Home Futebol Atlético-MG e Cuca farão reunião na tarde de hoje para definir retorno

Atlético-MG e Cuca farão reunião na tarde de hoje para definir retorno

Conversas passam por um contrato de dois anos

O treinador Renato Gaúcho era a primeira opção para o Atlético-MG substituir Jorge Sampaoli. Mas não deu jogo. Ainda que Renato não tenha chego a responder formalmente o convite, o Galo passou para outra frente: o retorno de Cuca, 10 anos após ele assumir a equipe pela primeira vez. Haverá reunião nesta terça (2), com grandes chances de anúncio.

Nas últimas horas, Atlético e Cuca se aproximaram. Ainda que não tenha acontecido nenhum acordo formal (o que perpassa pela reunião), a situação foi se consolidando. O Globo Esporte apurou que a ideia é de um vínculo de dois anos (2021 e 2022), com cláusula de renovação por mais uma temporada. Mesmo que haja outros nomes na lista de análise, hoje, apenas Cuca é uma situação de negociação na diretoria alvinegra.

O clube mineiro quer a volta do treinador, é um nome que agrada ao presidente atleticano Sérgio Coelho. Cuca ainda definirá se volta ou não, com tendência a aceitar. Para tanto, ele precisa superar uma fase de resolução de problemas pessoais, inclusive, situações de saúde atingindo familiares. O que pode passar por um prazo até ele começar os trabalhos no clube.

Na semana passada, Renato Gaúcho pediu um tempo para dar resposta ao Atlético. O empresário do comandante do Grêmio, Gerson Oldenburg, viajou até Belo Horizonte e se encontrou com um representante da cúpula alvinegra. Colheu informações, houve a conversa e o convite. Mas Renato ainda não tinha decidido sua vida no clube gaúcho. Tem a final da Copa do Brasil em 7 de março. O Atlético preferiu não aguardar.

O clube mineiro quer definir o quanto antes a situação do comando do time, que terá Libertadores a partir de abril, além da Copa do Brasil e do Brasileirão, depois da arrancada do Campeonato Mineiro com uma equipe alternativa. Cuca é na visão do clube, um nome forte, com identificação e especialista em montar times, além de garimpar reforços no mercado. Um “montador de elenco”.

Rodrigo Caetano está na frente do Atlético para acertar com o nome do substituto do argentino Jorge Sampaoli. Agora, Cuca virou o “plano A”. A apuração é de que a reunião não será em Belo Horizonte, e deve acontecer no período da tarde, após o almoço. Campeão pela Libertadores em 2013, Cuca chegou ao Atlético em 2011, na briga contra o rebaixamento. Foi vice do Campeonato Brasileiro 2012 e teve a glória máxima no ano seguinte.

Cuca está sem clube desde que decidiu deixar o Santos após o Brasileiro. Foi vice-campeão da Libertadores na vaga que Jorge Sampaoli, possivelmente seu antecessor no Atlético. Sampaoli, inclusive, foi quem sucedeu o Cuca no Peixe.

A saída do Galo na primeira passagem deixou “pontas soltas”, quando Cuca acertou com o Shandong Luneng na época em que estava no comando da equipe durante o Mundial 2013. A volta seria para fechar o relacionamento, com uma dívida trabalhista do clube mineiro – que não foi paga, mas também não virou litígio judicial – sendo resolvida neste contrato perto do acerto final.

“Acho ele um grande profissional, um excelente técnico, sempre faz bons trabalhos, arruma time. Transforma a equipe em equipe competitiva. Quando iniciei a carreira como atleta, eu estava iniciando, o Cuca era atleta do Grêmio e eu estava na categoria de base. Ele, como treinador e figura humana, espetacular. E um vencedor aqui no Galo”, havia dito Rodrigo Caetano, ao canal “BH Sports” e divulgado na íntegra no site do Globo Esporte, na última sexta-feira (26).

LEIA MAIS

Cuca não garante permanência no Santos e lamenta vice: “Coração muito dolorido”

- Advertisment -

Popular

No Fluminense, Martinelli vai para 1ª Libertadores com Europa de olho

Titular absoluto com apenas 19 anos, volante recebe sondagens de clubes da Inglaterra antes do torneio de maior vitrine Em cinco meses, tudo pode mudar....

Anderson Silva reconhece favoritismo de Julio Cesar Chávez Jr. em confronto do dia 19 de junho

Spider exalta oponente, mas vê chance de conseguir nocaute Depois de deixar o Ultimate, Anderson Silva assinou contrato para enfrentar Julio Cesar Chávez Jr. em...

Miami bate Lakers e vence a quinta em seis jogos

Time da Califórnia não é páreo para Butler e Oladipo, que deixa a quadra com lesão no joelho Jogando em casa, o Miami Heat completou...

F1 2021: salário de Hamilton encolhe R$ 57 mi, mas ainda é o maior

Receita do atual campeão cai de R$ 225 milhões, em 2020, para R$ 168 milhões no novo contrato; Vettel também tem redução drástica com...