, 12 assistências, oito rebotes, cinco erros de ataque
Davis Bertans: 17 pontos, quatro rebotes
Thomas Bryant: 11 pontos, seis rebotes

Philadelphia

Joel Embiid: 38 pontos, oito rebotes, cinco assistências, três roubadas, três bloqueios, 13-13 em lances livres, cinco erros de ataque
Seth Curry: 28 pontos, cinco rebotes, 6-7 em três pontos
Ben Simmons: 17 pontos, 12 assistências, seis rebotes
Tobias Harris: 19 pontos, sete rebotes
Shake Milton: 19 pontos
Danny Green: 15 pontos, cinco assistências, 5-8 em três pontos

76ers: 7V, 1D (1° no Leste)
Wizards: 2V, 6D (13° no Leste)

LEIA MAIS

- Advertisment -

Popular

Suns vencem e adiam classificação dos Blazers aos playoffs

Devin Booker acerta dois lances livres no final e da vitória aos locais sobre o Portland por 118 a 117 Com um final de arrepiar,...

Jardine convoca Claudinho, Pedro e Gerson para a seleção olímpica

Atletas do Flamengo e atleta do Bragantino são novidades na lista de convocados para a próxima Data Fifa O treinador André Jardine anunciou nesta sexta-feira...

Corinthians fracassa ao apostar no Paulistão como único caminho viável

Timão usa equipe B contra Peñarol e cai na Sul-Americana Muita gente lamentou quando o Corinthians ficou fora da zona de classificação da Libertadores via Brasileirão-2020. Mas...

NBA: volta de Harden e estreia de Didi agitam a rodada

Noite de quarta-feira também tem homenagem a Varejão e suor dos Lakers sem LeBron e Davis Depois de mais um mês fora das quadras, James...