Home Futebol Bayern anuncia a contratação do treinador Julian Nagelsmann

Bayern anuncia a contratação do treinador Julian Nagelsmann

Técnico de apenas 33 anos assume comando da equipe a partir de 1º de julho no lugar de Hansi Flick

O Bayern de Munique anunciou nesta terça-feira (27) a contratação do treinador Julian Nagelsmann, do RB Leipzig. Nascido na Bavária e com apenas 33 anos, o novo técnico terá vínculo com o clube até 30 junho de 2026 e assume o comando da equipe a partir de 1º de julho.

O Bayern não divulgou o valor da multa de Nagelsmann, que tinha contrato com o Leipzig por mais dois anos, mas especula-se na imprensa alemã que o jovem treinador tenha sido liberado por cerca de 25 milhões de euros (aproximadamente R$ 165 milhões).

Julian Nagelsmann chega para substituir o lugar de Hansi Flick, treinador que assumiu o Bayern de Munique em novembro de 2019 e conquistou seis títulos na última temporada, entre eles a Liga dos Campeões e Mundial de Clubes. Flick, que ainda tinha contrato até 2023, pediu para deixar o clube por conta de um possível acerto para ser técnico da seleção alemã após a disputa da Eurocopa, uma vez que Joachim Löw já anunciou que deixará o cargo após o término do torneio.

“Julian Nagelsmann representa uma nova geração de treinadores. Apesar da pouca idade, ele tem uma carreira impressionante. Estamos convencidos de que, com Julian Nagelsmann, vamos construir sobre os grandes sucessos dos últimos anos”, disse Herbert Hainer, presidente do Bayern de Munique.

Quem é Julian Nagelsmann

Apesar de jovem, Julian Nagelsmann é quem comanda a equipe da Bundesliga há cinco anos, tendo inicialmente assumido o comando do Hoffenheim em 2016 com apenas 28 anos. Ele foi o treinador mais jovem da história da Bundesliga e conduziu o clube de uma posição na zona de rebaixamento para uma vaga na Liga dos Campeões.

Após o sucesso no Hoffenheim, onde passou quase três temporadas completas, mudou-se para o RB Leipzig. Ele liderou o clube na Liga dos Campeões e de lá conduziu-o à semifinal de 2019/20, na qual foi derrotado pelo Paris Saint-Germain.

Nesta temporada, ele mantém o Leipzig na briga pelo título a três rodadas do fim. Missão difícil, claro (a equipe precisa vencer suas três últimas partidas enquanto o Bayern precisa ser derrotado igualmente nessas três últimas rodadas).

Flick agradece ao Bayern

Em entrevista ao site do Bayern e divulgada na íntegra no site do Globo Esporte, Hansi Flick comentou sobre sua saída do clube, agradecendo dirigentes, entre eles Hasan Salihamidžić, diretor de futebol com quem teve desentendimentos. De acordo com a imprensa alemã, essa desavença teria sido uma das razões para ele deixar o clube (além, claro, da possibilidade de comandar a seleção da Alemanha).

“Os últimos dois anos serão inesquecíveis para mim. Gostei muito das emoções, das vitórias, dos títulos, mas também do trabalho diário em campo. Foi marcante. Mas um ponto negativo permanece: não fomos capazes de comemorar os maiores sucessos durante esse tempo com os torcedores. Eu senti falta dela em todos os jogos. Desejo à família do FC Bayern o melhor para o futuro. Não é uma frase vazia quando digo: ‘Foi uma grande honra para mim’”, disse Hansi Flick.

LEIA MAIS

Neymar prioriza conquista da Champions com PSG e esnoba Bola de Ouro: “Já nem ligo”

- Advertisment -

Popular

Após 22 anos, Grêmio marca 8 gols em um único jogo

Tricolor repetiu resultado de 1999, pelo Gauchão A noite desta última quinta-feira (6), foi histórica. Não pela grandiosidade do oponente ou da competição, mas o...

NBA tem recorde de Raulzinho, lesão de Davis, Bush na torcida e show de Curry

Brasileiro tem sua melhor partida na NBA, pivô volta a preocupar os Lakers, e ex-presidente dos Estados Unidos vai à arquibancada Sete jogos movimentaram a...

Palmeiras vence e elimina Santos, que corre risco de rebaixamento

Com a derrota, o Santos joga sua vida na elite do futebol paulista contra o São Bento. Caso perca, o Peixe será rebaixado pela...

Fluminense empata com o Junior Barranquilla e segue líder do seu grupo

Após saga para chegar a Guayaquil, time comandado por Roger Machado consegue empate com gol do garoto Kayky Depois de uma verdadeira saga para chegar...