Home Mais Esportes Megan Anderson encara Amanda Nunes no sábado

Megan Anderson encara Amanda Nunes no sábado

Australiana cita envergadura e potência física como desafios à luta contra a brasileira

Megan Anderson vai tentar neste sábado (6) fazer o que dez outras lutadoras não conseguiram nos últimos sete anos: vencer Amanda Nunes. A australiana busca o cinturão peso-pena (65,8kg), um dos dois títulos sob proteção da brasileira no UFC.

O que a diferencia de outras adversárias que falharam nos últimos anos? Segundo a própria, sua envergadura e a potência de seus golpes. Anderson tem 1,82m de alcance e soma seis vitórias por nocaute em 14 lutas na carreira. Confira a entrevista da lutadora divulgada na íntegra no site do Globo Esporte.

“Uma coisa que Amanda não enfrenta há muito, muito tempo é alguém que a faça respeitar sua potência. Apesar de ela respeitar suas adversárias, acho que nenhuma delas a fez respeitar suas habilidades, e Amanda passou por cima delas. Acho que Germaine (de Randamie) foi a única que a machucou um pouco, e ela mudou sua estratégia. Eu tenho a habilidade de mudar uma luta com minha potência e minha envergadura. Minha capacidade de controlar a distância é algo que ela nunca enfrentou e isso vai lhe trazer muitos problemas. Amanda é ótima batendo, mas não é tão boa quando apanha”, analisou a australiana em entrevista ao Combate.

Apesar disso, as casas de apostas veem poucas chances para a desafiante. Amanda é a maior favorita do UFC 259, com cotações de até 1400 (o que significa que seria necessário apostar US$ 1.400 para se lucrar apenas US$ 100), e um triunfo de Anderson paga até 7,5 vezes o valor apostado. A australiana admite que ser a “zebra” traz um pouco de motivação e conforto.

“Deixa um pouco mais fácil quanto aos nervos, acho, mas vai ser uma luta dura. É uma oportunidade de mudar minha vida. Só significa que não tenho nada a perder e tudo a ganhar. É só mais um dia. Sempre duvidaram de mim por toda minha carreira, não é nada de novo para nós. Vamos para lá provar que estão todos errados”.

Pode parecer menosprezo pela campeã, mas Megan Anderson respeita muito a brasileira, a quem chama de “atleta incrível”. Contudo, a desafiante reluta em chamar a baiana de “melhor lutadora de todos os tempos”, adjetivo que já se tornou quase unanimidade para a Leoa.

“Ela é uma grande atleta. Nunca entrei nessa de ‘melhor de todos os tempos’, nem no lado masculino. Não gosto de colocar pessoas em pedestais, acho que nenhuma pessoa é melhor do que o resto. Acho que você tem 25 minutos para mostrar suas habilidades, e ela conseguiu fazer isso consistentemente. Ela é uma competidora fenomenal. Tenho certeza que, ao final da carreira dela, ela terá um legado incrível”, explicou.

No momento, Anderson luta pelo seu próprio legado. O cinturão valorizaria muito sua trajetória, e poderia mudar a visão do MMA feminino em seu país, Austrália.

“Seria incrível. Isso traria atenção ao MMA feminino na Austrália. Espero que já de estar nesta posição eu consiga isso e inspire outras mulheres a fazer MMA, ou se elas forem atualmente amadoras ou jovens profissionais, a continuar e a levar a sério. Espero que eu possa mostrar que é possível”.

UFC 259

6 de março de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Jan Blachowicz x Israel Adesanya
Peso-pena: Amanda Nunes x Megan Anderson
Peso-galo: Petr Yan x Aljamain Sterling
Peso-leve: Islam Makhachev x Drew Dober
Peso-meio-pesado: Thiago Marreta x Aleksandar Rakic
CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília):
Peso-galo: Dominick Cruz x Casey Kenney
Peso-galo: Song Yadong x Kyler Phillips
Peso-mosca: Joseph Benavidez x Askar Askarov
Peso-mosca: Rogério Bontorin x Kai Kara-France
Peso-mosca: Tim Elliott x Jordan Espinosa
Peso-meio-pesado: Kennedy Nzechukwu X Carlos Ulberg
Peso-meio-médio: Sean Brady x Jake Matthews
Peso-palha: Livinha Souza x Amanda Lemos
Peso-leve: Uros Medic x Aalon Cruz
Peso-galo: Mario Bautista X Trevin Jones

LEIA MAIS

Após vitória, Thiago Moisés pode ficar seis meses afastado por lesão

- Advertisment -

Popular

No Fluminense, Martinelli vai para 1ª Libertadores com Europa de olho

Titular absoluto com apenas 19 anos, volante recebe sondagens de clubes da Inglaterra antes do torneio de maior vitrine Em cinco meses, tudo pode mudar....

Anderson Silva reconhece favoritismo de Julio Cesar Chávez Jr. em confronto do dia 19 de junho

Spider exalta oponente, mas vê chance de conseguir nocaute Depois de deixar o Ultimate, Anderson Silva assinou contrato para enfrentar Julio Cesar Chávez Jr. em...

Miami bate Lakers e vence a quinta em seis jogos

Time da Califórnia não é páreo para Butler e Oladipo, que deixa a quadra com lesão no joelho Jogando em casa, o Miami Heat completou...

F1 2021: salário de Hamilton encolhe R$ 57 mi, mas ainda é o maior

Receita do atual campeão cai de R$ 225 milhões, em 2020, para R$ 168 milhões no novo contrato; Vettel também tem redução drástica com...