Pular para o conteúdo

Anthony Pettis anuncia saída do UFC

    Anthony Pettis na pesagem do UFC 241, em 2019: ex-campeão vai se testar em outras organizações

    Ex-campeão dos leves avisa: “Prometo que não acabei”

    Mais um grande nome anuncia na noite de terça-feira (22), sua saída do UFC. O ex-campeão peso-leve Anthony Pettis, o “Showtime”, escreveu nas redes sociais que testará o mercado de passe livre após o encerramento de seu contrato com a organização. Ele segue os passos de seu irmão caçula, Sergio Pettis, que deixou o Ultimate em 2019 ao final de seu vínculo.

    “Após 12 anos, eu decidi me separar do UFC e explorar o mercado de passe livre”, postou Pettis nas redes sociais. Os 12 anos a que o lutador se refere incluem sua passagem pelo WEC, evento extinto em 2010 no qual também foi campeão dos leves.

    Anthony Pettis, 33, ocupa atualmente o 12º lugar no ranking do peso-meio-médio (até 77kg), categoria a que ascendeu em 2019. O americano já foi considerado um fenômeno do MMA e chegou a estampar até a capa de uma famosa marca de cereais dos EUA. Ele iniciou sua carreira com nove vitórias seguidas e se consagrou no WEC entre 2009 e 2010.

    Na última luta da história do WEC, em dezembro de 2010, conquistou o cinturão dos pesos-leves ao derrotar Benson Henderson e acertar o “Showtime Kick”, golpe em que pega impulso na grade e chuta a cabeça do rival. O lance se tornaria parte obrigatória de qualquer vídeo de melhores momentos do MMA.

    O WEC foi extinto em seguida e seus lutadores foram absorvidos pelo UFC. Anthony Pettis chegou ao evento cheio de expectativas, mas foi derrotado para Clay Guida na estreia. Ele venceu suas três lutas seguintes para receber a chance de disputar o cinturão, novamente contra Benson Henderson, e venceu por finalização, em agosto de 2013.

    Pettis, contudo, só defendeu o cinturão uma vez, em 2014, após lidar com lesões que o impediram de ser mais ativo. Em março de 2015, ficou sem o título para Rafael dos Anjos e com ele, muito do brilho que tinha. O americano sofreu três derrotas consecutivas, desceu aos pesos-penas em busca de uma nova disputa de título, mas não atingiu o peso e acabou perdendo a luta para Max Holloway. Nos últimos anos, alternou vitórias e derrotas e subiu ao peso-meio-médio, onde venceu suas últimas duas lutas, contra Donald Cerrone e Alex Morono.

    Com um cartel de 24 vitórias e 20 derrotas, mas ainda jovem, Pettis deve receber bastante interesse de outras organizações. Seu irmão mais novo Sergio está atualmente no Bellator, onde venceu suas duas lutas até o momento. Depois do anúncio inicial de sua saída, o lutador escreveu um longo comunicado nas redes sociais, onde agradeceu aos fãs e à equipe do UFC pelos anos de apoio. Apesar de não dar pistas sobre seu destino, garantiu que não encerrou sua trajetória no MMA.

    Confira a carta de despedida de Anthony Pettis do UFC na íntegra através do canal Combate:

    “Quase 12 anos com esta empresa e tantas memórias incríveis. Desde ganhar meu primeiro título mundial aos 23 anos até me tornar campeão mundial do UFC aos 26 na minha cidade natal. Desde estar na MTV até a capa do Box Wheaties, sou eternamente grato por tudo que vivenciei e realizei com esta empresa !!!

    Dana – obrigada por tudo que você fez por mim. Eu era apenas um garoto do lado sul de Milwaukee, Wisconsin, com um grande sonho. Você me ajudou a transformar esse sonho em realidade. OBRIGADO!!!

    Lorenzo e Frank Fertitta, Reed Harris, Sean Shelby, Dave Sholler e Burt Watson, vocês me ajudaram e impactaram minha vida e carreira de inúmeras maneiras. Serei eternamente grato. Todos no PI, vocês ajudaram a levar meu jogo para o próximo nível! A todos que trabalham nos bastidores, sou muito grato pelo seu trabalho incansável, principalmente na estrada, que vocês não têm ideia do quanto são estimados. Obrigado!!!

    Por último e mais importante, os fãs do UFC… obrigado!!! Vocês me deram energia em cada luta. Espero ter podido dizer que QUALQUER COISA é possível. Estou animado com meu futuro neste esporte. Prometo que não acabei.

    Do fundo do meu coração, obrigado a todos.

    Anthony ‘Showtime’ Pettis”

    LEIA MAIS 

    Yoel Romero encabeça lista de lutadores que sairão do UFC em 2021